Brasileirão 2020: Ceará 2 x 0 Flamengo

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo)

Após quatro vitórias seguidas, um duro revés: o Flamengo perdeu para o Ceará por 2 x 0, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro, e desperdiçou a chance de empatar em pontos com o líder, Internacional, que foi derrotado pelo Goiás por 1 x 0.

Na rodada pré-retorno da Libertadores, com exceção do Athletico Paranense, nenhum time que disputa a competição mais importante do continente venceu nesse final de semana do Brasileirão. São escolhas por times alternativos nesse início de calendário massante, com jogos até fevereiro.

Domènec não tinha Diego Alves, Gérson e Bruno Henrique, e poupou Rodrigo Caio, Filipe Luís e Arrascaeta. Mesmo assim, dentro de campo, havia uma equipe suficiente para vencer o modesto Ceará. Contudo, não há planejamento que consiga permanecer de pé quando a defesa sofre 13 gols em 10 rodadas do Campeonato Brasileiro. São oito jogos sofrendo gol. É a quarta pior defesa: só Corinthians, Bahia e Bragantino possuem números piores.

E o adversário nem precisa chutar muito. As equipes que enfrentam o Rubro-Negro chegam pouco, mas sempre com perigo para fazer o gol. O Fortaleza chegou duas vezes, fez um gol e meteu uma bola na trave. O Fluminense chegou apenas uma vez e fez o gol. E o Ceará chegou duas vezes em cinco minutos e marcou.

O Flamengo fez o primeiro tempo organizado, mas de muitos erros técnicos. Pela quantidade de vezes que Vitinho ficou livre, com espaço, a tentativa da escolha por pontas e com jogadores teoricamente dribladores foi acertada. O atacante, contudo, teve um desempenho bem ruim. Ganhou apenas quatro duelos no chão e perdeu 26 vezes a posse de bola. Do outro lado, Michael acertou apenas um drible, ganhou sete duelos e perdeu sete vezes a posse de bola. Segundo o aplicativo Sofascore.

Com tantos desfalques, Dome poderia ter mantido a posição do Éverton Ribeiro na direita, com Diego centralizado e Isla aproveitando o corredor. A equipe não tem funcionado quando joga com dois pontas, ao contrário de quando há vida inteligente no meio de campo.

Gabigol teve duas boas oportunidades logo com 15 minutos, que praticamente poderiam ter encerrado a partida e dado confiança à equipe. No entanto, com cinco minutos do segundo tempo, nas únicas chegadas do adversário, dois gols que desmoronaram a equipe Rubro-Negro. Não houve qualquer sinal de reação.

Nos últimos três jogos que o venceu, o Flamengo marcou seu primeiro gol com menos de 10 minutos, o que foi capaz de trazer alívio e confiança aos jogadores. Mesmo após tantas conquistas, o Rubro-Negro parece estar mentalmente enfraquecido, a ponto de sequer esboçar uma virada quando sai atrás do placar. Das vezes em que saiu atrás do placar, só conseguiu empatar com gols de pênalti no finalzinho.

Nas 10 primeira rodadas, foram perdas preciosas de pontos para Atlético-GO, Ceará e Botafogo. Praticamente irrecuperáveis. O ataque parece compreender as ideias propostas pelo catalão, mas a defesa foi uma peneira. Em jogo de mata-mata seria praticamente suicídio, mas há chance de correção na temporada.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.