Gerson é destaque na mídia da Itália e EUA, e Jesus é reconhecido como o responsável pelo renascimento do volante

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

O volante Gérson foi o destaque em dois importantes jornais na Itália e nos EUA.

Contratado em julho do ano passado por 11,8 milhões de euros, ou cerca de R$ 49,7 milhões junto à Roma, o atleta foi peça chave na equipe de Jorge Jesus para as conquistas na temporada passada e nesse ano.

Nessa quinta-feira,  o jornal italiano “Gazzetta dello Sport” destacou o “renascimento” do meio-campista Rubro-Negro, contudo, cometeu uma gafe, ao utilizar a foto do atacante Vitinho.

A reportagem o classifica como “a estrela do mercado” europeu no momento, citando as supostas ofertas do Chelsea no valor de R$ 35 milhões de euros.

A Gazzetta descreve que o sucesso no Flamengo deixa em dúvida se os italianos tomaram a decisão correta ao deixá-lo retornar ao futebol brasileiro sem oferecer maiores resistências, e destaca o técnico Jorge Jesus como uma das peças chaves para a melhora de Gérson, ao contrário dos problemas enfrentados na Roma, onde passou por diversos treinadores.

Já a Forbes, revista de negócios americana, questiona quem é o atleta alvo do Tottenham e Chelsea, destacando as supostas ofertas dos clubes ingleses, contudo diz que o Flamengo ja rechaçou a negociação. Apesar disso, caso seja oferecido um valor de 40 milhões de euros, a diretoria Rubro-Negra terá que abrir discussão sobre o negócio.

A reportagem aborda as dificuldades enfrentadas pelo mercado do futebol em virtude do surto do novo coronavírus, mesmo o clube da Gávea sendo o mais rico do país, e a venda do volante seria uma maneira de fechar o orçamento:

O clube, apesar de ser o mais rico do Brasil, sofreu grandes perdas durante o surto de coronavírus e consideraria a venda uma maneira perfeita de preencher essa lacuna financeira. A moeda brasileira, o real, caiu nos últimos meses, adicionando outro incentivo à venda: uma vez convertida em reais, uma grande taxa de transferência de um clube europeu cobriria a massa salarial de Flamengo por meses.

A Forbes afirma que os valores ofertados pelos clubes ingleses foram questionados pelos torcedores, pois o Chelsea já teria gasto muito esse ano para contratar Timo Werner e Hakim Ziyech, e José Mourinho declarou abertamente que o orçamento de transferências para o verão será limitado.

Para os torcedores do Tottenham, trazer um meio-campista do atual campeão da Copa Libertadores dará arrepios. Na última vez em que o fizeram, Paulinho chegou ao norte de Londres do Corinthians no verão de 2013, apenas para sair 18 meses depois sem muitas lembranças felizes de White Hart Lane. Como essa medida, provou que qualquer contratação da América do Sul envolve algum risco e a última experiência de Gerson na Europa – duas temporadas com a Roma e uma emprestada na Fiorentina – esteva longe de ser um sucesso estrondoso, destacou a revista.

A matéria diz que Gérson floresceu sob a administração de Jorge Jesus, a ponto de atrair olhares de admiração de diversos clubes, citando ainda que comentaristas esportivos no Brasil pediram a convocação do volante para a seleção brasileira, em amistosos que iriam acontecer em março.

A reportagem derrama elogios ao jogador Rubro-Negro: olhar aguçado, assistências, avanço ao ataque.

Confira:

“É um meio-campo suave, inteligente e com o pé esquerdo atua por trás do atacante 4-2-3-1 ou como número oito em um 4-3-3. Ele tem um olho aguçado para um passe e encantou os torcedores do Flamengo na última temporada, enfiando bolas consistentemente em Giorgian De Arrascaeta, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique, os prolíficos atacantes do clube.

Sob Jorge Jesus, o Flamengo jogou um futebol que flui livremente e freqüentemente pressiona seus oponentes na saída do passe, tentando recuperar a bola em áreas avançadas. Gerson prospera neste sistema e, particularmente, em seu papel de pegar a bola do meio-campo central mais defensivo, Willian Arão, e distribuí-la para os que estão à frente. Dado esse conjunto de habilidades, ele pareceria mais adequado ao estilo de jogo de Frank Lampard no Chelsea do que o jogo mais direto do Tottenham, de Mourinho.

Mesmo que ele pareça se encaixar bem no Blues, a mudança do Brasil para a Premier League seria um passo substancial, tanto em termos de qualidade, quanto de ritmo e fisicalidade do jogo. Gerson é relativamente leve e com dificuldades ao enfrentar uma forte marcação na final da Copa Libertadores contra o River Plate em novembro de 2019. Ele foi retirado aos 70 minutos com sua equipe por 1 a 0.

Em sua defesa, ele havia jogado uma grande quantidade de futebol naquele ponto do ano e o campo era seco e irregular. Aos 23 anos, ainda há tempo para Gerson desenvolver o lado combativo de seu jogo, algo em que ele já trabalhou com Jorge Jesus. Mas a partida contra o River pode ser um aviso para o Chelsea e o Spurs.

Só sua capacidade de passar pode ser suficiente para tentar um dos elites da Europa a dar um pontapé. Mas se o fizerem, pode ser necessária paciência”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

One thought on “Gerson é destaque na mídia da Itália e EUA, e Jesus é reconhecido como o responsável pelo renascimento do volante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.