Athletico Paraense quer vender seu jogos como mandante. Flamengo pode ser o “Boavista” de quarta-feira, mas no Brasileirão

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Um dos motivos que levou a Globo e anunciar a rescisão do contrato para exibição do Campeonato Carioca, foi no sentido de alertar aos clubes da elite do futebol sobre riscos que podem correr em relação ao principal produto do mercado de transmissão: o Campeonato Brasileiro.

A Medida Provisória nº. 984 deu aos clubes mandantes autonomia para negociar suas partidas. O Flamengo, que não tem contrato com a Globo para o Campeonato Carioca, transmitiu a partida em seu canal oficial no youtube,  a Fla TV, sendo respaldado pela decisão favorável ao clube, na Primeira Instância.

No entanto, coincidentemente, a emissora, no mesmo instante que obteve liminar favorável ao seu pleito na Segunda Instância contra o Rubro-Negro, nessa quinta-feira (2), anunciou o rompimento do contrato de televisão com a FERJ por quebra de exclusividade. A emissora entende, e o Desembargador também corroborou essa ideia, que o Boavista, adversário do Flamengo, assinou contrato com a Globo antes da edição da medida, ou seja, com a legislação anterior, que exigia que, para uma partida ser transmitida, os dois clubes deveriam estar cobertos pelo mesmo contrato.

A despeito da falta de interesse da emissora em transmitir e gastar tempo e grana com os cansativos Estaduais, a Globo lançou um recado claro: de que não aceitaria que seus clubes vinculados contratualmente utilizassem a MP nº. 984 como subterfúgio.

E vai ter briga!

Isso porque, o presidente do Athletico Paraense, Mário Celso Petraglia, já avisou em seu perfil no twitter que colocará no mercado a venda dos seus 19 jogos que disputará como mandante no Campeonato Brasileiro. O clube paranaense tem acordo com a TV aberta com a Globo e a TV fechada com a Turner, e não vendeu seu PPV – é a única equipe. E seu acordo com a Turner lhe dá os direitos sobre as partidas como streaming:

“Como o Athletico não vendeu seus direitos de transmissão do PPV para a Rede Globo em razão do valor vil nos oferecido, a proporção é de 25x para 1 do que ganha mais para o menos! Teremos 19 jogos como mandante para negociarmos por 5 anos, serão 95 jogos em casa contra todos! Teremos 19 jogos como mandante para negociarmos por 5 anos, serão 95 jogos em casa contra todos!”, disse o dirigente.

Petraglia foi um dos que comemorou a edição da Medida Provisória:

“Hoje o direito de transmissão é do mandante da partida, com isso não nos obriga a vendermos para um só comprador! Voltar atrás nunca mais!”

Segundo o dirigente, o clube paranaense queria exibir as conquistas desde 1999, mas não foi possível porque não houve autorização:

“Com a geração futura da imagem da partida (dir. mandante) a propriedade intelectual será dos clubes, hoje o que nos cabe são os 3´ igual a todo mundo! Como estamos paralisados pretendíamos reprisar nossas conquistas desde 1999 e não tivemos autorização! O conteúdo não é nosso”, destacou.

Esse fato pode fazer o Flamengo ser o “Boa Vista” do Campeonato Brasileiro. Isso porque o clube Rubro-Negro tem contrato com a Globo, TV aberta, fechada e PPV. O Athletico não, e poderá vender o jogo contra o Clube da Gávea, por exemplo, quando for o mandante. A emissora romperá o contrato se o Flamengo entrar em campo?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.