De que forma chega o Junior Barranquilla para a estreia da Libertadores, do dirigente que exigiu vitória sobre o Flamengo

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Junior Barranquilla teve sua partida antecipada para sexta-feira (28), pela sétima rodada do Campeonato Colombiano. Tudo para ter mais tempo de recuperação, visando sua estreia na Copa Libertadores contra o Flamengo, na quarta-feira.

Jogando em casa, o próximo adversário do Rubro-Negro venceu o Jaguares de Córdoba por 3 a 2, em um final eletrizante. O Jaguares empatou aos 44 minutos do segundo tempo, mas Moreno fez o gol da vitória do Junior aos 48. O ex-palmeirense Miguel Borja fez um dos gols do Junior na partida.

Nesse jogo, a equipe de Barranquilla teve 63% de posse de bola, com 15 finalizações ao gol, sendo seis corretas. Já o adversário, com 37%, teve um aproveitamento de 3/6 em finalizações.

Após sete rodadas no Campeonato Colombiano, o Junior ocupa a quarta colocação com três vitórias, três empates e uma derrota. Seu artilheiro é Borja, com três gols e duas assistências. No total, teve quatro partidas com mais posse de bola do que o adversário. Das quatro que disputou em casa, teve mais posse de bola em três e segue invicto: venceu três e empatou uma.

HISTÓRICO LOCAL

Em 2018, no Torneio Finalización, que é disputado no segundo semestre, o Junior terminou em sexto lugar na fase de classificação. No mata-mata disputado entre as oito melhores equipes, venceu na decisão o Independiente Medellín, e garantiu classificação na Libertadores do ano seguinte e na Superliga da Colômbia.

Em 2019, na decisão da Superliga, conquistou outro título ao derrotar o Tolima. A boa fase não parou por aí. No primeiro semestre, conquistou seu terceiro título seguido: o Apertura. Ao terminar na sétima colocação no geral, entrou em desvantagem na segunda fase, que é dividida em dois grupos de quatro times. Mesmo assim terminou em primeiro no seu grupo e se classificou para a final. O adversário foi o Deportivo Pasto. Após 1 x 0 para cada lado, nos pênaltis, o Junior consagrou-se campeão.

No segundo semestre de 2019, no Torneio Finalización, outra vez não fez uma boa temporada regular. Encerrou em quarto lugar na fase de classificação. Contudo, no mata-mata voltou a crescer: terminou em primeiro lugar no seu grupo e se classificou para a grande final. Porém, dessa vez, perdeu para o América de Cali.

COMPETIÇÕES CONMEBOL

Em competições da Conmebol, o Junior tem feito boas participações na Copa Sul-Americana: caiu na semifinal para o Flamengo em 2017. Já em em 2018 perdeu na decisão para o Atlético Paranaense nos pênaltis.

Na Copa Libertadores, enfrenta problemas. Após disputar as duas últimas edições, não conseguiu passar da fase de grupos em nenhuma delas. Nos seis últimos confrontos em casa, ganhou apenas dois.

No ano passado, perdeu em casa para o Palmeiras (2 x 0), Melgar (1 x 0 ) e ganhou apenas do San Lorenzo (1 x 0) quando não tinha mais chance de classificação. Terminou em último lugar no seu grupo.

Em 2018, também enfrentou o Palmeiras e foi derrotado em casa, na estreia, por 3 x 0. Depois venceu o Alinza Lima (1 x 0) e empatou com o Boca Juniors (1 x 1). Acabou em terceiro lugar no grupo e também foi eliminado.

Em janeiro desse ano, um dos donos do Junior, Fuad Char, foi categórico em afirmar que exigiu que seus comandados ganhassem do Flamengo nessa Libertadores:

“Sonho com a Copa Libertadores, estou pensando em discutir o contrato com eles em caso de título. Alguns me pediram um bônus se chegarmos à final. Exigimos que o técnico e os jogadores ganhem do Flamengo”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.