segunda-feira, 25 de junho de 2018

Basquete: O elenco fechado para a próxima temporada

O Flamengo confirmou a reformulação esperada no basquete.

Após duas temporadas sem título, a direção do clube promoveu uma limpa total.

Inicialmente, toda comissão técnica foi dispensada. Gustavo Conti foi anunciado como treinador por duas temporadas e assume com a função de colocar o Rubro Negro no trilho das conquistas.

Do atual elenco, apenas dois renovaram: Marquinhos e Olivinha. Anderson Varejão e João Vitor tinham mais um ano de contrato.

Foram contratados seis reforços: Deryk Ramos, Jhonatan Luz, David Nesbitt, Kevin Crescenzi, Rafael Mineiro e o armador argentino Franco Balbi.

Restando uma vaga de estrangeiro como trunfo.

Percebe-se claramente o desejo do Gustavinho na montagem do elenco. Sem JP Batista, o Flamengo não terá um tradicional "cincão" no garrafão: Varejão, Nesbitt, Mineiro, Olivinha e João Vitor são jogadores que se movimentam bastante.

Outro ponto: jogadores com característica forte de tiros de longa distância: Deryk Ramos, Marquinhos, Jhonatan Luz, Mineiro, como era o Paulistano.

Dos 83,9 pontos da equipe paulista, 36,4 pontos foram marcados da linha de três pontos. Mais até do que em cestas de dois pontos: 33,6

Além da força defensiva, com jogadores que executam forte marcação, são atletas que atuam em mais de uma posição.

Isso significa que são contratações unânimes de craques absolutos? Muito pelo contrário. São contratações até certo ponto questionáveis, como a volta do Rafael Mineiro, que até foi campeão no primeiro ano de Gávea, mas na segunda temporada foi bem ruim.

Outra contratação inesperada foi do Crescenzi, que não conta como estrangeiro, e é uma grande incógnita.


Uma boa surpresa foi a chegada do armador argentino Franco Balbi, de 28 anos. Na penúltima temporada foi escolhido para o quinteto inicial da liga argentina: Franco Balbi, Dar Tucker, Marcos Mata, Gabriel Deck y Javier Justiz.

Na temporada passada jogou pelo FerroCarril, com média de 12,4 pontos e 5,5 assistências por jogo. Com aproveitamento de 40% na linha de três pontos e 58,8% na linha de dois pontos.

Pela Liga das Américas, subiu de produção, chegando a ter 13,2 pontos de média com 6,7 assistências. Marcando 19 pontos contra o Mogi e 20 pontos, sete rebotes e seis assistências contra o San Lorenzo.

Em 11 temporadas pela liga argentina,  média de 9,6 pontos e 4,8 assistências. Pelas boas atuações, foi convocado para a seleção argentina.

Trata-se de um jogado habilidoso, de jogadas plásticas, distribuidor de assistências e ainda pontua bem. Confira uma de suas jogadas:


A força do Flamengo na temporada será de um elenco que conta com duas estrelas: Marquinhos e Varejão, e vários bons jogadores.

Na verdade o grande trunfo está no banco: Gustavo Conti. O primeiro contratado a ser anunciado e o responsável pela montagem da equipe.

7 comentários:

Cadu Rollo disse...

Não sabia que o Kevin Crescenzi não ocupava vaga de estrangeiro... aí sim dá pra entender a contratação.

Saber que ainda resta uma vaga de estrangeiro como trunfo é muito bom, serve pra corrigir eventuais lacunas que se perceba ao longo da temporada.

Anônimo disse...

Paulo Jr.
André, acredito que o Flamengo ainda vai fechar com mais um jogador pra posição 1 e 2. Se a ideia do Gustavinhobera ter um time mais rápido, o ideal era ter um jogador além de Balbi, Deryk e Crescenzi na rotação.
É um time mais "operário", não resta dúvida, focado na defesa, na movimentação e no arremesso de 3.
O Pecos faz muito sentido nesse time, defende bem, é jovem e tem personalidade, espírito de decisão.
Não é o time que sonhava, sinceramente, mas vamos torcer.

Joanilson Silva disse...

Acho q o Flamengo ñ fecha o elenco antes de definir esse 2o armador, imagino q devem mesmo renovar com o Pecos e deixar mesmo a vaga de 3o estrangeiro p/ fechar mais para frente.

DAVID SCHNEIDERMAN disse...

Esse time na mão de outro técnico me deixaria bastante preocupado mas o Gustavinho deve saber o que está fazendo. Eu assisti vários jogos do Crescenzi e gostei do que vi. Na maioria dos jogos foi muito bem pontuando bastante e com ótimo arremesso de fora.E se veio para vaga do Mogi então é só lucro.

Barreto disse...

É duro ver em quadra a seleção com jogadores do nível do Leo Mendl, Jonhatan, Cipolin. Lucas Dias ( ainda não tem nível para estar na seleção) e principalmente o mala do Hettsheimeir .

Enquanto isso o técnico da seleção dá uma entrevista dizendo que o Marquinhos não se enquadra no seu estilo de jogo.
Com estes jogadores no mundial o Brasil fará vergonha.

Ruy Moura disse...

Davi Rosseto, grande reforço para a armação. Elenco forte, renovado e jovem: Franco Balbi, Davi Rosseto, Deryk, Kevin Crescenzi, Marquinhos, Jonathan, Nesbitt, Olivinha, João Vítor, Rafael Mineiro e Anderson Varejão!

David disse...

Gostei tb e ainda ficamos com uma vaga de estrangeiro em aberto.