Flamengo errou em não alinhar a volta aos treinos com a prefeitura, mas é justo dizer que transformou o CT em um lugar seguro

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Foto: Divulgação / Flamengo

O Flamengo errou em acelerar sua volta aos treinos sem o aval da prefeitura do Rio de Janeiro, contrariando o protocolo do “Jogo Seguro” que fora assinado pelo próprio clube, de que só retornaria às atividades com o aval dos poderes públicos. É também questionável se é esse o momento de retornar às atividades, principalmente pela situação calamitosa que vive o Rio de Janeiro.

Correr para Brasília não fez nenhum sentido, se não causar mais polêmica, principalmente posando para fotos com o presidente Bolsonaro sem qualquer proteção ou utilidade, tendo em vista que é com os políticos cariocas que o clube deveria alinhar para voltar à campo e não na capital federal. E isso não tem nada a ver com deixar ou não de se reunir com a maior autoridade política do país para tratar de assuntos de interesse do Rubro-Negro.

Contudo, é injusto afirmar que o Flamengo está colocando seus jogadores e funcionários em risco. O Rubro-Negro transformou o Ninho do Urubu em, talvez, um dos lugares mais seguros do Rio de Janeiro.

Em entrevista à Fla TV, o chefe de departamento médico do clube, Dr. Márcio Tannure relatou que todos os jogadores, comissão técnica e funcionários estão sendo testados duas vezes por semana. Todo início da semana é feito um teste sorológico e, no final da semana, é realizado um teste para saber se houve infecção durante os dias de trabalho.

Na tv oficial do Rubro-Negro, Tannure informou que o clube está realizando testes de Covid-19 sem custo junto ao laboratório Tichet. A diretoria também assumiu os pagamentos de plano de saúde para funcionários da comissão técnica que estavam sem.

Confira trechos:

IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO

“Estamos há três semanas de trabalho e o resultado tem sido satisfatório, mesmo sabendo que é impossível zerar os riscos. Certamente, em algum momento, a grande maioria da população, e os atletas estão incluídos e fazem parte da população, vai acabar sendo contaminada. Sabendo que isso irá acontecer, é importante o acompanhamento médico diário não só dos atletas, mas dos familiares e funcionários. Que o diagnostico precoce, o tratamento e o isolamento são um grande diferencial para uma evolução de forma satisfatória da doença”.

EQUIPAMENTOS

“Todo atleta quando chega é avaliado por um médico, onde é avaliado seus sinais vitais, saturação, temperatura através de termômetro infra-vermelho. O clube está adquirindo um pórtico da Europa, deve chegar na semana que vem, onde ele consegue detectar essa temperatura quando o funcionário ou atleta entrar a gente quer ter todo zelo. Nesse sentido, em termos de saúde, estamos tentando pecar por excesso”.

ESTRUTURA

“Temos um pequeno laboratório de bioquímica para os nosso atletas, com aparelhos de última geração, que a gente chama de ‘point of care’, que são utilizados em UTI’s e CTI’s, ou seja, de diagnóstico rápido (e a gente já usava desde o ano passado), e são máquinas que nos auxiliam na realização de testes sorológicos para o Covid, que são testes muito mais sensíveis, muito mais específicos e com confiabilidade muito grande. O Flamengo já vinha se estruturando para tudo isso e a gente se adaptou ao corona”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

2 thoughts on “Flamengo errou em não alinhar a volta aos treinos com a prefeitura, mas é justo dizer que transformou o CT em um lugar seguro

  1. Errou? Nao recomendar e diferente de proibir . Colocam uma opiniao pessosl como manchete de um texto. E tornou mais sguro nao apenas o CT, mas a vida de jogadores, funcionarios e familiares envolvidos pelo acompanhamento e exames que o governo nao é capaz de prover.

    1. O próprio Flamengo no protocolo do “Jogo Seguro” disse que as atividades somente voltariam a ser realizadas, mesmo com toda segurança, após autorização expressa dos órgãos públicos. O Flamengo utilizou um entendimento jurídico para dizer que não havia proibição expressa de “treino em clubes de futebol” para retornar aos treinos de forma abrupta, tanto que inicialmente disseram que seria apenas fisioterapia. É esse o nosso entendimento, não vejo como uma opinião pessoal. O que não significa que o clube está colocando em risco a vida dos atletas e funcionários, como já expressamos aqui. Abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.