Copa do Brasil 2021: Coritiba 0 x 1 Flamengo. Um equipe com atuação protocolar e que não sofre gols há três jogos

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo)

O Flamengo estreou na Copa do Brasil, dessa vez na terceira rodada e, fora de casa, venceu o Coritiba por 1 x 0. O primeiro tempo foi de alto nível – especialmente nos primeiros 15 minutos. Foram 71% de posse de bola e oito finalizações.

O massacre era tanto, que Diego Alves passou os primeiros 45 minutos despercebido. Sem qualquer força ofensiva por parte do adversário, até Filipe Luís, que costuma não subir muito para ajudar na saída da bola, virou quase um meia pela esquerda.

Em cobrança de escanteio o Flamengo abriu o placar com Muniz e depois passou a trocar passes, muitos passes! Era a forma que a equipe buscou para encontrar os espaços: através da intensa troca de passes. Parecia ritmo de coletivo no Ninho do Urubu. O problema era que faltava aumentar a voltagem para a equipe chegar mais rápido ao gol do Coritiba.

O placar poderia ter sido ampliado se a arbitragem não anulasse um gol completamente legal de Muniz, após ótima movimentação do Bruno Henrique. Nem a linha da grande área serviu para o bandeira acertar o lance.

O 1 x 0 ficou curto, e o Coritiba voltou melhor pro segundo tempo. Conseguiu aumentar sua posse de bola, mas o repertório era fraquíssimo. Com o adversário se lançando ao ataque, os espaços abriram, mas o Flamengo desperdiçou boas oportunidades, especialmente Vitinho, que matou uns três bons ataques com um Rubro-Negro em superioridade numérica. Após a saída de Matheuzinho, amarelado, e a entrado do Rodinei (!!!), o Rubro-Negro perdeu a boa escapada pela direita, e Éverton Ribeiro não apareceu mais na partida.

A torcida queria um Flamengo acelerado, a 100 km/h, mas dentro de campo era um time em marcha lenta, claramente se poupando para o que está por vir em julho. Com as convocações para a Copa América, a rotação do elenco ficará curta. Será basicamente o time dessa quinta-feira, com Pedro e Gerson pelas próximas rodadas do Brasileiro e Copa do Brasil. Um mês desafiante.

Destaques ainda o grande jogo de Diego e João Gomes, que precisa aprender a tocar a bola com mais rapidez.

Contudo, é importante observar dois pontos. O primeiro e o mais importante: é o terceiro jogo seguido que o Flamengo não sofreu gol. Nas últimas quatro partidas, levou apenas um gol de pênalti contra o Fluminense, o restante (Vélez, Palmeiras e agora Coritiba) a defesa passou intacta, algo raro.

O segundo: claramente é uma equipe organizada e ajustada em campo. Mesmo sem contar com Rodrigo Caio, Isla, Gerson, Arrascaeta, Gabigol e Pedro, o que se viu em campo foi um Flamengo consciente do que precisa fazer.

O placar não garante a classificação, basta observar o que fizeram Vitória e CRB, que perderam em casa para Inter e Palmeiras por 1 x 0, mas reverteram fora de casa, contudo, a forma soberana que o Flamengo tem de jogar é o que deve impedir uma eliminação surpresa na próxima quarta-feira.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.