segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Campeonato Brasileiro 2015: Sport 0 x 1 Flamengo


Neste domingo o Flamengo conseguiu uma vitória enorme, ao derrotar o Sport fora de casa por 1 x 0, quebrando uma sequência dos pernambucanos de 30 jogos como mandante sem perder.

A eliminação de quarta-feira não foi sentida. O time com Allan Patrick é impressionantemente outro. Curiosamente, nas duas partidas em que Guerrero não jogou, a equipe se comportou bem taticamente, mas o peruano fez falta nas bolas sobradas dentro da pequena área.

Kayke perdeu duas vezes em baixo da trave por não ter reação e faro de atacante. Goleador espera qualquer rebote e empurra pro gol; ou a bola bate nele e corre de mansinho pro fundo da rede.

A boa notícia é que Paulinho voltou a jogar bem. Já havia ido bem contra o tricolor paulista no Maracanã. Jogou com velocidade, fez boas escapadas, falta caprichar no passe decisivo, mas é um bom alento.

São nove vitórias do time neste campeonato, todas por apenas um gol de diferença. Assim como contra o São Paulo, quando o Flamengo deveria ter aplicado uma goleada, outra vez o time abusou de perder gols.

O gol aos quatro minutos e a expulsão de Samuel Xavier aos 25 deixaram a partida à feitio do Flamengo. Chegou a ter 77% de posse de bola com um jogador a mais. No segundo dominou completamente e ficou sempre com mais de 60% de posse a segunda etapa inteira.

Mas, novamente, precisa aprender a liquidar o jogo.


************************


São cinco pontos do G4 e uma boa sequência pela frente. O que parecia 2015 perdido na noite de quarta-feira, agora renasce. 

A equipe já bateu na trave por duas vezes, espera-se que agora o Rubro Negro consiga sua primeira sequência de três vitórias seguidas neste campeonato contra o Avaí, na Arena das Dunas.

Nas duas primeiras rodadas do primeiro turno o Flamengo conquistou apenas um ponto. Agora já são seis. 

Como manda a péssima tradição, a equipe fará um bom segundo turno, tem chances sim de Libertadores, mas ficará um gosto amargo de sempre terminar de montar seu elenco quando as chances de título são nulas.

2 comentários:

Joanilson Silva disse...

É impressionante como o Kayke q estava jogando a terceira divisão consegue cavar uma vaga no Flamengo e joga como se estivesse disputando um casado x solteiro, ele deveria estar jogando a vida dele, cada bola, deveria acabar sendo violento de tão feroz q deveria ir em cada disputa, mas simplesmente tenta colocar o pé, espero q tenha sido so nervosismo e q ele comece a mostrar muito mais garra e vontade de jogar no Flamengo.

DAVID disse...

O elenco foi montado tardiamente, isso atrapalhou muito mas novamente (dois anos seguidos) o Flamengo entregou o campeonato e a Copa do Brasil devido a teimosia em reconhecer rapidamente um erro. O Vasco está virtualmente rebaixado devido ao mesmo erro. Esse ano o time oscila bastante assim como no ano passado. Primeiramente pela falta de peças (que foi suprida depois) e depois pelo tempo necessário para entrosar. Não consigo engolir uma diretoria profissional contratar o Ney Franco e o Cristóvão. A demissão do Jayme e do Luxemburgo foram justas mas a escolha dos nomes foi ridícula.E depois da escolha demoraram a admitir que erraram feio e só tomaram a decisão depois de cada técnico perder praticamente 10 jogos (alguns incríveis). Faço só uma constatação rápida pra vcs terem a noção do prejuízo. Olhando rápido se o Flamengo tivesse ganho o Santos e Figueirense no Maracanã e o Palmeiras em São Paulo (jogos ganhos) estaria tranquilamente no G4. essa conta é da diretoria.