quinta-feira, 30 de abril de 2015

NBB 2014/2015 - 4º jogo das quartas de final: São José 81 x 76 Flamengo


O Flamengo perdeu para São José por 81 x 76 e o time classificado para a semifinal contra o Limeira será conhecido no quinto jogo, terça-feira, no Tijuca.

Tem que vencer para pelo menos garantir vaga na Liga das Américas em 2016.

Por duas vezes cariocas e paulistas se enfrentaram nos playoffs. Quem decidiu a quinta partida em casa, se classificou. Foi assim nas semifinais de 2011 quando São José eliminou o Flamengo em casa e nas semifinais de 2012 foi a vez do troco Rubro Negro jogando no Rio.

Vi apenas os minutos finais do último período e foi terrível. 

TRÊS MINUTOS MALDITOS

Faltando três minutos para o encerramento da partida o placar apontava 78 x 76 para a equipe joseense. E o Flamengo conseguiu terminar o jogo sem acertar uma cesta!

São José chegou à quarta falta quando faltavam mais de oito minutos pro final de jogo e a equipe de José Neto só cobrou quatro lances livres. E o treinador deixou o cestinha (26 pontos em 30 minutos), Marquinhos, fora dos momentos cruciais.

Nos três minutos zerados, Caio Torres estava pendurado com quatro faltas e ninguém bateu pro garrafão, pelo contrário, tentaram tiros de três os senhores Marcelinho e Herrmann.

Antes, com 76 x 73, Herrmann, tendo apenas seis pontos no jogo, tentou um tiro de três. 

E nos rebotes? Foram 12 x 8 para o time joseense no quarto final sendo dois destes ofensivos no minuto final.

Vi apenas o final, mas pelo que assisti o Flamengo não mereceu vencer.

O que me contam os amigos?

15 comentários:

Danilo Pinheiro disse...

Show de horrores do senhos José Neto.

Como pode deixar o melhor jogador do time, que estava pegando fogo no jogo, fora do crunch time? É o pior mantendo Marcelo e Herrmann totalmente fora de sintonia.

Além do que, durante a série, Felicio é quem melhor está marcando o Caio. Tomando a frente, evitando que ele receba a bola. Já o Meyinsse espera o Caio receber a bola para tentar marcar. Em vão.
E o que nosso glorioso técnico faz? Atola o Felicio no banco. Será se existe alguma cláusula que proíba o Felicio de jogar mais que 15 minutos?

Os jogadores também só tomaram decisões erradas nos últimos minutos, quando tiveram N chances de empatar o jogo, mas só faziam merda.

Enfim, vamos com tudo para vencer o jogo 5.

Marcelo disse...

Por diversas vezes o time encostou no placar, e logo em seguida deixava o São José abrir novamente. É muita oscilação entre partidas e durante o próprio jogo.
E é inacreditável como o time tem perdido os jogos parelhos. Esqueceram como decidir um jogo??? Como erram no final!

Mas... Vamos continuar torcendo e apoiando.

Barreto disse...

Já estou mais calmo porque já são quase dusa horas da manhã de sexta e agora posso falar muito mais pela razão do que pela paixão.

Algumas perguntas quero fazer. Se alguem puder responder eu agradeço:

- Porque Olivinha jogou menos tempo do que o Herrmann se um dos nossos principais problemas foi o rebote?

- Quem melhor marca o Caio é o felício porque não explorar este detalhe?

- Por que ninguem explorou a quantidade de faltas do Caio?
_ Po que tanto tempo de quadra para o Herrmann? Deu até pena do cara na defesa.
- Será que o josé Neto é o técnico para continuar no flamengo?

Antônio Neto disse...

Danilo, se me disserem que o José Neto perdeu esse jogo de propósito eu acreditaria, pois não consigo encontrar uma explicação decente para que o Marquinhos tenha ficado o último quarto quase inteiro no banco, assim como também não entendo a decisão dele de deixar Marcelinho e Herrmann quase que 22 minutos em quadra. Na minha opinião a falta de leitura dele comprometeu seriamente o jogo, e o que preocupa é que não é a primeira e nem a segunda vez que isso ocorre.

Enfim, não sei enquanto a vocês, mas a minha paciência com ele já esgotou.

Bcb disse...

Bom dia a todos,

bem, pra quem tem acompanhado o Flamengo pós mundial, o que está acontecendo não é novidade.

O time não faz boa temporada, Neto não encontrou uma rotação confiável e vários jogadores estão muto abaixo do que podem render.

O time piorou muito no coletivo e no individual.

Já me convenci de que é time pra ficar na semi, salvo um milagre na base da camisa e da torcida.

Agora, não esperava essa série indo a 5 jogos, pra ser sincero.

Não acho que existam técnicos no Brasil melhores que o Neto.O espanhol do Mogi me agrada mas já caiu pro Macaé, o resto é igual e, na maioria dos casos, pior que o Neto.

Precisaremos de uma mini reformulação no elenco, com umas 4 saídas pelo menos (Marcelinho capitaneado a barca) e contratações pontuais.

O time perdeu a gana, ganhou tudo e não tem mais aquela motivação de antes.Agora é garantir a vaga na Liga das Américas e esperar a próxima temporada.

Danilo Pinheiro disse...

Amigos Barreto e Antônio Neto, compartilho com a opinião de vocês.

A leitura de jogo do José Neto sempre foi horrível, mas suas falhas sempre foram compensadas por um grupo vencedor e que sempre se mostrou superior aos adversários. Mas a falha leitura de jogo sempre estava la ao meu ver.

Compartilho com a dúvida do Barreto. Será o José Neto a melhor opção para a próxima temporada?

Quanto à falta de opções nacionais eu concordo. Mas na Argentina temos vários coachs de excelente nível como o Hernandez que está em Porto Rico, o Julio Lamas do Obras Sanitárias, o Silvio Santander do Quimsa, além claro do Ruben Magnano que agora reside no Rio e a algum tempo atrás tinha sido liberado pela CBB para assumir o Minas.

Quanto ao grupo também acho que uma reformulação se da necessária.

Na torcida para ganharmos bem terça-feira.

Abraço aos amigos.

Antônio Neto disse...

BCB, não acho que o problema seja de gana e motivação, eu to vendo os jogadores lutarem como sempre, não faltou luta contra o pioneros e certamente não faltou hoje, o problema na minha opinião é que o time está jogando muito mal, houve alguns erros de planejamento? Certamente, mas ainda assim não há planejamento que resista a um técnico mexendo constantemente errado no time, ontem nenhum técnico no Brasil teria terminado a partida com aquela formação, ele jogou no lixo qualquer chance de vitória ontem, se fosse um erro pontual ficaria tranquilo, mas não é a primeira vez que isso ocorre e nem será a última vez.

Alguém lembra como o Brasil perdeu para a Venezuela no sulamericano? Crunch time, formação do time Gegê (com o Rafa Luz jogando muito), Benite (que vinha jogando muito mal por conta da última lesão no joelho), Jefferson, Olivinha (até vinha fazendo uma boa partida), Felício (tendo o hettsheimeir no banco).

Antônio Neto disse...

Danilo, são bons nomes, o Rúben Magnânimo então seria espetacular, mas se não fosse possível, tentaria contratar o Paco Garcia, particularmente gosto muito do perfil desse treinador e em relação a outros nomes estrangeiros ele tem a vantagem de já estar bem ambientado ao basquete local e ao país.

Danilo Pinheiro disse...

Antonio Neto, Paco também é um nome que me agrada. E concordo com você, não é falta de gana ou vontade, estão jogando mal mesmo.

Gegê esta se mostrando altamente incapaz de jogar nesse alto nivel. Perceberam que sempre que ele entra em quadra o Zanon põe o Betinho pra fazer uma defesa pressionada nele? Se as estatisticas do NBB tivessem +/-, certamente do Gegê seria de pelo menos -30 na serie.

Eu utilizaria o Benite na armação no pouco tempo de descanso do Nico.

Jose Carlos disse...

No post anterior me questionaram o porque de achar que o Laprovittola está com a cabeça na Europa. Pois bem, o jogo de ontem explica tudo. Do Mundial pra cá ele se tornou um jogador disperso, instável, alterna excelentes jogos e atuações abaixo da critica como ontem. Não podemos ter um armador instável como titular. Não precisa ser nenhum gênio, mas pelo menos um jogador que mantenha atuações regulares. Realmente o Flamengo precisa de uma reformulada e o foco principal é no garrafão e na armação. Caio Torres sozinho está desequilibrando essa série e é o cara que o Flamengo tem que buscar o ano que vem. Concordo que Felicio vem marcando bem o Caio nessa série, mas mesmo assim abaixo do esperado. O Felicio é instável e ainda está em formação, e pra um jogador em formação o melhor seria atuar em uma liga européia, uma NCAA, algo desse tipo. Aqui não há como ele evoluir além do que joga hoje. Certa vez num jogo no Tijuca um torcedor definiu ele perfeitamente: é o Obina do basquete, capaz de lances sensacionais e erros bisonhos. O que se tem a fazer é ganhar terça, garantir a vaga na Liga Sulamericana (até pra ter um atrativo pra trazer jogadores de fora do NBB) e começar a reformular o elenco. Jogadores como Felicio, Gegê, Herrmann (apesar de gostar muito do estilo de jogo dele e achar que se adaptando ele poderia render mais),Laprovittola e Marcelinho (esse principalmente, obrigado por tudo mas chegou a hora de pensar em ser técnico, dirigente)nos deram muitas alegrias mas chegou a hora de seguirem outros rumos. E olho nessa garotada de Pinheiros e Minas. Nosso sub-23 hoje é horrível, só o Chupeta é que tem alguma chance de ser um bom jogador ali. Temos que trazer uns 3 ou 4 garotos desses 2 times pra melhora-la e ajudar o profissional.

Barreto disse...

O Flamengo tem dois dirigentes que entendendem também de basquete e devem avaliar o desempenho do José Neto. Espero que ontem eles tenham constatado todos estes equívocos que o técnico cometeu e tenham conversado com ele. Não acho que devam interferir diretamente, mas pelo menos questionar alguma coisa.
Ontem José Neto teve um peso muito grande na derrota.

André Amaral disse...

Tenho todas críticas ao Neto que expus no post, mas tem muito atleta que não está jogando nada.

Laprovittola, Meyinsse, Marcelinho, Herrmann, Gegê fazem uma péssima temporada pós-Mundial.

Quem está salvando a temporada é o Benite, Marquinhos, Olivinha e Felício.

Danilo Pinheiro disse...

Concordo André. Mas desses 4 que você citou que estão bem na temporada, só um estava no fim do jogo, no crunch time. Se os outros não estavam a culpa é de quem não colocou eles.

Como o Barreto falou, se Felicio é quem melhor marca o Caio na série, por que ele só joga menos de 15 minutos por jogo?
Se nosso maio problema no jogo de ontem foi no rebote, pq nosso melhor reboteiro jogou muito pouco e ficou fora nos minutos cruciais?

São coisas que não da pra entender. E é por que dizem que será o próximo técnico de nossa selecao. Tomara que não.

DAVID disse...

Pelo que ouvi o Basquete Cearense vai acertar com o Marcelinho e o Gegê pós NBB.

Barreto disse...

David,0


Tomara que isto aconteça porque assim o Maecelo vai ter que negociar a recisão do seu contrato que termina em dezembro deste ano.