Márcio Braga comemora: “MP é um presente para os clubes, que não podem deixar passar essa oportunidade”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Em 1977, o Flamengo, que exigiu pagamento pelos direitos de TV de um Fla-Flu disputado no aniversário do clube, em 15 de novembro, e foi criticada por outros clubes, irritou a cúpula da TV Globo, chegou ao gabinete do então presidente Geisel e acabou na Justiça. Contamos essa história aqui.

Agora, em 2020 , o Flamengo volta a ser o protagonista da discussão, após negociação política para edição de Medida Provisória, onde os clubes mandantes passam a ter o direito de transmissão dos jogos.

Segundo Márcio Braga, presidente em 77, em entrevista ao jornalista Eduardo Ohata, do UOL, a MP é um presente para os clubes, que agora precisam se mobilizar no Congresso Nacional para transformá-la em Lei. Seu prazo de vigência é de 60 dias, prorrogáveis uma vez por igual período.

“É um presentão que o presidente Jair Bolsonaro deu aos clubes, agora os dirigentes precisam se mobilizar para a medida provisória passar no Congresso. Não dá para os clubes deixarem passar essa oportunidade. Se aprovada no Congresso, a MP pode mudar tudo, vai ser um ‘barata-voa’, acabará com esse monopólio”, disse o ex-dirigente.

Na visão de Márcio Braga, é um erro dizer que a MP irá aumentar a desigualdade no futebol brasileiro:

“É mentira de quem está com medo de perder dinheiro e poder que os pequenos serão prejudicados. Quando, digamos, o Bangu receber o Flamengo e tiver o mando de campo, o dinheiro da TV irá para o Bangu; o Flamengo não poderá ‘piar’, vai ficar apenas com a sua parte da bilheteria. Quem perde com a MP são as federações, que inclusive já ficam com parte da renda das partidas, a CBF, e a TV que hoje tiram vantagem da estrutura verticalizada do nosso futebol”.

E finalizou comparando 1977 com 2020:

“Aquela foi nossa carta de alforria, e veja quanta renda foi gerada aos clubes, agora podemos dar nosso grito de independência e, de novo, mudar radicalmente o sistema”, compara. “Como em 1977, novamente há clubes chiando contra a atitude do Flamengo, quando o que importa é a união”, concluiu o ex-presidente.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.