Basquete: Flamengo não brinca no mercado e contrata Dar Tucker, após anunciar Brandon Robinson

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Imagem: Divulgação / Flamengo)

Após tirar Brandon Robinson, de Quimsa, o Flamengo tratou de tirar do campeoníssimo San Lorenzo o ala-armador Dar Tucker, há seis temporadas do basquete argentino, onde atuou nas duas primeiras pelo Estudiantes e as últimas quatro com o San Lorenzo, com o qual conquistou três Ligas Nacionais (2017 (MVP), 2018 e 2019 (MVP das finais)) e duas Ligas das Américas (2018 e 2019, sendo o MVP na última).

Tucker tem 33 anos, 1,93m e na última temporada com o San Lorenzo teve médias de 12,8 pontos e 4,2 rebotes em 20 jogo

O Flamengo perdeu Marquinhos e Hettsheimeir e houve quem questionasse o futuro da hegemonia do Rubro-Negro. Ao trazer Robinson e Tucker o time da Gávea sinaliza ao mercado que continuará forte.

Tucker chega para substituir Chuzito González, que anunciou a saída do Flamengo.

Nessa quinta, o Flamengo anunciou a renovação do argentino Franco Balbi.

A expectativa para que Luke Martinez desembarque em outubro, após a temporada pelo basquete mexicano e são fortes as especulações para a contratação do ala-armador Caio Pacheco, que está treinando com a seleção brasileira para a disputa do pré-olímpico.

Até o momento, o elenco fica da seguinte forma:

Armadores
Franco Balbi e Yago Mateus

Ala-armadores
Dar Tucker e ?

Alas
Brandon Robinson e ?

Alas-pivôs
Olivinha e ?

Pivôs
Rafael Mineiro, JP Batista e Vitor Faverani

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

6 thoughts on “Basquete: Flamengo não brinca no mercado e contrata Dar Tucker, após anunciar Brandon Robinson

  1. Eu acho q o patamar do time em relação ao ano anterior subiu bem, tinhamos somente Hett e Mineiro para Pivo e agora teremos 3 e com o Faverani entregando o q ja entregou no passado será um um senhor plus. Agora precisamos manter o Demetrio ou trazer o Lucas Dias, mas ai seria covardia…

  2. Segundo o Eneias de Lima do Garrafão Rubro Negro o Flamengo não negocia com o Caio. Mas quem sabe o Caboclo….é curioso porque o Léo Demétrio está saindo e o Bruno jogou na 4 nas 2 últimas temporadas. Ele está na França, no time que o JP jogou a carreira toda, mas é louco pra voltar pro EUA.

  3. Peço desculpas por fazer uma resposta longa, talvez não caiba em um post apenas:
    Ano passado ganhamos tudo, e não foi por acaso. Além do trabalho excelente da comissão técnica e dos jogadores, as vitórias começaram na montagem do time. Ano passado conseguimos reunir alguns dos melhores jogadores do Brasil, tanto que tivemos Hett e Yago como MVPs das finais que ganhamos, além de Marquinhos, que é um jogador calibre MVP. Tivemos Mineiro eleito com muita justiça como o melhor defensor, Leo Demétrio como melhor 6º jogador, além de Olivinha fazendo uma temporada magnífica.

    Neste ano, perdemos ou perderemos algumas peças fundamentais do elenco campeão de tudo: 1) Hett optou por não renovar porque teve problemas familiares, sua família optou por morar em SP; 2) Marquinhos não aceitou a proposta de renovação; 3) Leo Demétrio deve receber proposta da europa, e se isso se confirmar, não ficará no Flamengo; Além deles, perdemos Jonathan e Chuzito, provavelmente por opção do clube, não sabemos detalhes.

    Para a posição de armador, manteremos Balbi e Yago.
    Para ala-armador e ala (casos de Chuzito, Luke Martinez, Marquinhos e Jonathan), contratamos os dois melhores estrangeiros que jogavam na argentina: Dar Tucker e Brandon Robinson, e teremos o retorno de Luke Martinez em novembro. Segundo o Eneas Lima, o Flamengo ainda fechará com um ala-armador brasileiro.
    Para Ala pivô, o Flamengo continuará com Olivinha, e se a expectativa da saída do Leo Demétrio se confirmar, provavelmente o substituto será o Tulio da Silva, ala-pivô jovem, que estava emprestado ao Blumenau, além do jovem Rachel.
    Para pivô, além do Mineiro, que foi fundamental, o Flamengo fechou com J.P. e Vitor Faverani.

    Neste ano (como no ano passado), os times podem inscrever 4 estrangeiros, por isso o retorno do Luke Martinez. Na próxima resposta, vou tentar falar um pouco sobre o que eu acho que será o desafio pra próxima temporada

  4. Sobre o próximo reforço, o Eneas Lima afirmou que não será Bruno Caboclo, e que deve ser um ala-armador brasileiro que disputa o pré-olímpico. Nessas condições, o nome provavelmente é o Caio Pacheco, que apesar de ser armador, também joga como ala-armador. Ele é jovem, e pertence a um clube argentino que caiu para a 2ª divisão, então é bem possível.
    Pessoalmente, eu adoraria ver Bruno Caboclo, até porque acho que Luke Martinez é mais um 2 do que um 3, e Bruno poderia jogar tanto na 3 quanto na 4. Acho que com ele ficaríamos mais equilibrados, mas deve ser muito difícil trazê-lo, já que ele tem nível de Europa e o salário não deve ser baixo.

    Para a posição de pivô, perdemos o Hett, que é um grande arremessador de 3, e apesar das críticas do Barreto, que neste blog sempre destacou que Hett não tem um bom jogo de pernas, o Hett vinha sendo um nome de destaque na posição, ao menos ofensivamente. Muita gente critica a contratação do JP, que vai fazer 40 anos, mas acho que ele é uma segurança adicional à contratação do Faverani. JP é um profissional exemplar, muito dedicado e é um pivô muito técnico ofensivamente. O ponto negativo, até por conta da idade, é a baixa mobilidade, o que impacta muito negativamente na defesa. Para contrabalançar, o Mineiro é justamente um pivô muito móvel e excelente na defesa.
    O Faverani é uma incógnita, como muitos disseram, porque não joga uma temporada inteira há muitos anos. Em forma, ele era um excelente defensor, muito atlético, muita força física, e tinha ótimo jogo de costas para a cesta, além de bom arremesso de média distância. Acredito que ele consiga desenvolver bom arremesso de 3 também, o que seria perfeito.

    Os dois americanos contratados são excelentes, especialmente no 1 x 1 e nas infiltrações. Podem esperar muuuitos lances livres a favor do Flamengo. Robinson é melhor arremessador de 3, já os percentuais do Dar Tucker não foram tão bons nas últimas duas temporadas, mas ele é bem completo, e decisivo, como o Robinson.

    As principais dúvidas pra próxima temporada são:
    1) Robinson e Dar Tucker gostam muito de ter a bola. Na temporada passada, tínhamos mais chutadores, que podiam jogar sem ter tanto a bola. Nessa temporada, vamos ter 5 jogadores das posições 1 a 3 que querem a bola, esse é o desafio.
    2) Ainda em relação aos estrangeiros, já tivemos Kyle Lamonte, David Jackson, Zach Graham, todos chegaram com nível de MVP vindo da argentina, mas nenhum conseguiu ficar mais do que uma temporada, todos foram decepção. Jason Robinson também chegou com muita expectativa e não foi tão bem; e por aí vai…
    3) Se tudo der certo na posição 4, além do Olivinha, teremos Leo Demétrio ou então o Túlio da Silva e Rachel jogando bem. Se tudo der errado, teremos apenas o Olivinha consistente na posição 4, tendo que deslocar o Mineiro pra jogar minutos como 4.
    4) Se tudo der certo na posição 5, o Faverani volta à forma e disputa MVP. Mineiro continua bem e JP contribui com 10 ou 15 minutos consistentes vindo do banco. Se tudo der errado, Faverani não consegue voltar à forma e JP vira uma vulnerabilidade na defesa.

    Essas são as principais dúvidas, mas ressalto: a expetativa é enorme. Os jogadores contratados são MVPs na Argentina há tempos, podem até não se adaptar tanto, mas são excelentes jogadores, podem não entregar 100%, mas minimamente em forma, são melhores do que todos os outros estrangeiros aqui.

  5. Muito embora ninguém ainda confirme, mas o Flamengo deve anunciar daqui a umas 2 semanas a contratação do ala armador Caio Pacheco de 22 anos. Isso, se antes ele não for cortado da seleção. Resta saber se é por uma ou duas temporadas. Exceto se houver um grande revertério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.