sexta-feira, 3 de abril de 2015

NBB 2014/2015 - Flamengo 86 x 70 Limeira


O Flamengo terminou a fase regular do NBB com uma ótima impressão: derrotou o vice-líder, Limeira, por 86 x 70 com uma atuação formidável no quarto final.

Foi a 12ª vitória consecutiva da equipe neste campeonato.

Agora é esperar o vencedor da série entre São José e Paulistano.

A campanha foi de 30 jogos com 23 vitórias. No primeiro turno o Flamengo perdeu cinco jogos dentro de quadra (Minas, Uberlândia, Macaé, Limeira e Bauru) e um sendo tungado pela Liga Nacional de Basquete. No segundo turno o time perdeu apenas para o Bauru: 16 partidas e 15 vitórias.

(Aliás, soube nesta semana que o vice-presidente da Liga Nacional de Basquete é o Rossi, diretor do Pinheiros, que levou os pontos no WO após denúncia oferecida pela Liga. E o presidente da LNB é o ex-mandatário do Limeira)

Depois de anotar apenas três pontos no primeiro tempo, Laprovittola anotou 20 pontos no segundo tempo e terminou como cestinha da equipe com 23 pontos.

Já Marquinhos anotou 17 pontos, todos no primeiro tempo. Com quatro bolas de três em seis tentativas, Herrmann terminou com 14 pontos.

Os pivôs foram pro vestiário zerados no primeiro tempo. Porém Felício destruiu no último quarto, anotando oito pontos e pegando três rebotes.


O JOGO

A partida começou com Limeira anotando três bolas de três seguidas e abrindo 13 x 6. As duas equipes amassaram o aro e os paulistas foram pro vestiário ganhando por 16 x 11.

No segundo quarto teve um Marquinhos extraordinário, anotando os 11 primeiros pontos do Flamengo, que abriu 11 x 02 no quarto e virou a partida para 22 x 18.

Além das três bolas de três de Marquinhos, Herrmann voltou calibrado e matou duas bolas de longa distância, colocando o Rubro Negro com 28 x 18.

Com Marcelinho em quadra (0/5), Marquinhos foi descansar e viu Limeira cortar a diferença para apenas dois pontos: 28 x 26, obrigando Neto a parar o jogo.

Laprovittola e Benite voltaram pro jogo e fizeram o Flamengo respirar. O ala-armador anotou quatro pontos seguidos e o argentino conseguiu a cesta mais a falta: 35 x 28. Com mais uma bola de três de Herrmann e o primeiro tempo terminou em 38 x 32 para o esquadrão da Gávea.

Na volta do vestiário Meyinsse finalmente pontuou. Fez quatro pontos seguidos, mas os ex-Rubro Negros David Jackson e Hayes fizeram Limeira abrir 10 x 0 e virar a partida: 49 x 48.

A partir daí o jogo ficou aberto e franco. Cesta de um lado e cesta do outro, com a equipe paulista virando na frente: 61 x 60.

Já o quarto final revelou um Flamengo que, se repetir essa atuação, pode buscar o título do NBB. O show era de Felício, que conseguia rebotes dos dois lados da quadra e colocava o time a frente no placar com 76 x 70, apesar dos 0/4 em bolas de três de Marcelinho no período decisivo.

Laprovittola matou duas bolas de três decisivas. Na primeira o placar foi para 79 x 70, obrigando ao treinador paulista a pedir tempo. Na volta, Gegê recuperou a bola e Olivinha ampliou o placar. E para enterrar o Limeira, Laprovittola desferiu mais uma bola de três, para ampliar em 84 x 70 no placar, terminando em 86 x 70.

Mengo!!!!

5 comentários:

Ruy Moura disse...

Caminho para o título: quartas de final contra o vencedor de Paulistano x Sao José, semifinal contra Limeira e final contra Bauru.

Barreto disse...

A vitória foi boa mas não podemos esquecer que o 3º quarto terminou com Limeira 1 ponto na frente e que no último quarto o time titular do adversário foi poupado jogando com 4 jovens reservas.

Bcb disse...

Bela vitória mas o Flamengo, apesar dos 12 triunfos seguidos, não me inspira confiança para os playoffs, ainda mais sem mando de quadra nas decisões.
Se o Bauru seguir jogando o que está jogando, não perde e, mesmo se cair um pouco, os adversários, como o Fla, teriam que elevar seu jogo para vencê-los.
Vamos aguardar, e torcer, mas o prognóstico parece ser ficar na semi pra Limeira ou, vencendo Limeira, perder a final.
Torcendo muito para estar errado.

Gustavo disse...

Playoff é outro campeonato. É claro que o campeonato desse ano está mais difícil, mas vamos ganhar ! Mas ninguém comentou aqui uma das jogadas mais espetaculares de todo o NBB. O toco sensacional do Felício sobre o David Jackson, afundando o americano na tabela. Simplesmente fantástico, esse garoto tem enorme potencial, tem que ter a paciência que o Flamengo, por sinal, está mostrando.

André Amaral disse...

Bem lembrado, Gustavo. Escrevi no twitter e esqueci de postar aqui. O mulek tá crescendo nessa reta final.