sexta-feira, 23 de março de 2018

Carioca 2018: Flamengo 1 x 1 Fluminense

Quando a gente pensa que o time vai embalar, o Rubro Negro volta algumas casa no quesito evolução. E fica bastante discutível se o jogo contra o Emelec não foi o ponto fora da curva, ou a exceção que confirma a regra.

Diante de um dos piores Fluminenses dos últimos anos, o Flamengo novamente não conseguiu vencer. Com o empate, o tricolor está classificado para a final da Taça Rio.

Já o clube da Gávea está na semifinal do Estadual e jogará com a vantagem do empate contra um adversário ainda desconhecido.


O JOGO

O Fluminense jogou com muito mais organização, com uma proposta clara e bastante eficiente. Não foi o time retrancado, apostando todas as fichas no empate.

Sem a bola, o tricolor se fechava com uma linha de cinco. Diego e Éverton Ribeiro foram engolidos nesse meio de campo. Estrategia equivocada do Rubro Negro, que deveria abrir o jogo, ter jogadores de velocidade nas duas pontas para atacar nas costas dos laterais do Fluminense, mas que ficou engessado diante de uma forte marcação pelo meio.

O Flamengo era um time lento, sem saída de bola, preguiçoso, sem movimentação, sem troca de posições. Aceitava passivamente a forte marcação.

Dourado novamente foi uma negação. É estarrecedor que a direção de futebol do Flamengo tenha apostado todas suas fichas nele.

Um time sem meias, sem atacante e sem laterais fica difícil ganhar jogo: pela esquerda, Renê e Éverton foram nulos, não apareceram em nenhuma ação ofensiva. Pela direita, apenas Paquetá buscava alguma jogada individual. Foi dele o passe para Rodinei acertar seu único cruzamento, porém, Henrique Dourado perdeu.

Com velocidade e boas escapadas dos laterais, o Fluminense era mais perigoso. Diego Alves fez ótima defesa em uma bola desviada. Mas nos acréscimo, em cruzamento e falha defensiva generalizada, Gum abriu o placar.


ERROS DE CARPEGIANI

Carpegiani errou bisonhamente na formação do time titular, quando não manteve Rhodolfo na zaga e Cuellar de volante, e na escolha do banco de reservas.

Inacreditável ter dois volantes de opções, não ter mantido Geuvânio - autor de dois gols na última partida, e optado por Vizeu, que deu uma banana pro Flamengo e pediu pra não viajar pro Equador pela Libertadores. Marlos Moreno? Nem sinal.

Tudo que está ruim, pode piorar. Eis que com o Flamengo perdendo, o treinador saca Éverton Ribeiro e coloca Cuellar, mantendo o mesmo esquema de quatro jogadores à frente do volante, no entanto, com um jogador com características mais defensivas.

No Rubro Negro atual a única tática é escalar Vinicius Jr, que só entra com o placar em desvantagem e precisa corresponder de qualquer forma. Quando o time vencia o River Plate por 2 x 1 aí o garoto não pôde entrar.

Sem organização nenhuma e rezando por uma individualidade, o Flamengo, aos trancos e barrancos, buscava o empate. No entanto, só não sofreu o segundo porque o juiz errou na marcação do impedimento.

Éverton, que não vinha jogando nada, nem quando foi para lateral, acertou um belo chute para empatar, após um escanteio.

Depois disso, Jonas furou um cruzamento na área, Vinicius Jr perdeu uma boa chance e, no último lance, com o goleiro Diego Alves na área, Éverton conseguiu bater uma falta na barreira composta por apenas um homem!!! Na sequência, Rodinei furou na entrada da grande área e Diego decidiu recuar e não meter na área. O juiz então aproveitou para encerrar o jogo. Um troço de maluco.

9 comentários:

Marcel Pereira disse...

André
A questão de dois volantes e só dois jogadores ofensivos no banco nem dá mais pra falar. É o padrão como a cabeça dele funciona... Escalou o banco assim contra River, Emelec e outras vezes. Ele não trabalha com a opção ofensividade total em caso de resultado adverso.
É o preço que a torcida vai pagar pela bandeira de colocar um treinador com a cara do Flamengo... É a cara de quase 40 anos atrás... A escolha foi errada desde o princípio. Agora só resta rezar para que não jogue no lixo a Libertadores... Amistosos como o de ontem é a hora que ainda dá para errar...
Abs. Marcel Pereira

João Paulo disse...

Já estamos em 23 de março. Experimentem tirar os jogos contra os pequenos do Rio. Na Libertadores, uma vitória e um empate. No estadual, uma vitória, um empate e duas derrotas. Isso que, este ano no brasileirão, Vasco, Fluminense e Botafogo devem fazer uma disputa pessoal pelo Z4 o campeonato todo. Tenho curiosidade pra saber o valor exato das folhas do Vasco, Fluminense e Botafogo, se bobear é menor que a metade do orçamento do Flamengo. O duro é que entra ano e sai ano e torcedor faz questão de se iludir com o estadual, que, desse ano, até o de São Paulo está um lixo, se este está, imaginam o nível dos demais.
Já é o sexto ano dessa diretoria e a gente já sabe que eles não vão passar disso. É o máximo deles. Anunciaram um novo contrato com a Caixa, pra quê? O Marcio Braga falava que não tinha dinheiro, mas a última imagem dele é na volta olímpica no Maraca em 2009. Enquanto isso o Bandeira sobe no pódio pra comemorar a Taça Guanabara com os jogadores.

Julio Martins disse...

O trabalho esta excelente!!!

Desculpa, eu não estou bêbado. Eu enxergo a realidade.

Burrice é manter a babaquice e esperar resultado diferente.

Não está na hora de contratar profissionais para o comando do futebol?

Anônimo disse...

Vamos lá, rebatendo as colocações do "João Paulo", começando pelos jogos da Libertadores, um empate em casa contra um time Argentino sem a torcida por causa dos 2 jogos de punição (que na minha opinião estão corretos) e uma vitória de virada contra fora de casa, coisa que no ano passado não aconteceu, nem mesmo um empate. Estadual - não vale nada, mas se não vale, pq tantas críticas qdo perde se o foco é a Libertadores? 2 derrotas? esqueceu que foram com o time reserva, sendo que uma foi contra o Fluminense completo?
Concordo que contra o Macaé foi um problemas, mas é bom para os jovens criarem experiência.
E sério mesmo que vc citou o Marcio Braga? Aquele mesmo que a primeira coisa que fez foi dizer que o Flamengo estava falido e nada vez para mudar isso?
Campeão de 2009? Sério mesmo que ainda tem torcedor querendo aquele tipo de administração ao que tem hoje? Quando ouço ou leio isso, me pergunto, o Flamengo realmente ganhava td qdo tinha esse tipo de comando, não recebia chacota ou era motivo de piada dos outros adversários, não tinha um CT e nem mesmo um campo para treinar, tinha que alugar um.
2009 não foi por competência dos diretores que o time foi campeão, foi pq tinhamos um jogador chamado Adriano e um senhor chamado Petkovic, e um time que não qui vencer que foi o Palmeiras.
Comparar administrações nesse momento é até covardia.
Em relação a folha salarial, a do Vasco é entre 5 e 5,5 milhões segundo matéria do Extra: https://extra.globo.com/esporte/vasco/insatisfacao-com-salarios-atrasados-no-vasco-vem-tona-salvacao-da-diretoria-nao-paga-divida-22517543.html
Mas acho que torcedores como você prefira esse tipo de matéria para o Flamengo, mesmo sem ganhar nada, do que o exemplo de administração que temos hoje, e só para terminar, antes de 2009 qual o outro título o Flamengo tinha do Brasileiro? Lembrei - 1992 - 18 anos depois, e qtas vezes o Marcio Braga passou pelo Flamengo nesse tempo?
A administração está plantando hj para colher lá na frente, e não esqueça, eles venceram em 2013 a Copa do Brasil, e se ano passado tivessem vencido 3 das finais que chegou, ninguém hoje estaria falando nada.
Sei que essa administração tens suas falhas, poderiam ter acertado muito mais do que fizeram, mas comparar elas com as anteriores, não tem cabimento.
Prefiro passar anos sem ganhar um título de expressão e depois disputar todos os títulos, do que viver lutando contra o rebaixamento quase todos os anos.
Vamos acordar NAÇÃO, da mesma forma como não se pode mas aceitar diretores amadores, não podemos continuar com esse pensamento arcaico de melhor ganhar títulos e deixar as contas para os próximos pagarem.

Julio Martins disse...

"A administração está plantando hoje para colher mais na frente."

Eu casei com uma mulher saudável, gostosa, sou saudável, tudo foi de pleno acordo, mas eu pretendo dormir com ela só no ano que vem. Por enquanto, vamos só viver de mãos dadas. Pra quê apressar as coisas, não é mesmo?

As criticas por eu ainda viver na casa da minha mãe depois de casado são injustas.

A gente sempre pode adiar as nossas realizações.

Alguém anônimo escreveu isso.

Anônimo disse...

Verdade Julio, vamos voltar para as administrações anteriores e a forma como elas lidavam com as dívidas e o futebol, e ganhar um título Brasileiro a cada 18 anos, sendo assim, utilizando o seu exemplo, você só teria algo com a sua mulher depois de 18 anos, e viveria muito tempo ainda morando com a sua mãe.
Agora me diz, qdo foi a última vez que vc viu o Flamengo disputar 3 finais no mesmo ano e ainda ficar em 6 lugar no Brasileiro e tendo disputado o título no ano anterior?
Mas viva as administrações anteriores, acho que devemos parar de pagar contas, demolir o CT e alugar um espaço para treinamento, esquecer as categorias de base, 2 em 3 anos da Copa São Paulo (legado para o futuro).
Aumentar as dívidas e montar ataques dos sonhos, selefla, contratar craques e continuar não pagando os salários deles e ouvir que "enquanto eles fingem que pagam, eu finjo que jogo".
Realmente tenho saudades dessa época, até pq, ganhamos muitos títulos, vários Brasileiros, inúmeras Libertadores, nem lembro mais qtos Mundiais, vendemos jogadores a preços exorbitantes e etc e etc e etc...
Vamos fazer uma campanha aqui para que o antigo Flamengo volte, afinal, pra que esperar alguns anos se o que desejamos são títulos agora, já que ganhavamos um ano sim e outro tb.

Joanilson Silva disse...

É impressionante como a torcida pode achar legal gastar uma fortuna todo mês e não ganhar nada, vamos ganhar lá na frente, será mesmo q vamos ganhar, pois certeza de vitoria futura não existe.

Qual presidente do Flamengo teve disponivel tanto dinheiro? E qual a diferença de conseguir um faturamento recorde e QUEIMAR tudo do q não ter dinheiro e tbm queimar?!!!! Essa atual administração ate pode receber os louros de organizar o clube, mas dentro do carro chefe FUTEBOL é uma piada e uma das piores piadas q tem no clube, pois esta queimando dinheiro como nenhum outro DP do clube queimou.

Agora reclamar da atual diretoria virou sinonimo de querer diretorias anteriores, acho isso de uma infantilidade e falta de argumento tremenda.

A unica coisa q ganhou foi em 2013 e logo no 1º semestre, etsa claro q o clube ainda não estava influenciado pela cultura derrotista e falta de comendo dos atuais gestores, pois depois disso foram derrotas e mais derrotas, conseguimos a proeza do MAIOR numero de derrotas num brasileiro.

Se essa diretoria fosse realmente boa e não simplesmente menos pior q as anteriores já teria mudado totalmente o q esta errado, será q foi so ano passado q o time sempre demostrou acomodação?

Ninguem no clube tem capacidade para ver q Rene e Para não tem condições de serem jogadores do Flamengo? Q Rodinei apesar de ser um cara engraçado não tem condições tecnicas minimas para conseguir acertar mais de 1 cruzamento ou fazer ultrapassagem por jogo?

Esse DP de Futebol conseguiu a proeza de ficar mais de 1 ano com um treinador de goleiros q o marketing tinha VERGONHA de passar os treinamentos, será q o Marketing tem mais conhecimento de futebol q o proprio departamento?

A esperança é q essa atual diretoria não queime todo o dinheiro do clube e que em 2019 q a nova consiga reveter esse quadro de derrotista que esta pintado dentro do DP de Futebol, mas é aquilo para conseguir ser vencendor precisa de um excelente trabalho, mas virar derrotista em 5 anos foi facil e rapido.

Julio Martins disse...

anônimo,

eu vivo o presente, a realidade. Se você defende isso que está aí ou é parente de um dos idiotas que usa o Flamengo em benefício próprio ou você faz uso de mescalina e falar com gente drogada é perda de tempo. O que precisa é de tratamento.

Leia os comentários do André e do Joanilson. São pessoas que querem o futebol vencendo e não um futebol com potencial incrível subutilizado ano após anos para parasitas ficarem aparecendo, dando mais entrevistas que jogadores, sem comandarem nada!

Pelo fim do oba oba no Flamengo!

Pelo fim da impunidade de ladrões de dinheiro público no Brasil.

João Paulo disse...

Sabem por que a Caixa manteve os valores do patrocínio do ano anterior com mais bônus por resultado? Porque sabe que a exposição vai ser a mesma e os resultados também, ou seja, zero bônus, como no ano passado e retrasado.
Sabem por que os sócios estão caindo fora? O cara não aguenta ver o dinheirinho dele indo pra bancar Marlos Moreno e cia e um trabalhinho fraquinho.
Só citei o Marcio Braga pra mencionar que no Flamengo já teve alguém vencedor (é sério, não é brincadeira não), não quero o cara de volta a presidência, é outros tempos, está completamente desatualizado. Se bem que no lugar do Bandeira...
Diferente dessa moçada, eu não cito um ex presidente porque tenho interesse eleitoral ou trabalho no clube, só falo como torcedor.