Guilherme Kroll sobre o basquete do Flamengo: “Nosso orçamento seguirá robusto. Está chegando a hora de apresentar nosso arsenal”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Imagem: Divulgação / Flamengo)

Nem os mais pessimistas torcedores poderiam imaginar que, após uma temporada perfeita, o Flamengo perderia seu cestinha do NBB, Rafael Hettsheimeir e seu eterno MVP, Marquinhos.

A hegemonia Rubro-Negra será colocada à prova e o clube da Gávea terá que ser certeira na condução desse processo. É óbvio que há dinheiro, mas não são substituições simples de serem realizadas. O que o Marquinhos representava vai pesar pra quem vier o substituir. Além disso, Hettsheimeir é um pivô raro, peça escolhida pelo Gustavo de Conti para seu esquema conhecido.

O vice-presidente de esportes olímpicos, Guilherme Kroll, em sua mídia social, confirmou a renovação do treinador, que o orçamento do basquete seguirá robusto e em breve vão apresentar todo arsenal para a próxima temporada:

“Está chegando a hora do Campeão da porra toda apresentar seu arsenal para a próxima temporada. Nosso orçamento segue bem robusto. Vamos trabalhar com 11 titulares motivados. Seguimos padrões rígidos de governança. Contratos longos com os mais jovens. Premiações justas com as grandes conquistas. Estrangeiros que respeitem nossas tradições”, afirmou Kroll.

Além disso, destacou que, mais do que os cestinhas, a força do Flamengo seguirá das orientações vindas da comissão técnica: “Com todo respeito aos nossos heróis cestinhas, mas a estruturação técnico tática e a condução dinâmica imposta pelo nosso comandante Gustavo de Conti (que seguirá nos comandando) garante nosso protagonismo na temporada”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

9 thoughts on “Guilherme Kroll sobre o basquete do Flamengo: “Nosso orçamento seguirá robusto. Está chegando a hora de apresentar nosso arsenal”

  1. A decisão do Marquinhos anunciada hoje, ferra a permanência do Chuzito, isso porque, agora, caso ela se concretize, restará ao clube somente uma opção de estrangeiro, levando em consideração que o Balbi e o Luke irão ficar. Este último não faço tanta questão, mas trata-se de um negócio excelente, tendo em vista que o clube só o paga quando a temporada realmente se decide. E nesse caso, o Flamengo perderia os 3 maiores pontuadores da última temporada.
    A perda técnica do Marquinhos pra mim em curto prazo é irreparável, a não ser que tenham muita sorte.
    Olhem o tempo que levou da perda do Nico até encaixarem o Balbi, quantos armadores fracassaram. E a saída do Meyinsse, só foi devidamente reposta agora com o Hett, que já foi. Mas nada foi mais desastroso do que a reposição do Benite. O Flamengo tem um histórico de insucesso com americanos, sucesso mesmo lembro só do Grandão do Açaí. Dar Tucker em princípio não é uma boa, mas pode rolar, já o Brandon Robinson boto fé. Tem um site que só cobre o San Lorenzo e que dá a ida do Tucker para o Flamengo como quase certa:
    https://www.sanlorenzoprimero.com.ar/noticias/bajas-importantes-para-el-basquet/
    Pior que perder o Hett é trazer de volta o JP Batista. Pivô de carreira brilhante, que aprendeu tudo na liga universitária americana, mas que na última temporada apresentou-se como ex jogador, em outubro próximo faz 40 anos.
    Se bem que, pelo que apurei o Flamengo vai apostar na recuperação do Faverani, que já está trabalhando na Gávea há mais de 3 meses e que realmente deve ficar e assinar um contrato. É por isso que eles falam em 11 jogadores.
    Obs: caso Flamengo vença o Burgos na final da Intercontinental, e por conta da rivalidade entre os clubes, o Marquinhos não poderá nem manifestar satisfação. É muito triste.

  2. Meu caro João Paulo, acho que o Marquinhos fará falta mas não mais como já fez um dia. Aposto no brilhantismo do Gustavinho para recrutar jogadores que se encaixem na sua filosofia. Gosto muito do Chuzito e mais ainda do Luke Martinez. Quanto ao Hett não.morrerei de saudade . Considero que ele muito bom na linha de 3 mas dentro.do garrafão falta fundamentos no post baixo e no ataque a sua saída. Poderemos encontrar alguém que compense a sua saída.

  3. Meu caro João Paulo, acho que o Marquinhos fará falta mas não mais como já fez um dia. Aposto no brilhantismo do Gustavinho para recrutar jogadores que se encaixem na sua filosofia. Gosto muito do Chuzito e mais ainda do Luke Martinez. Quanto ao Hett não.morrerei de saudade . Considero que ele muito bom na linha de 3 mas dentro.do garrafão falta fundamentos no post baixo e no ataque a sua saída. Poderemos encontrar alguém que compense a sua saída.

  4. Meu caro João Paulo, é sempre muito bom ler os seus comentários mesmo quando tenho alguns pontos com pequenas diferenças de entendimentos. Eles sempre são muito bons .
    No caso do Marquinhos acho que ele fará realmente falta principalmente pelo que representa em termos de carisma, todavia acho que a sua ausência não impactará tanto como se ocorresse há alguns anos. Confio demais no olhar do Gustavinho para recrutar jogadores que preencham os seus requisitos de Jogo e por isso acho que poderemos, dentro da América Latina, encontrar alguém de mito bom nível e mais jovem que possa amenizar sobremaneira a saída do nosso camisa 11. Quanto ao Hett não lamento tanto assim a sua saída, pois se trata de muito bom jogador na longa distância, mas com algumas deficiências na linha pintada, no post baixo e também no ataque à cesta. Acho que poderemos encontrar também outro pivô não tão bom também no garrafão mas com um bom arremesso de3, tais como os pivôs do são Paulo e do Paulistano dos quais não me lembro os nomes. Isto permitiria as permanências do Chuzito e do Luke , Martinez , jogadores que gosto muito principalmente do segundo. Acho que Faverani é uma boa posta, não pela parte técnica mas sim por sua longa inatividade. SRN

  5. Meu caro João Paulo, é sempre muito bom ler os seus comentários mesmo quando tenho alguns pontos com pequenas diferenças de entendimento. Eles sempre são muito bons .
    No caso do Marquinhos acho que ele fará realmente falta principalmente pelo que representa em termos de carisma, todavia acho que a sua ausência não impactará tanto como se ocorresse há alguns anos. Confio demais no olhar do Gustavinho para recrutar jogadores que preencham os seus requisitos de Jogo e por isso acho que poderemos, dentro da América Latina, encontrar alguém de muito bom nível e mais jovem que possa amenizar sobremaneira a saída do nosso camisa 11. Quanto ao Hett não lamento tanto assim a sua saída, pois se trata de muito bom jogador na longa distância, mas com algumas deficiências na linha pintada, no post baixo e também no ataque à cesta. Acho que poderemos encontrar também outro pivô não tão bom também no garrafão mas com um bom arremesso de3, tais como os pivôs do são Paulo e do Paulistano dos quais não me lembro os nomes. Isto permitiria as permanências do Chuzito e do Luke , Martinez , jogadores que gosto muito principalmente do segundo. Acho que Faverani é uma boa posta, não pela parte técnica mas sim por sua longa inatividade. SRN

  6. O Faverani assinou com o Flamengo até junho de 2022. Vai estrear a carreira no Brasil. Não joga regularmente desde o começo de 2016. É um grande tiro no escuro, que eu vou estar torcendo muito pra vingar. Se der certo será uma vitória nossa, do nosso basquete. Creio que ele com 80% das condições já é o melhor por aqui. Sobre o Hett não é um primor absoluto, mas por aqui é o que sempre melhor entrega. Entrega garantida, MVP da Champions e segundo maior pontuador da equipe, e isso tudo já com 34 anos e em equipe nova.
    Ouvi hoje e ontem 3 podcast com o Gustavinho e Giovannoni e fiquei impressionado com duas informações:
    1ª É que tem um jogador top que todo mundo cravou que iria pra um clube e que agora não irá mais, quem será?
    2ª Eles falaram pelo menos 2 vezes cada que ocorrerá repatriação. Pensei no Caio Pacheco e no Felício. E você Barreto, sugere alguém?
    O Flamengo terminou a temporada ganhando tudo e estabelecendo novas marcas, todo mundo e principalmente eu imaginei que o clube iria fazer de tudo pra manter o grupo todo – eu manteria todo mundo e não contrataria ninguém. No entanto, nota-se que será o contrário, Chuzito não fica e o Jonathan vai pra Franca. Periga o quinteto ideal ficar assim: Yago, Dar Tucker, Brandon Robinson, Olivinha e o Vitor Faverani. Se alguém me contasse há uma semana…

    1. Acho que Dar Tucker está descartado pela condição física. Parece que Balbi e Chuzito devem encaminhar a renovação de seus contratos. Assim os quatro estrangeiros seriam: Balbi, Chuzito, Martinez e, provavelmente, Brandon Robinson. Teria de contratar um brasileiro de ponta para o lugar do Marquinhos que, para mim ficava, por ser ídolo! Só vejo o Léo Meindl nesta posição, talvez, o Caio Pacheco.

  7. Outra dúvida ainda não respondida é quanto à permanência do melhor sexto homem do último NBB: Léo Demétrio!!!

  8. Brandon não vem se não for pro lugar do Marquinhos. Segundo um cara lá na Espanha, o Chuzito fica. O Flamengo acompanha situação de Caio Pacheco e Bruno Caboclo, só que, se um deles vier, provavelmente, decidirão só no final de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.