Imprensa argentina: “Flamengo demonstrou porque é a única equipe invicta na competição”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Confira a repercussão na imprensa argentina, após a vitória espetacular do Flamengo nessa quinta-feira, por 66 x 64, contra o Instituto Córdoba, após ir para o vestiário perdendo por 20 pontos de diferença, que garantiu a classificação para a decisão da Champions League.

O site Interbasquet destacou o segundo tempo brilhante do Flamengo:

“Parecia que o destino não queria que a série terminasse nessa quinta. Mas o Flamengo tinha outros planos. O Instituto venceu por 20 pontos no primeiro tempo, porém, os brasileiros voltaram e fizeram um segundo tempo brilhante e estão classificados para a decisão da Champions League Americas. O Mengão demonstrou porque é a única equipe invicta na competição: 8 vitórias em 8 jogos”.

O portal Enredacción destacou que, mesmo com uma defesa forte, o Instituto não foi capaz de segurar o Flamengo:

“O Instituto não respeitou o Flamengo e, com grande sacrifício defensivo, ficou muito perto de conseguir um grande feito. Mas não foi o suficiente, porque a equipe brasileira reagiu com um segundo tempo letal, e venceu por dois pontos de diferença: 66 x 64. Apesar do sabor amargo da derrota, a equipe albirrojo deixou tudo em quadra, mesmo tendo um plantel reduzido e inferior ao da equipe brasileira, e teve várias chances de fechar o jogo a seu favor, mas faltaram detalhes que terminaram de sepultar uma vitória heroica no Rio de Janeiro. Não foi fácil, mas ele conseguiu neutralizar Franco Balbi (0 pontos, 2 assistências) durante os 40 minutos e conter Marquinhos até o terceiro quarto (10 dos seus 18 pontos foram marcados no período final). A dor de cabeça foi gerada pelo inoxidável Olivinha, responsável por marcar, recuperar e defender como um campeão. Se alguém achava que a vantagem de 20 pontos era muita, o Flamengo decidiu esmagar as esperanças do albirrojo com um começo intimidador. Apenas cinco minutos foram suficientes para reduzir a diferença para 9 pontos, com um parcial de 15-4 (36 a 45). Nesse clima hostil e desconfortável para o Instituto, a festa mudou para sempre”.

O site BasquetPlus assim noticiou: “Instituto não aproveita uma vantagem de 20 pontos e cai eliminado”:

“O Instituto estava prestes a forçar uma partida decisiva, mas perdeu uma vantagem de 20 pontos. O Flamengo conseguiu superar o resultado adverso e conseguiu uma vitória em casa, que o garantiu na final da Liga dos Campeões de Basquete das Américas. No segundo período não houve muitas mudanças no desenvolvimento do jogo. (…)  Os tiros de Cuello se mantiveram precisos e o Instituto usou sua velocidade para aumentar a vantagem. (…) Mas, quando tudo sugeria que o Instituto seria capaz de manter o nível, os donos da casa destravaram o jogo. Desde o início do terceiro quarto, o Flamengo renasceu sua força ofensiva e engatilhou uma série de castigos à defesa da equipe dirigida por Seba Ginobilli. (…) A última parcial foi um reflexo da anterior. Os cariocas impuseram seu jogo e assumiram o controle de seu oponente, encarregando-se do fechamento do jogo e destacando-se por sua intensidade quando se tratava de defender. O oposto aconteceu com a equipe argentina, que não conseguiu se defender e deixou seu rival abrir uma corrida de 12 x 0. Lances forçados e imprecisões no manuseio da bola (7 bolas perdidas no período) fizeram o Flamengo assumir a liderança. A vantagem chegou a cinco pontos e, apesar do Instituto ter conseguido descontar e ter a chance de vencer a partida com um chute desesperado de Germain Jordan nos segundos finais”.

O Mundo D contou assim a vitória Rubro-Negra:

O Instituto teve o triunfo na ponta dos dedos. E o Flamengo esteve nas cordas no Maracanazinho, muito gigante, mas pouco cheio. No entanto, a equipe argentina sentiu o esforço de jogar de igual para igual com o principal candidato ao título da Champions League América. (…) Na volta do vestiário o Mengão foi uma fera. Ele organizou sua defesa e impediu o  Instituto de pontuar por três minutos. Os mais experientes do Flamengo, Marquinhos e Olivinha, armaram a revolução”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

One thought on “Imprensa argentina: “Flamengo demonstrou porque é a única equipe invicta na competição”

  1. Único invicto da LDA e invicto no NBB fora de casa.
    O Quimsa era a equipe do Barrera e do Vargas na temporada passada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.