sábado, 12 de dezembro de 2015

O começo do planejamento para um 2016 diferente

Menos de uma semana pós eleição o Flamengo já tem um técnico, uma comissão técnica completa e dois reforços, sendo um o melhor lateral direito do campeonato e o outro um zagueiro experiente.

É um bom começo. Evidente que não é tudo, mas é um sinal de que o planejamento está sendo executado e de forma rápida.

A coletiva do Muricy foi acima da expectativa. Não escolheu o Flamengo pelo salário, pela estrutura ou condições de trabalho, mas pelo desafio em colocar tudo isso em ordem. Deseja unificar as categorias de base para que cheguem preparados ao profissional e auxiliar o clube na estruturação do Ninho do Urubu.

Não lembrou nem de longe o Muricy doente e desanimado do começo do ano. Está revigorado e animado, confiante e empolgado.

Cobrou postura dos jogadores e assumiu que será o responsável por essa cobrança. Mas se colocou em seu lugar quando disse que a filosofia quem implanta é o clube, ele apenas executa, e também em acatar a estratégia Rubro Negra em disputar o Estadual com uma equipe alternativa, ao contrário do Luxemburgo, por exemplo, que adorava tomar conta de tudo, até do sócio-torcedor.

Os dois primeiros reforços são interessantes, mas ainda insuficientes para fazer um Flamengo diferente dentro de campo. Rodinei foi um dos melhores laterais direitos do último campeonato brasileiro. Era cobiçado pelo Grêmio, mas nem a participação gremista na Libertadores foi o suficiente para tirá-lo da Gávea.

Assim como em 2014, quando o Clube também contratou um dos melhores laterais direitos do campeonato, o Léo do Atlético-Paranaense. Resta agora fazer diferente e deixar de ser moedor de bons jogadores, como já escrevi aqui.

Juan é uma incógnita. Fez apenas 25 jogos pelo Inter neste ano, vai precisar muito do bom trabalho da comissão técnica, física e fisiológica para levar a temporada. Pode ser importante do ponto de vista moral e de auxílio aos mais jovens, deve atuar de forma pontual, entretanto, a zaga continua precisando de dois bons atletas nesta posição.

Por falar em profissionais, foram anunciados os novos nomes que vão auxiliar o Muricy na preparação física e técnica:

Marcio Felipe Peres é o seu braço direito. Estiveram juntos no Santos em 2011 no título da Libertadores.

O preparador físico Carlito Macedo, que chegou ao Santos no final de 2014 para a comissão técnica fixa da equipe da Vila, porém com a chegada do Dorival acabou perdendo espaço.

O preparador de goleiros Victor Hugo esteve no Fluminense, teve problemas por lá, com seus goleiros não rendendo e foi demitido, e recentemente era o preparador do Jéfferson no Botafogo.

O analista de desempenho Cláudio Grillo é um dos mais experientes do futebol e desenvolve programas e sistemas de auxílio para treinadores de futebol, desde a filmagem de treinos e jogos a planilhas de rendimento de cada atleta. Esteve presente no São Paulo no título Mundial, da Libertadores e tri Brasileiro, no Fluminense no título Brasileiro de 2010 e no Santos conquistando o vice-campeonato Mundial e a Libertadores, todos com Muricy Ramalho.

Temos ainda o preparador físico Alex Souto Maior, doutor em Fisiologia, Mestre em Engenharia Biomédica e Especialista em Treinamento de força.

O fisiologista Daniel Gonçalves, Mestre em Ciência da Motricidade Humana, MBA em Administração Esportiva pela FGV, especializado em Fisiologia do Exercício

O fisioterapeuta Frederico Manhães, que já trabalhou no Flamengo de 2001 a 2004, esteve na Seleção Brasileira com Mano Menezes, e é uma das maiores autoridades na área no Brasil.

E coordenador científico Elliot Paes, um dos trunfos dessa nova comissão. É conhecido como o brasileiro que salvou a carreira do goleiro Neuer, da seleção alemã. Era preparador físico da seleção brasileira sub-20 e responsável por supervisionar o trabalho nas demais categorias de base da CBF.

Resta agora saber quem será o gerente de futebol, cargo de suma importância quando se tem um diretor executivo que não tem nenhum tato e entrosamento com o vestiário, como é o Rodrigo Caetano.

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito otimismo, meu amigo. Mais uma ótima análise!

Abração,
Gomide.

Leonardo Barbosa disse...

Fábio Luciano seria um bom nome para gerente de futebol

Leonardo Barbosa disse...

Fábio Luciano seria um bom nome para gerente de futebol

Humberto Sempre Fla disse...

Papai Noel,

que esse pessoal consiga trabalhar e a turma da corneta não encha o saco!!!

Vamos Mengão!!! Vamos evoluir e sermos campeões em 2016!!!

Feliz Natal para todos!!! E um ótimo 2016!!! oobaaaaa!!!!

Humberto Sempre Fla disse...

Caros amigos, uma homenagem a quem merece!!!

Raul! Raul! Raul! Raul! Leandro! Leandro! Leandro! Leandro!
Mozer! Mozer! Mozer! Mozer! Marinho! Marinho! Marinho! Marinho!
Junior! Junior! Junior! Junior! Andrade! Andrade! Andrade! Andrade!
Adilio! Adilio! Adilio! Adilio! ZICO! ZICO! ZICO! ZICO!
Tita! Tita! Tita! Tita! Nunes! Nunes! Nunes! Nunes!
Lico! Lico! Lico! Lico! Carpegiani! Carpegiani!Carperigiani!Carpegiani!

Muito obrigado Campeões Mundias em Tóquio 13 de dezembro de 1981!!!

Joanilson Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.