Na última rodada, Flamengo garante permanência na divisão de elite do vôlei feminino

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

(Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

O Flamengo entrou em quadra correndo risco de que uma combinação de resultado resultasse no seu rebaixamento na Superliga Feminina de Vôlei. Contudo, sem depender do jogo contra o Valinhos, que acabou caindo para a segunda divisão, o clube da Gávea abriu 2 x 0 contra o Fluminense, garantiu pelo menos um ponto e se manteve na divisão de elite do vôlei sem depender de outro placar.

O resultado final? Mais uma derrota na competição. A equipe tricolor virou e venceu a partida por 3 x 2. Foram 22 jogos e apenas quatro vitórias. O Flamengo se recuperou no segundo turno, especialmente nas últimas rodadas, após a derrota para o Valinhos por 3 x 0 colocar o Rubro-Negro na zona da degola.

A partir dessa queda, o time foi derrotado em três partidas seguidas no quinto set (SESC, São Caetano e Bauru), levando um ponto em cada derrota. Contra o Pinheiros foi o Flamengo o vencedor por 3 x 2. Em seguida, o clube conseguiu a importante vitória por 3 x 0 contra o Curitiba, que fez a equipe ganhar os três pontos, respirar e abrir diferença para o Valinhos.

Na última rodada, nessa terça-feira, bastava vencer dois sets para garantir a permanência na primeira divisão sem depender de nenhum outro rival. Contudo, mesmo que perdesse por 3 x 0, também não seria rebaixado. Isso porque Valinhos foi derrotado pelo Osasco por 3 x 1.

A volta à divisão de elite foi bem ruim. Pouquíssimas atletas se salvaram. Com destaque para a boa levantadora argentina, Vick Mayer, a oposta Bia Flávio e a central Nandyala. Essas duas assumiram a titularidade na reta final e contribuíram e muito para a não queda do time.

Foi um Flamengo terrível na recepção e que não tinha uma atacante de referência para virar bolas decisivas. A oposta Malu, que veio do Minas, deveria ser essa jogadora. Outro problema foi a imensa dificuldade do time em finalizar sets cuja vantagem era bem confortável. Foram alguns jogos que o Rubro-Negro poderia ter tido um resultado melhor se conseguisse definir nos pontos decisivos.

O discurso interno do clube era que, caso a permanência na primeira divisão fosse confirmada, haveria uma notícia excelente para o esporte. Internamente, essa novidade foi tratada como “um sonho” e um “golaço”. A conferir os próximos capítulos.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.