terça-feira, 21 de abril de 2015

Campeonato Carioca 2015 - 2º jogo da semifinal: Flamengo 0 x 1 Vasco

O Flamengo chegou ao terceiro jogo seguido sem fazer um gol, por conta disso, além de perder a Taça Guanabara, perdeu para o Vasco por 1 x 0 com um pênalti que não aconteceu e está eliminado do campeonato carioca.

A equipe vascaína novamente teve a posse de bola, ajudada pelos vários chutões da zaga Rubro Negra que não encontrava ninguém para auxiliar na saída da bola, mas sem grande inspiração, apenas lançava bolas na área e não ameaçava o Paulo Victor.

Só a partir da metade do primeiro tempo (exatamente como no jogo passado, quando Éverton entrou no lugar do Jonas) que o Flamengo finalmente colocou a bola no chão e criou boas oportunidades, com Éverton isolando na cara do gol e Alecsandro em boa finalização para uma ainda melhor defesa de Martín Silva.

A entrada de Artur Maia no lugar de Luiz Antônio era uma boa ideia. Dagoberto entrou pelo Vasco e a partida seguia equilibrada, mas dessa vez com a equipe cruzmaltina mais perigosa e ameaçando Paulo Victor. Foram duas defesas antes do gol.

Até que em um erro de passe de Márcio Araújo no ataque o Vasco conseguiu rápido contra-ataque e o juiz viu pênalti no tranco legal de Wallace. O Flamengo desesperou-se. Luxemburgo tirou seus melhores jogadores: Éverton e Cirino e o time teve apenas uma chance de empatar, com o ótimo passe de Arthur Maia para Gabriel, com nova excelente defesa de Martín Silva.



*******************


O Flamengo termina o campeonato com uma série de incertezas. Culpa do departamento médico / preparação física que não colocou à disposição do treinador todos os jogadores em pleno abril.

Culpa do Luxemburgo, que, contra todos os prognósticos, encontrou um lugar perfeito pro Marcelo Cirino: jogando à frente, livre, sem obrigação de cobrir ninguém e muito menos de compor a segunda linha de quatro. Depois resolveu colocá-lo aberto nas extremidades e apagou o bom começo de temporada do principal reforço do Flamengo. E na reta final teve que lidar com inúmeros chutões e ligações diretas dos zagueiros. 

Alecsandro cumpriu perfeitamente o que foi proposto: fazer gols. Mas por sua permanência em campo o time deixou de fazer o que vinha fazendo no começo do campeonato: marcação pressão, avançando na saída de bola do adversário.

A melhor atuação foi no 5 x 1 contra o Friburguense. Mas a contusão de Arthur Maia embaralhou a cabeça do Luxemburgo, que passou a usar os três volantes e deixar Cirino aberto, longe da área.

Em março o blog já dizia: O Flamengo de Luxemburgo já esteve melhor nessa temporada. Não deu outra.

Agora é juntar os cacos, tentar rever em que circunstância o time apresentou seu melhor futebol e jogava com o que há de mais moderno no futebol. Porque hoje o Flamengo se resume a chutão e velocidade.

Mas antes o Luxemburgo precisará resolver onde vai executar seu projeto: se na Gávea ou se vai continuar alimentando seu ego e ouvindo propostas do tricolor do Morumbi cada vez que for chamado pelos dirigentes paulistas. Não há foco que resista. E quarta tem Copa do Brasil.


*******************


Saudades Fla-Press. 

Capa de esportes de O Globo no Estadual de 2014: "Com gol em impedimento, Flamengo leva o troféu"


Capa de esportes de O Globo no Estadual de 2015: "Vasco se impõe e vence o Flamengo"


6 comentários:

Anônimo disse...

Não concordo que seja culpa de DM ou Luxemburgo. O time é muito fraco e não tem raça. Esse time é o mesmo que quase rebaixou no ano passado, e não é Cirino que vai mudar o time da água pro vinho (nem o Armero).
Neste campeonato, o time só dominou o Fluminense, porque tinha um jogador a mais, nos outros clássicos, foi dominado. E esses grandes do Rio estão longe de ser um Corinthians ou Cruzeiro. Se é essa dificuldade toda no Carioca, imagina no Brasileiro.
Se o Flamengo ganhasse o Carioca, poderia cair naquela ilusão de que é bom e que não precisa se reforçar para o Brasileiro.
Jogo contra time pequeno não conta, então pra mim, o Cirino não fez nenhum gol no campeonato. Qualquer um pode ter um bom início contra esses times pequenos do Rio. Não quer dizer que seja a posição ideal dele (nem que não seja, só digo que o Carioca não é parâmetro).
O Luxemburgo tem sim um problema com dinheiro. Ele gosta muito, e pode abandonar o barco a qualquer momento. Mas é muito superior a muitos outros técnicos que estão por aí ganhando mais que ele.
A questão do time jogar mal é porque o time é ruim mesmo. Vejo times aí que tem um zagueiro reserva melhor que qualquer um dos nossos zagueiros, 2 ou 3 meias melhores que qualquer um meia nosso. Vi o Pará perdendo na corrida de um cara que nem sei o nome, o Pico também perdendo a corrida para outro anônimo.
Futebol precisa ter imposição física, e isso o Flamengo não tem. Precisa ter faro de gol, e isso o Flamengo não tem. Não me lembro da última vez que ouvi um comentarista dizendo que o Flamengo é muito bom na bola parada (escanteio ou faltas, na defesa ou ataque).
Só relevo pq sei que a diretoria está economizando, e que daqui a uns anos a competência administrativa irá refletir no futebol jogado em campo, com a contratação de vários bons jogadores (espero).

Abraços

André Amaral disse...

Anônimo

O time do Flamengo é mais fraco do que Vasco e Botafogo?

Compara 11 x 11 e verá quem leva vantagem.

Se, só por isso, o Luxa não tiver um mínimo de culpa e colocar tudo na conta do "time fraco", é melhor colocar o Zé das couves pra treinar, né?

De resto concordo contigo. Abraços

Anônimo disse...

Poupar o Luxemburgo e culpar uma suposta fraqueza do time é brincadeira. O time está no nível do futebol brasileiro bem escalado é candidato ao título até porque tirando o Corintinhans ninguém está a frente do Flamengo.
A 3 semanas o técnico treina uma coisa com 2 cabeças de área e escala outra 3 cabeças de área. Flamengo precisava de saída de bola e sem o Canteros o técnico escala Jonas, Márcio Araújo e Luiz Antônio. Cadê o Mugni jogando mais atrás??? Porque não Everton e Gabriel com Marcelo Cirino e Alecssandro como treinado durante a semana??? Técnico foi burro. Tomara que vá para o SP e o Flamengo pegue o Cristovâo que eu acho se encaixa bem no perfil dos jogadores do Flamengo, rápidos e de movimentação.

Anônimo disse...

Sou o 1o anônimo.
Acho que me expressei mal.
1o não isentei o luxa. Pra mim a culpa é dele, do dm e do time. Mas acho que o time é o maior responsável, pois técnico não entra em campo.
2o. Zé das couves com esse time nós já vimos. Não lembra do mano e do ney franco? Esse time com um Zé das couves é rebaixamento na certa. Com o luxa é de 10o a 16o no brasileiro.
3o. Não disse que o Flamengo é pior que os outros do rio. Eu comparei o volume de jogo nos clássicos desse campeonato. Acho o time o melhor do Rio, no papel, mas essa vantagem acaba com a falta de raça, contusões e alguma escalação equivocada (culpa dos 3). Mas ser melhor do rio não é vantagem nenhuma, pois os grandes do Rio são péssimos.
4o. Quanto ao time ser candidato ao título brasileiro, sinceramente. .. só se for de 2018.

Sobre os jogadores:
Mugni e Samir são apenas promessas, e não grandes jogadores. Eu manteria no time por acreditar no potencial deles.
Gabriel poderia ser considerado promessa se tivesse 5 anos a menos. O chute do cara é um peteleco. Com a idade que tem já era pra ter despontado.
Canteros é muito bom.
Cirino, Everton e Alec são bons, mas não entrariam no top 3 do brasileiro em suas posições.
Paulinho é bom, mas sempre machuca.
Pv é muito bom.
O resto é fraco.








Anônimo disse...

Paulo Jr.

O time não é tão fraco assim, não... Ao contrário, acho que está no nível de muitos outros no brasileiro, mas tem potencial pra crescer. Os laterais são fracos e não tem reservas, mas qual time tem hoje laterais tão bons? Armero pode ajudar, se estiver bem fisicamente e ficar com a cabeça no lugar.

Outra carência é a posição de meia, onde Artur Maia e Mugni são apenas bons reservas.
O time tem jogadores fortes e rápidos (Cirino, Everton, Paulinho), pode dar bastante trabalho no brasileiro se melhorar a saída de bola e se encontrar um bom meia. Futebol também é conjunto, vontade e encaixe: o São Paulo tem excelentes jogadores, mas não está jogando nada. Quero ver no final da temporada, aposto que o Flamengo fica entre os 5 no brasileiro, e Vasco luta pra não cair

Anônimo disse...

Técnico não entra em campo ele escala e treina o time. Para que escalar 3 cabeças de área esta é a pergunta, qualquer questão sobre o time e seus jogadores é secundária, se o time está mal escalado. Não era necessário jogar todos estes jogos com 3 cabeças de área, o time parou de evoluir ao colocar esta tática falida. Por isso o maior culpado é o técnico. Tem várias escalações que poderiam ter sido adotadas domingo melhores que ele escalou. Ele já vem de fracassos seguidos em jogos eliminatórios no próprio Flamengo, Grémio e só trabalha de forma medíocre para chegar a libertadores. Melhor ele ir para o SP cumprir o sonho de treinar eles lá e botar 3 cabeças de área lá também.