Sócio-Digital: Bahia troca YouTube por aplicativo pago a custo de R$ 9,90 mensais

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Em junho postamos aqui que o Bahia saiu na frente e criou uma nova modalidade no plano de sócios, voltada para o consumo de conteúdo exclusivo nos meios digitais. A ideia é acompanhar treinos ao vivo pela internet, além de vídeos, bastidores de jogos e viagens, embarques ao vivo, entrevistas, canal para vídeos das Embaixadas e jogos das categorias de base. A promessa é de que o clube irá oferecer mais de 100 horas de vídeos por mês, mais da metade ao vivo.

O projeto foi lançado. O Bahia desistiu de ter um canal no YouTube para faturar mais com a venda de um serviço de assinaturas para os torcedores poderem consumir conteúdo em vídeo do clube.

Em apenas dois dias, o clube baiano conseguiu mais de 4 mil assinaturas, que custa R$ 9,90 mensais. O objetivo é chegar a 50 mil sócios-digitais, o que daria um faturamento de R$ 6 milhões.

Em entrevista ao site Máquina do Esporte, Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, explicou a estrategia:

“Ter seguidor no YouTube não vai me monetizar. Adotamos um caminho completamente diferente. O YouTube traz grandes limitações (para monetizar o conteúdo). É diferente o meu sócio ter o meu aplicativo”.

Por enquanto, o único conteúdo tem sido os treinos. A maior expectativa, porém, é com a transmissão de jogos ao vivo, que deve acontecer a partir do ano que vem, caso a Medida Provisória nº. 984 vire lei.

“Para o ano que vem temos o Campeonato Baiano (que está sem contrato de TV) e também negociaremos para poder transmitir os jogos da Copa do Nordeste. Até 2024 tenho o que vender para, então, chegar na nova negociação do Brasileiro”, disse o mandatário.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.