terça-feira, 7 de novembro de 2017

Basquete - Liga Sul-Americana: Flamengo 76 x 78 Olimpia


E o Flamengo conseguiu o inacreditável: foi derrotado pelo Olimpia do Paraguai, considerado o mais fraco do grupo, em pleno Tijuca, pela abertura da fase semifinal da Liga Sul-Americana por 78 x 76 e só por um milagre vai terminar em primeiro lugar e garantir vaga na final.

Na partida de abertura, o Estudiantes da Argentina venceu o Pinheiros por 71 x 68.


O JOGO

O primeiro quarto foi uma chuva de bolas de três. O time da Gávea chegou a ter 5/6 na linha de três e abriu 17 x 8.

Mas a defesa não acompanhava a boa performance ofensiva e impedia o Rubro Negro de abrir frente.

Com tanta bola de três caindo, era evidente que o time continuaria chutando de qualquer maneira, sem nenhuma inteligência e organização. O bom aproveitamento foi embora, a diferença caiu para quatro pontos e o Flamengo ganhou o primeiro período por 27 x 23 com 7/12 na linha de três pontos.

No segundo, já sem as bolas de longa distância, foi a vez do garrafão jogar. E o nome foi JP Batista, que terminou com 10 pontos e 10 rebotes no primeiro tempo. Com boa combinação nos minutos finais, o Flamengo foi para o vestiário com 48 x 40.

O drama do terceiro quarto voltou. Marcando mal, com apenas Olivinha se salvando, o Olimpia conseguiu uma corrida de 14 x 5 e virou: 54 x 53.

Cubillan matou de três e o Flamengo voltou a respirar: 59 x 54. Mas por pouco tempo, pois os paraguaios conseguiram empatar: 61 x 61. Novamente a defesa não ajudou a segurar a vantagem construída pelo ataque.

O período final foi desagradável. As duas equipes amassaram o aro. A primeira cesta do quarto final foi com três minutos. E o Olimpia abriu frente: 69 x 63; depois 73 x 65 e não deixou mais o Flamengo reagir.

Olivinha ainda cortou a diferença para 75 x 73, Cubillan teve ainda a chance de empatar, porém, uma bola de três dos paraguaios, a 15 segundos do fim, matou qualquer reação e finalizou a partida.


PROBLEMAS

Não dá para um Flamengo, com alto investimento, sofrer esse tipo de derrota em casa. Já passou sufoco na primeira fase, quando encontrou problemas contra uma equipe fraca da Argentina e uma equipe da Colômbia !!!

É o elenco mais fraco dos últimos já montados. Falta patrocínio master. O clube parece não olhar com zelo pro basquete, mesmo com quatro brasileiros conquistados nos últimos cinco anos.

O garrafão só tem Olivinha e JP Batista e ambos não aguentam atuar por tanto tempo. Infelizmente Marcelinho está ocupando uma vaga de um reserva de alto nível do Marquinhos.

Na armação, a situação é menos pior, em que pese Cubillan ainda precisar mostrar a que veio.

No entanto, o maior problema hoje é no banco. Este blog, após a eliminação para o Pinheiros por 3 x 2, quando o Flamengo vencia por 2 x 0 - perdeu duas vezes em casa, sugeriu que o ciclo do José Neto estava encerrado.

Nem pela eliminação, mas pelo conjunto da obra:


O blog tem o maior respeito pelo Neto, sempre foi muito gentil nas entrevistas que concedeu ao Ninho, e já foi elogiado também, confira aqui, porém reforça a opinião e pede a contratação de Gustavo de Conti, atualmente no Paulistano.

32 comentários:

Barreto disse...

Realmente já está na hora do Flamengo virar a página e dispensar José Neto.
Para mim está claro que ele não consegue mais fazer este ter um bom padrão de jogo..
Apesar de ser apenas o primeiro jogo de competição, foi muito pouco o que o time apresentou hoje tanto ofensivamente quando defensivamente o que indica que não teremos bons momentos pela frente. . Não lamento muito pela possível eliminação na liga sul americana porque com este padrão ,não há como ter sucesso na próxima fase desta competição. Muitos podem alegar que indo para a final com o Guaros, mesmo perdendo, já estaria na Liga das Américas, mas aí eu pergunto com que o objetivo? Ser eliminado ainda na primeira fase da Liga das Américas.. Acho que agora o melhor é traçar novos rumos o que não será fácil, mesmo com um novo técnico, porque o Fla tem fortes carências no elenco, principalmente no garrafão e na posição 2.
Hoje o que mais me surpreendeu foi o baixo rendimento do Marquinhos e os desempenhos muito ruins do Pecos e do Cubillan, que foram contratações muito elogiadas por quase todos.
Vamos aguardar o que irá acontecer.

EC disse...

eu n aguentei ver o 2t, e olha q o fla venceu o 1o. o time n faz uma jogada, nao apresenta nada diferente, além dos chutes de fora. acho q n fez um pick and roll.
o time pode ter suas deficiências e carências em algumas posições, mas é um time q tem orçamento de 9 milhoes. deve ser um dos 3 maiores do país. nao pode nunca perder p um time do paraguai.

Luis disse...

A análise é precisa mas vou discordar quando disse que a bola de 3 que jogou pra 78 x 73 matou a reação: o Fla teve a chance faltando 10s com 78x76, Marcelinho errou de 3 e Cubillan inacreditavelmente errou a bola do empate no rebote embaixo da cesta. Marquinhos ainda levou block faltando 2s. Não tem como não lembrar da sequência de chutes de 3 completamente livres pra empatar o jogo 5 contra o Pinheiros, um erro após o outro.

Da minha parte não faltará apoio, pois o basquete tem crédito e sabemos a raça que o time tem. Mas infelizmente o que parece que vai faltar é basquete...

Marcel Pereira disse...

É Barreto. Agora ficou claro que eu não estava cornetando no início da temporada. Basquete, como todos os esportes olímpicos, é bem menos imprevisível do que o futebol. Não precisa acontecer mais nada nesta temporada...
A culpa do José Neto é a mesma da diretoria, a responsabilidade de ter montado um elenco muuuito fraco. JP e Marquinhos jogaram ontem o mesmo que jogaram na temporada passada. Mas pelo nome do que fizeram uns anos atrás, fica-se considerando eles de um nível que já não tem mais.
Vocês mesmos falaram aqui numa posts atrás, é o preço de dar a temporada de despedida para o Marcelinho. Não adianta colocar a culpa na crise econômica, havia orçamento para montar um elenco bem melhor se houvesse coragem para se tomar as decisões que precisavam ser tomadas. O resto é blá blá blá...
Eu tinha quase certeza que o Flamengo não ganharia nada nesta temporada. Deixei comentário aqui falando isso depois do torneio no Peru... Eu ainda tinha uma leve esperança que está Sul-Americana, pelo nível mais baixo dela dava para ganhar... Errei. Agora tenho certeza que não haverá nenhum título nesta temporada. Falei que este time era 3a ou 4a força no NBB é disseram que eu estava exagerando. Não estava.
Se vocês se contentarem com a temporada de despedida do Marcelinho, o fato do França ter perdido o título paulista, e o Vasco ter perdido para o Minas ontem, direito de vocês...
Resta só torcer para ter alguém capaz de impedir um título do Vasco, o NBB tá nivelado bem por baixo, mas mesmo assim o Flamengo não tem chance... Só se alguém me provar que exista alguma possibilidade de contratar o Leandrinho ou o Varejão...
Abs. Marcel Pereira, do blog A Nação...

Bcb disse...

Sou um fã incondicional do trabalho do Póvoa, do ciclo excepcional do basquete e por isso eles devem ficar sempre guardados na memória do torcedor do Flamengo, lembrados com muita reverência e gratidão.
Superada a parte do carinho eterno pelo que foi feito no passado, vamos falar do presente, e passado recente:

basquete tem errado bastante.Neto tem seu ciclo exaurido.Nunca foi um treinador particularmente criativo no ataque, tem sustentado seu ataque nas individualidades que tínhamos e não temos mais.

a defesa, supostamente o ponto forte dos times do Neto, não tem mais a mesma intensidade e consistência, apoiada por um garrafão baixo (não vou nem falar do Marcelinho com 123 anos que é ex jogador em atividade a despeito de ter tido uma temporada bem acima do esperado ano passado).

Os gringos que o Fla tem trazido não tem rendido o esperado.

Nos outros esportes olímpicos, os resultados não são bons também, remo, natação, etc.Sabe-se que o Póvoa e o Vido são sérios e competentes, então assumo que falte dinheiro.

Seja como for, o Flamengo chegou em um ponto no basquete que não faz sentido ter um time meia boca.Ou faz um time top, algo longe do atual, ou então manda um time de garotos e espera o ano seguinte.

O time atual do Fla tem uma cara de 6 colocado do NBB imensa e isso simplesmente não é o suficiente.Tomara que algum milagre ocorra e a equipe se recupere mas isso não parece tão provável não...

Roberto disse...

No jogo contra o vasco já vimos o Flamengo tomar surra do fúlvio com Lucas Mariano no pick and roll, igual ano passado. Não a toa os 2 estão na seleção. Enquanto isso, temos JP sem movimentação e 2 contratações que ainda não corresponderam na armação.

Realmente, o ciclo de José Neto chegou ao fim, mas teremos q aturar esse time e esse técnico até o final dessa temporada :/

Estarei lá hj e amanhã apoiando, de qualquer forma....

barreto disse...

Acho realmente que o elenco tem deficiências, mas acho que o problema está muito mais na preparação do time do que no elenco. Não podemos esquecer que Bauru ganhou o NBB anterior com um time velho mas que teve intensidade mesmo com GG e Shilton como titulares. Não sei se com um técnico mais motivado e preparado o time não alcançaria a intensidade necessária. Elenco bom mesmo nenhuma agremiação tem.Até mesmo o vasco, que tem talvez, o melhor elenco apresenta um banco que poder ser classificado entre medíocre e mediano com Gustavo, Dedé, Renato e Hayes. Perdeu o jogo ontem também na diferença entre a sua intensidade e a intensidade do Minas. A questão toda é que mesmo com elenco atual o Fla não pode quase perder para um time colombiano e nem perder para um paraguaio.

Barreto disse...

Roberto ,

Não podemos deixar de levar em conta o que a organização e o preparo do time podem fazer. Ontem o Minas mandou no jogo e o Vasco só encostou no final. Fulvio e Nezinho não conseguiram jogar com a marcação do Minas. Gegê fez 18 pontos e foi o melhor do jogo. Será que o elenco do Minas é melhor do que o do Flamengo? O Flamengo pode fazer mais com este mesmo elenco.

Antônio Neto disse...

Bcb, eu venho reclamando há muito tempo que falta um diretor executivo para o Basquete, pois para mim tá bastante claro que o Póvoa junto com o Vido não fazem o bastante para levantar novos recursos para o basquete.

Dito isso, é claro que se você tiver mais recursos maior será a chance de você ganhar um partida, mas como bem argumentou o amigo Barreto, o problema de ontem não foram as deficiências do elenco e sim a preparação do time. Com os jogadores que temos tinhamos totais condições de ganhar e bem desse time Olimpia. E penso a mesma coisa para aquela eliminação diante do Pinheiros ou então a virada histórica sofrida contra o Bauru.


Roberto disse...

Sim, a sorte nossa é q o vasco não está desempenhando o máximo que pode tb.

Poderíamos evoluir mt com o time que temos hoje, mudando de comissão técnica, mas ainda acho q algumas peças no elenco do Flamengo também não estão a altura do nosso clube.

Mas é isso que teremos pra essa temporada, infelizmente...

Há um tempo já vejo um sucateamento do basquete por parte da diretoria. E não falo do Póvoa não, falo da presidência, da direção geral e dos conselhos...

Guilherme disse...

E o treinador do time deles avisou com antecedência: temos que melhorar a defesa.

Se o José Neto estivesse bem hoje ele seria o treinador da seleção brasileira.

Barreto disse...

Ontem o Flamengo tomou 39 pontos no garrafão. Sem defesa não vai a lugar nenhum e esta virtude não se consegue somente com grandes valores individuais.

Gostaria de frisar também como o trabalho do Flamengo é inexistente no recrutamento de jogadores da NCAA . A liga Sorocabana cansa de fazer isso e nesta temporada contratou o jovem de 24 anos, Kevin Crescenzi de 24 anos, ótimo jogador, que ontem anotou 24 pontos com 6 bolas de 3 ( 6/7). Ter um jogador estrangeiro só vale a pena quando o atleta é muito bom para não queimar a vaga de estrangeiro. Não vou nem falar do Rhett mas falo mesmo do Ramon que é bom jogador, mas não tem nível para ser titular no Flamengo. O Flamengo poderia fazer um estágio na Liga Sorocabana para aprender como contratar jogador americano, bom e jovem.

Joanilson Silva disse...

Sou um grande fã do Neto, mas pelo que vi do segundo tempo, desisti no meio do 4 período, acho mesmo que o ciclo dele chegou ao fim. Infelizmente o time ñ existe, o ataque é totalmente estático.
Entendo todo o apoio ao Póvoa, mas falhou muito na armação do time, eu tbm tinha muitas esperanças no Humberto, mas o garoto sentiu e ñ tem condições de jogar no Flamengo.
Acho q o ano será isso mesmo e técnico somente na próxima temporada, duvido q o Gustavo aceite largar o time no meio da temporada.

DAVID disse...

Concordo com o Barreto.Rinaldo é um excelente caça talentos. Dificilmente erra na contratação de estrangeiros e duvido que algum deles ganhe menos que os jogadores do Flamengo. Ontem no jogo da Liga Sorocabana os 3 americanos jogaram muito bem. É inadmissível que o Flamengo continue trazendo gringos com listão de empresários. Rhett nem é ruim como o Rollins mas pra ser estrangeiro e ganhar em dólar tem que vir pra ser decisivo. Pra compor elenco tem gente de sobra aqui no Brasil custando muito menos

DAVID disse...

Joanilson, o Humberto era uma grande promessa e até acho que talvez encontre seu basquete em outro lugar mas no Flamengo é só pra quem tem culhão. Vou na gávea 3x por semana e canso de ver ele cabisbaixo com cara de derrotado. Já é a 3ª temporada dele e salvo as seguidas contusões não me lembro de um único jogo que ele realmente tenha jogado bem. Essa temporada já foi pro ralo, acho que vamos perder os 3 jogos da sulamericana e NBB chegar até numa semifinal já acho meio milagre. Pra próxima temporada tem que refazer o elenco inteiro.

Antônio Neto disse...

Só eu tenho notado que o Marquinhos parece meio que tá muito acomodado no Flamengo? Um jogador da qualidade poderia tá tranquilamente jogando uma euroliga ou então entrando na rotação de uma equipe mais fraca da NBA, mas não, ele continua jogando aqui e as vezes passando a impressão que joga quase sempre em um nivel de suficiência. Sinceramente não consigo entender como ele erra tantos lances livres em momentos decisivos da partida,pior que isso vem ocorrendo desde a temporada passada.

Barreto, o Kyle Fuller, armador americano do Paulistano, também é "bola" demais. Minas também contratou um outro bom americano. Enfim, seria interessante se o Flamengo investisse mais nessa área de prospecção de talentos.

João Paulo disse...

O duro pro Flamengo é que além de derrotar o Pinheiros ainda terá que torcer pro time argentino contra o paraguaio, isso porque, caso o Olimpia vença o Independente e o Flamengo vença o Pinheiros, os paraguaios jogarão na última rodada precisando apenas vencer uma equipe já eliminada e é claro que o Pinheiros não vai se matar em quadra pra classificar o Flamengo.
Mas ainda dá, não pode abaixar a cabeça, na temporada passada o Bauru saiu de uma situação de equipe praticamente extinta para campeão nacional. Se o Flamengo baixar a cabeça corre o risco de tomar 4 derrotas seguidas (3 na Sul America mais a estreia no NBB). O Franca, que venceu as 12 primeiras no paulista, vem de 4 derrotas seguidas, só que, vem jogando sem três titulares, enquanto o Flamengo vem com elenco completíssimo.
Se os times do Rio ficarem apenas apoiados em elencos e orçamentos vão apanhar feio, precisam ser muito mais competitivos.
Quem defende mal é geralmente quem treina pouco ou está mal fisicamente ou as duas coisas.
Sinceramente, acho que o José Neto melhorou um pouco, antes ele era até pior, só que, com super elencos ele ganhava. Atualmente ele até pede os tempos na hora certa, roda com um pouco mais de critério, embora em certos momentos ele deixe a equipe taticamente bagunçada, e também não consegue acertar um quinteto ideal durante o jogo.

Barreto disse...

A Liga Sul Americana hoje, ao contrário de 2009, é apenas o torneio de 2ª divisão de basquete do continente. Na minha opinião ganhá-lo ou chegar em segundo disputando com o Guaros de Lara, só traria vantagem de poder disputar a Liga das Américas, porque este torneio é de segunda categoria e ter o título da competição, por si só, não acrescenta quase nada na história do basquete do Flamengo. Como o Flamengo não teria a menor chance de ganhar a liga das Américas não estou dando muita importância para os resultados que o time irá conseguir neste torneio. Preocupa-me muito mais a qualidade do jogo que o Fla irá desenvolver doravante do que a classificação para a final.
Apesar do flamengo não ter o mesmo nível de elenco de temporadas anteriores, acho perfeitamente possível ganhar o NBB com este plantel, porque, como já disse, julgo que a deficiência tática ofensiva e principalmente defensiva é muito mais limitante do que a qualidade dos jogadores. Com um novo técnico capaz e motivado entendo que seria capaz a reversão do quadro atual. Infelizmente não acredito que o José neto será destituído.

EC disse...

liga sorocabana, realmente, dá aula de como contratar americano. e falando nisso, o Freeman, do olimpia, é mto melhor q o Rhett. deve ganhar bem menos e foi achado por um time do paraguai.
no fla, o neto fica semanas estudando os nomes dos gringos, chega na hora, vem um merda ou um jogador comum. ja foi assim com washam, robinson, collins e agora c rhett.

Barreto disse...

Falar do desempenho deste time é chover no molhado. Por outro sabemos que jogar no Flamengo não é para ualquer um.Por falar nisso onde está o basquete que o Pecos jogava no Paulistano e do Cubillan?

EC disse...

nao é possivel q esse cubillan seja bom. o cara erra tudo. arremessa mal, passa mal, n pensa jogada nenhuma, nem bandeja acerta.

Antônio Neto disse...

O pessoal do Miojoteam postou um texto sensacional sobre a fase que vive o Flamengo.

https://m.facebook.com/miojoteam/posts/490962927955407

Joanilson Silva disse...

David, vejo ele cabisbaixo desde o início, estava no jogo em Macaé q ele se machucou e é um jogador q ñ sabe o q está fazendo no Flamengo, nada q ele tenta consegue, Neto dava uns esporros q até eu ficava com vergonha. Que a temporada 2018/19 seja a de retorno para o nosso lugar, pois esse ano imagino q consegue chegar no máximo nas quartas de final e depois de passar pelas oitavas, pois ñ vejo esse time conseguindo mais do q isso.
Acho q o único jeito de salvar o ano é o Marcelinho desistindo dessa despedida e abrindo vaga para contratar algum estrangeiro e dispensando o Reth e talvez até o Cubillan e abrindo 2 vagas q precisariam ser certeiras, mas o Neto junto com o Rodrigo tbm precisam sair.

João Paulo disse...

A parte do Mojoteam que eu mais gostei:
“Em nome de um suposto ‘’saneamento financeiro do clube’’, o Flamengo e boa parte de sua torcida passou a ignorar o mérito esportivo, vivendo uma utopia de que ‘’no futuro será um clube imbatível’’. Hoje é praticamente proibido criticar ou apontar os equívocos, seja no futebol ou no basquete, pois logo a ‘’tropa de choque’’ vem defender o atual modelo de gestão, minimizando as derrotas e pregando um futuro vitorioso que nunca chega”.
Principalmente porque tem uns internautas que se irritam quando o torcedor corneta o time. Torcedor não pode cornetar o time.
Desde que o Bandeira surgiu uma coisa que sempre me chamou a atenção é porque jornalistas verdadeiramente rubro negros como Washington Rodrigues, Renato Maurício Prado e Mauro César nunca iam com a cara dele.
Agora o Basquete tá tão mal que só falta o Garrafão Rubro Negro começar a criticar também.
Cara, essa foi 4ª derrota pro Pinheiros seguida, 3 delas jogando no Rio.
O empresário do MJ Rhett é o mesmo do Jason Robson não é? Quando o Flamengo contratou esse último eles informaram que o jogador foi o escolhido entre 64 nomes analisados – não quero nem ver os outros 63 devem ser tipo paraolímpico. Já o tal do Rhett o dirigente do Flamengo disse que o contratou porque ele tem chance de ir pra NBA, porra, nem como gandula. Forçaram muito a amizade hein?

Barreto disse...

Não é justo agora criticar a contratação do Cubillan. Na época toda imprensa elogiou a aquisição
Houve blog que inclusive o classificou como craque. Realmente ele está muito mal, mas dizer agora que a contratação foi ruim è precipitado e incoerente.

Barreto disse...

André. você poderia agendar uma entrevista com o Povoa para ele falar sobre este momento e possíveis providências.

EC disse...

Eu n conhecia o Cubillan, nunca tinha visto ele jogar. Fiquei empolgado pq todas as análises sobre ele diziam q era um baita jogador.
Entao, o q aconteceu? Ele parece jogador de pelada.
P mim a resposta está no treinador. O Neto é horroroso e um armador q acaba de chegar de outro país, q n conhece o nosso jogo, deve sentir muito o péssimo comando por parte dele.
E o Pecos, q teve grande destaque na liga do ano passado, tb está perdido.

Barreto disse...

EC


Na conjuntura atual, como você mesmo disse, vou colocar na conta do técnico o desempenho ruim tanto do Cubillan quanto do Pecos. Quanto ao Rhett parece que o que o rapaz é fraco mesmo, vamos aguardar. Prefiro sempre ter mais equilíbrio para analisar as coisas do que dar um veredito negativo de forma precipitada para depois dizer: não falei? Muita gente que disse que o Cubillan é craque está agora questionando a sua contratação. Continuo achando que o elenco tem limitações, na posição 2, porque não acho que o Ramon tenha nível para ser titular nesta posição, e na posição 5( JP ainda é bom jogador mas o Fla precisa de mais alguém para revesar com ele), todavia com outro técnico mais arejado e motivado acho que o Fla poderia fazer muito mais do que tem feito. Esta história de cincão é conversa fiada de gente superada quem não acompanha o basquete. Qual o cincão do Warriors e o Paulistano que foi campeão paulista tem cincão? Os próprios times europeus que eram enraizados nesta idéia já estão aos poucos se livrando dos seus cincões. Na temporada passada o Real Madrid demitiu o seu cincão Bourousis e continua sendo o melhor time da Europa. Bauru, Paulistano e Franca não também cincão . O único time Paulista que tem cincão é o Mogi e nem por isso tem apresentado um bom basquete. Chegará um momento que não haverá mais cincões na face da terra e os retrógrados continuaram a solicitá-los como soluções para os seus times.
Voltando ao tema principal, me parece que não será possível reforçar este elenco. Talvez a solução seria interromper o contrato de algum estrangeiro do time e contratar outro, muito embora eu não saiba dizer se isso é possível. Infelizmente não acredito que o Neto será demitido

Barreto disse...

Corrigindo erro no meu comentário anterior: revezar não se escreve com s.

Marcel Pereira disse...

Haverá de chegar o dia também que o poderoso Flamengo perderá de um time do tradicional e glorioso basquete do PARAGUAI, tomando um passeio nos rebotes no garrafão e nós acostumarem os a achar que é assim mesmo...

João Paulo disse...

Cadê a diretoria do Flamengo???
Leandrinho acerta com o Franca até o final da temporada. Varejão pode tomar o mesmo rumo.
Imagina o Leandrinho na posição 2 do Flamengo.

Marcel Pereira disse...

João Paulo,
A diretoria do Flamengo acha mais importante dar uma temporada de despedida para o Marcelinho Machado do que ter a possibilidade de ter um ou outro.
Agora nos resta torcer para ninguém mais querer temporada de despedida em 2018-19. Ou para o Marcelinho não virar Felipe Massa e decidir que dá para uma mais...