Flamengo fecha naming rights para natação e contrata reforços para voltar a ser campeão

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Foto: Paula Reis / Flamengo)

O Flamengo, campeão brasileiro de basquete, remo e ginástica artística, agora se prepara para voltar a ser campeão brasileiro de natação.

A última conquista foi em 2012, sob a presidência de Patrícia Amorim e um time recheado de estrelas: Cesar Cielo, Joanna Maranhão, Leo de Deus, Henrique Barbosa, Daynara de Paula, Nicholas Santos e Henrique Rodrigues.

Contudo, o sonho virou pesadelo. Com atrasos salariais e estrutura precária na Gávea, a ponto de ocorrerem vazamentos na piscina do parque aquático, a equipe adulta foi dispensada em janeiro de 2013, assim que a nova gestão do Flamengo, liderada por Eduardo Bandeira de Mello na presidência, e Marcelo Vido e Alexadre Póvoa na gestão de esportes olímpicos, assumiu.

Com a dispensa de Cielo e cia, o Flamengo passou a pavimentar uma base sólida para voltar a ser campeão de forma sustentável.

O clube investiu em estrutura: duas novíssimas piscinas da tecnologia myrtha, academia de musculação e na ciência esportiva.

No final de 2020, o Rubro-Negro deu mais um passo para voltar aos bons tempos. O clube fechou, pela primeira vez em sua história, um patrocínio da Escola de Negócios e Seguro que envolve o naming rights da equipe, agora chamada de Flamengo ENS.

E anunciou grandes reforços para a temporada: Matheus Santana, Larissa Oliveira, Gabrielle Roncatto, Carol Mazzo, Fernando Mariano e Pãmela Alencar, que se juntarão a Nathalia Almeida, Priscila Souza, Maria Fernanda Costa, entre outros.

A principal competição do ano será o Troféu Maria Lenk, em abril desse ano, que será seletiva para os jogos olímpicos de Tóquio.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.