Ninho da Nação

Brasileirão 2019: Flamengo 2 x 0 Fluminense

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Em clássicos geralmente o senso comum dos comentaristas é dizer que será um jogo equilibrado, imprevisível, sem favoritismo. Com o Flamengo de Jorge Jesus não existe nada disso. Sua equipe é a melhor, entrar em campo, se impõe e vence com autoridade, pra não sobrar dúvidas de porque está na liderança de forma isolada.

Nesse domingo o Flamengo venceu o Fluminense por 2 x 0 e o Palmeiras empatou com o CAP em 1 x 1.

Agora são 10 pontos de diferente, faltando 11 rodadas. Para o Rubro-Negro, faltam oito para acabar o Campeonato Brasileiro.

Mais do que pontuação, o futebol apresentado é a nível de entretenimento ao torcedor que vai ao Maracanã, que fica ansioso pelo começo do jogo e torce pra demorar a acabar. Que sabe que em campo terá uma equipe que jogará da mesma forma praticamente os noventa minutos e da forma que sempre sonhou: imposição tática e técnica.

Não há descanso, quem entra em campo não fica saciado com um placar magro. Contra o Fluminense, o primeiro tempo foi avassalador. O jogo só não foi definido por erro absurdo da arbitragem e ótimas defesa do Muriel. O Flamengo chegou a ter 80%, não permitiu que o adversário saísse do seu campo defensivo e finalizou seis vezes nos primeiros 18 minutos, quatro delas no gol. O gol de escanteio, originou-se justamente após uma marcação pressão do Gabigol na saída de bola tricolor.

Ao Fluminense restava as escapadas pra tentar surpreender as linhas altas da zaga Rubro-Negra. Diego Alves fez pelo menos uma grande defesa em cada tempo. Isso sem considerar a posição duvidosa de impedimento nas jogadas.

É assustador ver que, a três dias daquela que pode ser a partida mais aguardada de uma geração, Jorge Jesus não se furta em colocar todos os titulares em campo. Criou-se uma mentalidade de descanso, de que é preciso poupar os jogadores para evitar o desgaste. O Flamengo vem romper com todos esses paradigmas.

Não há refresco, folga, mornidão. A mentalidade vencedora, de superação, de que é possível ser intenso em todos os momentos está encarnada nesse elenco, que parece que nem os músculos dos atletas estão sentindo.

Além disso, Jorge Jesus consegue fazer que jogadores do elenco, em má fase ou com exibições ruins, crescessem em potencial. Exemplo claro desse domingo foi o lateral Rodinei e o volante Pires, que fizeram um dos seus melhores jogos pelo Flamengo. Em uma equipe organizada, até uma fraqueza técnica é reduzida.

Um jovem e com bastante potencial, Reinier, já entra definindo e resolvendo jogos como se fosse um protagonista e sabendo onde se colocar dentro de campo. E tem apenas 17 anos.

São 40 pontos conquistados dos últimos 42 disputados. Quando se pensava que com os desfalques, convocados, suspensos e a semifinal do jogo contra o Grêmio pela Libertadores se aproximando, o Flamengo naufragaria. Pois bem, Jorge Jesus chega ao fatídico dia 23 de outubro com dez pontos na frente e com todos os lesionados praticamente recuperados.

E até um Diego, cuja previsão de volta era pro ano que vem, já ficou à disposição no Fla x Flu. Qualquer outro jogador em qualquer outro campeonato só iria voltar na próxima temporada. Um dos reflexos da mudança de mentalidade é justamente esse: ninguém quer ficar de fora.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *