Brasileiro 2019: Flamengo 3 x 1 Grêmio

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Após a dura derrota para o Bahia, quase 60 mil Rubro Negros estiveram presentes hoje no Maracanã e acompanharam uma excelente vitória do Flamengo contra o Grêmio por 3 x 1.

Com o resultado, o time da Gávea segue na terceira colocação, mas baixou a diferenca para cinco pontos do líder Santos e apenas um para o Palmeiras, vice-líder.

Com os três pontos, o Flamengo segue invicto jogando em casa: sete vitórias em sete partidas atuando no Maracanã. É o melhor aproveitamento do Campeonato Brasileiro.

Contra o Bahia, na rodada passada, não deu certo Arrascaeta e Everton Ribeiro juntos. Jorge Jesus não foi teimoso, não insistiu no erro e optou apenas pelo uruguaio nesse sábado. Berrío foi outra escolha para tentar dar profundidade. Porém, o resultado foi ruim, mais pelo desempenho do atleta.

Foi muito dito que o Flamengo morria no segundo tempo com Jorge Jesus. Dessa vez foi diferente. Após uma semana de treino, a segunda etapa foi a mais forte do Rubro Negro na noite desse sábado.

O treinador foi peça decisiva para a vitória.

Sem um atacante de ofício, Arrascaeta virou falso nove na segunda etapa. E foi com o uruguaio dentro da área que o Flamengo fez 2 x 1.

Além disso, o uruguaio foi protagonista de diversos lances de perigosos, tendo Bruno Henrique aberto de um lado e Gérson tomando conta do outro.

Arrascaeta, tirando a partida contra o Bahia, nos últimos três jogos que disputou pelo Campeonato Brasileiro (Fortaleza, Goiás e Grêmio), fez quatro gols e distribuiu cinco assistências. É o recordista nesse quesito no Campeonato Brasileiro.

Jorge Jesus também neutralizou rapidamente a entrada do Everton Cebolinha, ao trocar Filipe Luís por Renê.

Filipe Luís que iniciou a jogada do primeiro gol, ao dar o passe vertical que quebrou a primeira linha de marcação e deixou Arrascaeta livre pra fazer o que mais gosta: assistência.

É mérito também do treinador o crescimento tático de William Arão. Importante ter uma mentalidade de disciplina tática, que oculte o estilo peladeiro de subir ao ataque e ficar.

É preciso destacar uma marcação baixa no segundo tempo, diferente da linha alta frequentemente utilizada. Será interessante verificar essa dosagem da intensidade nos próximos jogos.

Atenção também para a entrada do Everton Ribeiro no segundo, também estratégia do português, para bater de frente contra um adversário mais cansado.

No entanto, impossível deixar de falar do Gérson. Mais uma contratação certeira, de um jogador polivalente, com inteligência pra saber quando acelerar, quando controlar, e que retornou da Europa com uma força física impressionante. Hoje, ganhou sete dos onze duelos que disputou, além de três passes decisivos. Ainda por cima, quase marca um golaço ao puxar da direita para o meio e a bola estourar na trave.

Bem como não deixar de destacar o absurdo pênalti não marcado ainda no primeiro tempo a favor do Flamengo. É preciso fazer muito barulho, pois, quando tem algo mínimo do outro lado, o estardalhaço e gigantesco.

Por fim, dois pontos são significativos: o bom segundo tempo do Flamengo, demonstrando fôlego após uma semana de treino e nenhum atleta ter sentido no jogo de hoje. Um alívio!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.