Basquete: Rafael Hettsheimeir é anunciado e Flamengo fecha garrafão com forte quarteto

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Uma contratação espetacular! Nessa quinta-feira (16), o Flamengo anunciou que o pivô Rafael Hettsheimeir, grande destaque da posição no país, vai defender o clube da Gávea.

O atleta vinha de duas temporadas em Franca, sendo o terceiro principal cestinha da equipe paulista, só atrás de David Jackson e Lucas Dias. No último NBB, teve média de 13,5 pontos por jogo e 5,1 rebotes.

Versátil, Hettsheimeir se impõe dentro do garrafão e também tem tiros certeiros na linha de três. Teve aproveitamento de 31% na última temporada. Chegou a ter 44% atuando pelo Bauru em 2017.

Dessa forma, o Flamengo terá um dos melhores garrafões dos últimos anos. Confira os números dos atletas:

Hettsheimeir: 13,5 pontos e 5,1 rebotes
Olivinha: 11,2 pontos e 6,2 rebotes
Demétrio: 10,8 pontos e 4,7 rebotes
Mineiro: 9,3 pontos e 4,0 rebotes

Confira declarações do pivô ao site oficial:

“O Flamengo é um grande clube, com inúmeras conquistas e ótimos jogadores, isso motivou muito a minha decisão. Eu já conhecia a maioria do elenco, trabalhei com o Gustavo De Conti e o Diego Jeleilate na Seleção Brasileira, e isso também ajudou bastante. Estou muito feliz de poder estar no Flamengo nessa caminhada. Espero render meu máximo e ajudar o clube a conquistar todos os títulos que disputarmos”, disse Hettsheimeir.


ELENCO

Com as renovações e uma contratação, confira como está a formação do elenco atual:

Armador: Franco Balbi e Yago Mateus
Ala-armador: Luciano Gonzalez e Pedro Nunes
Ala: Marquinhos e Jhonatan Luz
Ala-pivô: Olivinha e Léo Demétrio
Pivô: Hettsheimeir e Mineiro

Técnico: Gustavo de Conti

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

5 thoughts on “Basquete: Rafael Hettsheimeir é anunciado e Flamengo fecha garrafão com forte quarteto

  1. Será que todo mundo vai poder atuar na continuação da LDA? E aqueles atletas que já atuaram na mesma competição por outras equipes, tipo o Hett (pelo Franca) e o Gonzalez (San Lorenzo), esse último, seria bizarro, porque o jogador poderá enfrentar a própria ex equipe da final. O cara disputa a competição inteira por uma equipe (San Lorenzo) e, posteriormente na final, defende outra equipe contra a ex equipe.
    O pessoal do Garrafão Rubro Negro, atribui grande mérito a atual diretoria do Flamengo, porque, segundo eles o elenco atual foi montado com 20% a menos do orçamento em relação a temporada passada.
    O mais determinante foi evitar os atletas pagos em dólar. O lance é agir bem rápido no mercado e pegar os melhores brasileiros e argentinos. Os americanos ficam impraticáveis e não são garantia de nada.

    1. Bom dia, João Paulo

      Sim, todos os contratados vão poder disputar a antiga LDA. Confirmei com a direção do Flamengo.

  2. Eu já havia manifestado aqui no blog, em ocasiões anteriores, que considerava o Hettsheimeir um pivô limitado dentro da área pintada e sem a movimentação de pernas característica dos melhores pivôs e , principalmente por este motivo, sempre achei e continuo achando que este jogador não tem nível para figurar como figura carimbada na seleção brasileira principal, muito embora ele tivesse apresentado a partir do pré- olímpico de Mar del Plata ,uma ótima performance nos arremessos de 3 pontos. Embora eu desejasse no Flamengo a presença de um jogador mais efetivo na área pintada , entendendo que no cenário atual, com o cambio desfavorável, resta o mercado brasileiro o qual não apresenta no momento opção melhor . Pensei no Lucas Bebê, que esta treinando no Brasil, mas não sei se o flamengo tem grana para tal e , até mesmo, se o Lucas está disposto a jogar no Brasil.
    Fica a curiosidade de saber como o Flamengo está montando este elenco, mesmo com redução de 20% no orçamento.

    Abraço a todos.

  3. Grande Barreto! Concordo contigo em relação ao Hett. Ele já parou Scola num jogo pela seleção, mas hoje é bastante lento, principalmente na defesa. Nos bloqueios e picks, se houver troca na defesa, ele sofrerá muito pra marcar armadores. Por isso, acho que Mineiro será essencial (apesar de pouca gente gostar dele), pois tem versatilidade defensiva e mobilidade, justamente o que falta ao Hett.
    Acho que o Gustavinho deve usar mais o Hett contra pivôs pesados, talvez defendendo sem tantas trocas, e punindo a defesa adversária com as bolas de 3.
    O problema com Lucas Nogueira é que ele não joga praticamente há 2 anos. Não sabemos como ele estaria tanto na parte física quanto técnica, seria muito risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.