Torrent rejeita ideia de estrutura rígida com jogo posicional e argumenta: “Se Pep pudesse atacar com dois toques em vez de 25, ele o faria”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Domènec Torrent foi o escolhido no processo seletivo promovido pelo Flamengo na Europa, para encontrar seu novo treinador.

Em entrevista no mês de maio desse ano, ao diário Olé, o espanhol foi questionado sobre a intensa troca de passes e posse de bola das equipes de Pep Guardiola.

Confira a resposta do futuro treinador Rubro-Negro:

“As pessoas não entendem isso. Se ele pudesse atacar com dois toques em vez de 25, ele o faria. Mas a maioria das equipes dá a ele a bola e o campo. Se você joga de posição, você tem uma vantagem com a bola e também quando a perde, o que é ser capaz de pressionar rapidamente porque os jogadores estão localizados lá, em uma área próxima. São esforços de cinco metros porque já estão no local. Pep sempre pensa em ter a bola. E se você o perder, recupere-o o mais rápido possível. Ele é um treinador com convicções muito fortes, convencido do que faz e transmite essa crença aos jogadores. E sua carreira mostra que ele falha pouco. 90% das vezes você está correto em sua estratégia”, disse.

Sobre a suposta estrutura rígidas de um jogo posicional, Torret rebate o argumento de que o jogador perde liberdade nesse esquema:

“É que posição não significa que um jogador esteja lá e não possa se mover. Um exemplo: a ala esquerda do Bayern com Alaba, Thiago e Ribery. Houve momentos em que você não sabia quem era o lado, o interior e o fim. Eles trocaram suas posições permanentemente. Lá, Ribery foi para dentro, Alaba deu amplitude no ataque e Thiago foi deixado como revezamento interno. Estar bem posicionado, ocupando bem os espaços, é importante para a circulação da bola. Por que o Barcelona tocou dois toques? Porque os jogadores, além de sua qualidade individual, estavam bem posicionados e, assim, encontraram apoio. Às vezes, ao defender as defesas, você precisa mover a bola para encontrar os espaços para atacar. Você precisa perguntar aos jogadores se eles têm liberdade ou não com esse modo de jogar”, argumentou.

Sobre uma semana de trabalho ao lado de Pet Guardiola, Domènec era o responsável por receber os vídeos dos analistas dos adversários e repassar a Guardiola. Confira a rotina:

“Semanas cheias eram poucas, porque estávamos sempre acostumados a jogar a cada três dias. Mas quando estava normal, jogamos no domingo e na segunda-feira já tínhamos analisado nossa partida. Dois ou três analistas já selecionaram e editaram o que Pep havia pedido anteriormente. Já naquela manhã de segunda-feira, ele deu uma palestra de 15 minutos, apoiada pelo vídeo, sobre o que foi feito bem e o que foi feito errado. Na mesma segunda-feira à tarde, já tínhamos os vídeos dos últimos cinco ou seis jogos do próximo rival sobre como ele defendeu e como atacou. Carlos Planchart é o analista-chefe e eu estava encarregado de tudo o que era a bola parada a favor e contra. No meu caso, pedi um relatório dos últimos cinco jogos do rival sobre como eles atacavam e defendiam nos cantos e lances livres. Se eles defenderam na zona, ou individual. E ali mesmo ele já estava procurando peças para ensaiar na semana pensando naquele rival. Pep foi dedicado a treinar seu lado ofensivo. Em alguns dos dias seguintes, ele fez uma breve conversa de 15 minutos com os jogadores sobre como o rival atacou, exibindo vídeos e pressionando o trabalho em campo. Como eles fariam isso? É por isso que o trabalho dos analistas é importante. Depois, trabalhamos no campo para tirar a bola, de que maneira procurávamos atacar e ensaiei o que era meu, que era a bola parada. Já no último dia de treinamento, o início estava funcionando novamente. Qual foi o que Pep deu mais importância, porque se você conseguir, você irá atacar bem. E após o último treinamento, outra conversa de 15 minutos sobre ele com os jogadores para mostrar o vídeo do que eles haviam treinado para a semana”, explicou.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.