quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Brasileirão 2015: Flamengo 3 x 2 Atlético Paranaense


Apesar do placar apertado, o Flamengo dominou completamente o Atlético Paranaense e, mesmo sem Guerrero, venceu por 3 x 2.

Novamente o time fez um ótimo primeiro tempo. Cristóvão surpreendeu armando a linha de quatro no meio de campo, com Márcio Araújo na direita, Canteros e Allan Patrick de volantes e Éverton na esquerda.

O gol logo aos 11 minutos deixou o jogo do jeito que o Flamengo queria. Com a marcação compactada, os paranaenses não encontravam espaço pelo meio, mas na bola parada acharam o gol de empate. Pela terceira partida seguida o Rubro Negro levou gol em cruzamento na área.

O Flamengo reagiu, não se abalou e não deixou o adversário gostar do jogo. Flutuando pelos dois lados, Éderson começou a mil por hora e deu dois bons chutes. Na frente, Émerson infernizava a zaga do Atlético Paranaense e foi dele o segundo gol em belo chute de esquerda após cabeçada consciente de Éverton.

Quase o Sheik marca o terceiro, mas o assistente marcou falta no goleiro, apesar do juiz nada ter marcado. O terceiro gol veio mesmo com Allan Patrick, um golaço de falta, após boa jogada do estreante Éderson atacando pela primeira vez de frente pro gol e não caindo pelos lados.

Jogando de segundo volante, a saída de bola ganhou uma referência com Allan Patrick, semelhante ao Dorival que recuou o Lucas Lima no empate contra o Flamengo. Foram 34 passes e apenas quatro errados, seu segundo melhor desempenho no campeonato.

Caso se firme nesta posição, Cristóvão pode optar pelo Jonas para uma melhor marcação, apesar da melhor técnica do Canteros.

Novamente a bola na área foi um tormento na segunda etapa. O adversário marcou o segundo gol em falha defensiva crônica do Flamengo: o cruzamento. A pressão só não ficou pior porque o volante Hernani foi expulso.

E também porque Émerson, o mais experiente, garantiu a vitória segurando a bola no ataque com fôlego de um jovem, e contando ainda com boas escapadas de Pará pela direita.

O time evoluiu. Voltou a fazer um bom primeiro tempo, mas desta vez saiu com a vitória. Éderson entrou bem e Cristóvão ganhou uma nova opção ofensiva. 

3 comentários:

Joanilson Silva disse...

Nada haver com post, mas novidades sobre o basquete?

Anônimo disse...

Jonas entrou ontem e só errou passe inclusive gerou uma situação de perigo. O Cesar Martins está muito mal desde o primeiro jogo e ele e o Wallace estão multo mal juntos, os gols foram em jogadores marcados por eles(impressionante). No jogo com o Santos ele escalou de forma precipitada o Paulo Vitor que voltou em seguida para o estaleiro. Cristovâo precisa se ajudar para que a torcida feche com o time e ele.
Dizer que o segundo tempo de domingo com 3 voltantes foi melhor que o primeiro tirando um dos melhores do time no intervalo não ajuda que as pessoas gostem do técnico.
Todo mundo começa a lembrar que o Alan Patrick ficou no banco sub-utlizado por 10 rodadas, que o Artur Maia foi embora porque precisava jogar, enquanto o técnico insistia com 3 cabeças de área.
Escalaões precipitada na defesa e no gol e cautela nas posições ofensivas.
Eu realmente espero que o Cristovão continue melhorando o time, mas que todo o jogo é um desespero, esperando a escalação e depois as substituições com as substituições que ele faz assusta e isso assusta.

Paulo Benja disse...

Flamengo foi bem no jogo com Atlético-PR. O modo como o time jogou nos proporcionou uma nova visão, melhor, sobre o trabalho do Cristovão. O time hoje tem excelentes jogadores, por isso estamos jogando melhor e vencendo jogando dentro e fora da casa. Méritos para os jogadores e diretoria equilibrada, que contrata dentro dos limites do Clube.

César muito bem, Pará ótimo, Wallace belo gol, César Martins precisando melhorar tempo de bola, Jorge excelente! Canteros excelente, Marcio Araujo ótimo, Alan Patrick encaixando o time muito bem, Ederson ótima estreia, Éverton jogando muito, Sheik excelente! Guerrero vem aí!

Bora Mengão, vamos para Sampa com o ímpeto de vencer!