terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Libertadores 2018: A força do milionário River copeiro, que busca o cenário ideal para sair da crise

Foram 23 milhões de dólares em contratações para conquistar o título argentino e a Libertadores. Porém, o River Plate está a 24 pontos do líder, seu principal rival Boca Junior, amargando a 21ª colocação. Desde setembro não ganha uma partida jogando fora de casa: são seis derrotas seguidas.

Dos contratados, apenas o goleiro Armani obteve um bom rendimento e virou titular absoluto.

Longe até da zona de classificação para a Libertadores, o River aposta todas as fichas nesta competição. E busca a vitória perfeita para recuperar a moral.

É o que explica reportagem do jornal Clarín, destacando que o Flamengo, que vem de um vice-campeonato da Sul-Americana, é o adversário mais difícil do grupo.

Nas última nove competições internacionais, a equipe argentina foi campeão em cinco, tendo um vice-campeonato, duas semifinais e uma oitava de final.

Os experientes Leonardo Ponzio e Jonatan Maidana são as apostas do treinador Marcelo Gallardo, que dirigiu 57 partidas pelo River em competições internacionais, ganhando 31, empatando 15 e perdendo 11 (63% de aproveitamento). Pela Copa Libertadores, acumula 16 vitória, 11 empates e sete derrotas (58% de aproveitamento).

Nenhum comentário: