16 clubes da Série A se unem e manifestam a favor da MP n° 984: “Pela Lei do Mandante”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Após articulação do Flamengo, mais 15 clubes se manifestaram favorável à Medida Provisória n° 984, que permitiu aos clubes mandantes serem os donos dos direitos de transmissão.

O bloco de 16 clubes é formado por Flamengo, Vasco, Atlético, Ceará, Fortaleza, Internacional, Bahia, Atlético-GO, Atlético-MG, Palmeiras, Santos, Corinthians, Goiás, Bragantino e Esporte.

Os quatro da elite nacional que não assinaram foram São Paulo, Botafogo, Fluminense e Grêmio.

A MP está parada na Câmara dos Deputados desde o último dia 29. Nem o relator foi nomeado.

Leia o manifesto:

1. Porque o torcedor é diretamente beneficiado. Um MP acaba com “apagamentos”, ou seja, os jogos sem transmissão, que ocorrem quando um canal tem o direito de uma hora e outro canal possui o direito de outro. A situação anterior impedia, por exemplo, que mais da metade dos jogos do Campeonato Brasileiro estava na TV fechada. Com mais partidas sendo usadas, mais um futebol democrático, mais acessível e mais barato.

2. Porque ela empodera os clubes a negociar seus direitos e incentiva a união entre as equipes. Esse formato prevalece nos principais mercados de futebol do mundo. O Brasil está pronto para esse passo libertador, que certamente será o ponto de partida para outros aprimoramentos. Com um MP, quanto mais clubes selecionados, mais ganharão.

3. Porque a concorrência vai aumentar. O modelo que vigorava no Brasil gerou concentração de futebol nas mãos de poucos investidores. Conseqüentemente, não alcançou todo o seu potencial e ainda gerou distorções no seu modelo de distribuição. Um MP viabiliza a entrada de novos investidores no mercado, sem afastar os atuais, diminuindo a disputa. E isso é bom para os clubes e melhor ainda para o torcedor.

4. Porque devemos seguir o exemplo de quem fez e deu certo. A legislação anterior tinha mais de 50 anos e não refletia uma forma moderna de negociação dos direitos esportivos. A ampliação de investimentos gera aumento de receitas para os clubes, viabilizando a manutenção de nossos craques por mais tempo no país, além do investimento em estrelas internacionais.

EM RESUMO

Os torcedores ganham com o fim dos jogos apagados, com mais craques no campo e um melhor espetáculo no Brasil. Os clubes ganham com mais liberdade e receitas. O país ganha com os clubes mais sólidos financeiramente, com maior geração de empregos e crescimento de impostos pagos aos governos.

Por todas estas razões, APOIAMOS a MP 984/2020 e pedimos a sua CONVERSÃO imediata em Lei!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.