segunda-feira, 16 de março de 2015

Laprovittola e Olivinha são os destaques individuais do Flamengo na Liga das Américas de Basquete

O Flamengo terminou a Liga das Américas em terceiro lugar, mas seus jogadores lideraram em vários quesitos ao fim desta competição.

Laprovittola foi o cestinha do Flamengo com média de 17 pontos e terminou em segundo lugar no ranking geral, atrás de Justin Keenan (19,3) do Pioneros, que pode ser um bom pivô para jogar aqui na Gávea.

O armador argentino liderou pelo segundo ano consecutivo nas assistências. Ano passado ele teve média de 6,3 por partida. Já neste ano terminou com um número melhor: 7,1 por jogo.

Nos rebotes, dobradinha Rubro Negra: Olivinha terminou com 8,1 e liderou o ranking da Liga das Américas, superando o sexto lugar e os 6,5 do ano passado. E Felício foi o segundo melhor reboteiro, com 7,6 rebotes por partida. 

Keenan foi o terceiro colocado com média de 7,0 rebotes.

Já analisando as possíveis renovações, se Laprovittola quiser ficar, seria favorável à renovação, mas tendo um armador melhor do que o Gegê pro rodízio no segundo quarto. O argentino, apesar do número superior nas assistências neste ano, fez uma temporada bem melhor e mais regular no ano passado. Precisa ter alguém que mantenha seu nível quando não estiver bem.

Como Olivinha e Meyinsse são os únicos com contrato por mais um ano, tentaria o Keenan para revezar e até jogar junto com o Meyinsse e tendo o Felício como segundo reserva.

Mas isso tudo é papo pra depois do NBB. 

39 comentários:

Barreto disse...

Não renovaria com o GG e nem com o Herrmann, muito menos com o Marcelo que teremos que aturar até Dezembro.
Realmente o Kennan seria um grande nome.

André Amaral disse...

Não tem lógica segurar Marcelinho até dezembro. Ou ele se aposenta ou rescinde depois do NBB.

Não dá pra ele ficar até a metade do campeonato, depois sair e ter que buscar um nome com bom salário (60, 70 mil?) pra seis meses.

Danilo Pinheiro disse...

Concordo que o Keenan é um bom nome, mas não sei se seria uma boa gastar 2 estrangeiros na mesma posição. Nico ficando iria atrás de um estrangeiro de alto nível pra substituir o Marcelo. (André Emmett, Sam Young, Marcos Mata). E no pivô consultaria como anda a recuperação do Faverani e faria uma proposta. E pro banco tentaria o Coelho, renovaria com Benite e traria o Toledo que ajudaria tanto na 3 como na 4, e renovaria com o Felicio tbm.

André Amaral disse...

VDD, Danilo. Pra armação dá pra tentar o Scott Machado. E devemos ter dois gargalos financeiros: Marcelinho e Herrmann ganhando em dólares. Da pra investir em dois super jogadores. Emmett seria meu nome. O problema dele é que costuma abandonar suas equipes.

Na Liga das Americas passada, às vésperas do quadrangular semifinal ele deixou o Cocodrilos pra jogar no Líbano. E ele vinha com media de inacreditáveis 30 pontos.

André Amaral disse...

E o Favenari tbm que seria de altíssimo nivel pra revezar com Meyinsse.

Anônimo disse...

Lembremos que chegamos a negociar com o pivô Augusto Lima. Ele postou que estava vindo pro Rio no instagram. Pena que não deu certo. Mas a diretoria precisa manter o foco.

Barreto disse...

André e Danilo

Não acho que Marcos Matá é jogador de alto nível, acho que ele é apenas um bom jogador.

André Amaral disse...

Concordo contigo, Barreto.

Barreto disse...

André e Danilo

Quanto deve ganhar um jogador do nível do André Emmett ?

André Amaral disse...

Segundo um amigo, 25 mil dólares.

Barreto disse...

André
Para o nível do NBB este sim é de alto nível e joga tanto na 2 quanto na 3.

Anônimo disse...

Quem esta de bobeira sem saber o que fazer da vida eh o Fab Melo...

Danilo PInheiro disse...

Esse ano vai ser complicado a questão dos estrangeiros porque o dolar explodiu aqui no Brasil.

Um cara que esta na mesma situação do Faverani é o Carlos Delfino, lesionado e sem clube.

Seria o caso de dar uma estudada da situação dele. Acredito que NBA já acabou pra ele.

Tem o Chicão Garcia na pista ai tambem, apesar de não gostar mt pelo seu estilo Marcelo Machado de jogar rsrs.

Jose Carlos disse...

Ao meu ver o clube só deveria manter 4 jogadores do atual elenco: Meyinsse, Olivinha, Benite e Marquinhos. Se pudesse manter o Laprovittola seria uma boa também, mas pelo visto ele quer ir pra Europa. Feito isso o foco tem que ser o mercado nacional, já que o dólar está nas alturas e trazer estrangeiros pode ser complicado. Partiria pros clubes em dificuldades financeiras e traria 3 nomes logo de cara: Cipolini (pra ser titular), Caio Torres e Leo Meindl (para serem reservas), além do Coelho do Minas pra ser reserva na armação. Usaria as 2 vagas de estrangeiros restantes para trazer 2 gringos (um seria o Emmet com certeza e um armador pra ser titular).

DAVID disse...

Concordo em quase tudo com o Jose Carlos. Não vejo armadores no Brasil com nível do Laprovittola. Se ele sair tem que trazer outro de fora embora eu ache o Robby Colum excelente armador.Por onde anda o Manny Quezada ? Acho o Meyinsse um pivô acima da média.Com estrutura atlética e ágil poderia render ainda mais com um pivozão de força no elenco.Achei o Keenan excelente mas me assustei com o físico dele, claramente gordo.Lorenzo Mata seria furada ? Enfim, que gastem acertadamente o dinheiro do Marcelinho e do Herman.

Jose Carlos disse...

Robby Colum é um bom armador, mas está claramente acima do peso e rendendo abaixo do esperado no Minas. O Quezada seria um bom nome e barato, porém ainda acho que o Flamengo tem que ter um armador top. Único brasileiro no mercado que poderia cumprir esse papel é o Scott Machado, que anda sumido na França.

Danilo Pinheiro disse...

Concordo que temos que ter um armador top.

Tentaria renovar com o Nico, que apesar de estar oscilando um pouco na temporada, é muito bom.

Nico não ficando iria atas primeiro do Rafa Luz, que está na Espanha. No caso de ser possível, tentaria o Scott Machado, que não está perdido na França, está fazendo uma excelente VTB League, uma das mais fortes da Europa, pelo Kalev da Estônia. Ele ta com médias de 14 pontos, 4 rebotes e 7,7 assistências. Só que está cometendo muitos tornovers, 4,3 por jogo e seu aproveitamento de arremessos é bem baixo. Mas seria uma ótima pedida no Fla.

João Duarte disse...

Amigos, e o fulvio?

João Duarte disse...

Amigos, e o fulvio?

Barreto disse...

Não acho que o Cipolini é jogador para ser titular no Flamengo. Quanto ao Caio Torres acho temerária a sua contratação em face do seu histórico de lesões.

Antônio Neto disse...

Fúlvio tá acabadissimo e o Cipolini seria um bom reserva e só.

Rafa Luz sim seria uma contratação top, mas acredito que seja muito improvável de acontecer.

E um jogador que tentaria contratar é o Georginho do Pinheiros, isso se ele não for draftado por alguma franquia americana antes.

Anônimo disse...

Para o próximo ano, temos garantidos: Meyinsse e Olivinha, além de meio ano de contrato com o Marcelinho.

Marcelinho deu declarações que não para no fim da temporada, e quer pelo menos mais uma. O Andre Amaral defende a rescisão, mas acho que o Marcelo não vai topar, a não ser que pagássemos tudo. Como temos contrato com ele até dezembro, então não dá pra desconsiderar que ele acabe ficando por mais seis meses.
De qualquer forma, com a idade atrapalhando cada vez mais, é natural que ele jogue menos. Na LDA jogou uns 8 minutos apenas contra o Pioneros.

Se ele tiver de ficar, seria fundamental fazer um contrato simbólico pelos seis meses restantes, e reduzindo o papel dele para um chutador que vem do banco.

Tirando isso, seria importante reforçar o time com jogadores brasileiros, pois temos apenas 2 vagas de estrangeiros, tirando o Meyinsse, que já está garantido.

Acho que independente de nomes, precisamos pensar em encaixe, no que deu certo e errado, e a partir daí tentar procurar os nomes.
Caio Torres, por exemplo, é um excelente pivô, fantástico ofensivamente e no jogo de costas para a cesta. Encaixaria no flamengo? Não sei. Ele também é lento, demora na recomposição e não defende bem.

Pelo que vi do time neste ano, tivemos problemas quando enfrentávamos pivôs mais altos e fortes; Em várias partidas sofremos nos rebotes, e precisamos de um defensor interno que conteste mais arremessos (em vez de focar nos tocos, como o Meyinsse) Também tivemos muitos problemas na defesa de perímetro. Assim, acho que as peças seriam:

-um bom marcador de perímetro. Pode ser um escolta ou um ala, ou até mesmo um armador com mentalidade mais defensiva, de preferência que chute bem de 3.
- um bom defensor interno, alto, forte, bom nos rebotes ou que faça bem o "box-out", ou seja, a proteção com o corpo para que outro jogador do time pegue o rebote.

A definição de quem seriam essas peças vai depender das renovações e do mercado. Marcos Mata, por exemplo, é certamente menos jogador que o Hermann, e com menos recursos ofensivos, mas poderia ter encaixado melhor, pois defende muito bem e chuta bem de 3, combinaria com as infiltrações de Nico, Benite e Marquinhos.

Hermann poderia muito bem funcionar maravilhosamente, desde que ao lado de bons defensores. O problema foi que neste ano trocamos todos os carregadores de piano por jogadores muito melhores, mas que defendiam menos. No ano anterior trocamos o Kojo pelo Nico, ganhamos muito, mas perdemos um pouco de defesa. Nesse ano, trocamos o Washam e o Shilton pelo retorno do Benite, um papel maior do Felício e pela vinda do Hermann, e ganhamos muito no ataque, mas perdemos força na defesa.

O problema maior é que o número de brasileiros bons e acessíveis é pequeno. Bauru montou seu time com apenas o Robert Day de estrangeiro (Larry é naturalizado), trazendo excepcionais jogadores brasileiros. Hoje eles têm espaço para adicionar dois estrangeiros para melhorar o time. Nós não, dependemos de um pivo, um armador e um ala estrangeiros, e para adicionar mais um estrangeiro, teríamos que perder o Hermann, que apesar de não estar sendo maravilhoso, é um baita jogador


Anônimo disse...

Assim, se pudesse sonhar as opções ficariam:

PG: Nico (tentaria renovar). Se não desse, as opções brasileiras seriam Rafael Luz (muito difícil de vir, mas seria um ótimo jogador, que defende bem, mas com características diferentes do Nico) e Scott Machado (nesse caso, perderíamos na troca. Scott é ótimo passador, mas arremessa mal, e sua defesa não é alto nível).
Se tivesse que trazer outro estrangeiro, o Manny Quezada seria uma das muitas opções.

PG reserva: Tentaria trazer o Coelho, de Minas. Gegê seria a outra opção.

SG: Benite (renovaria com certeza, porque escoltas brasileiros melhores só o Leandrinho e o Alex)
SG: A outra vaga dependeria do mercado. Leandrinho seria difícil ficar no Brasil uma temporada inteira, e precisamos de continuidade. Se o Nico for embora e contratássemos o Rafael Luz, poderíamos sonhar com o Delfino

SF: Além do Marquinhos, uma boa aposta seria a dupla de alas do Franca, Marcos Mata (estrangeiro) e Leo Meindl. O Leo viria do banco, e todos os dois poderiam jogar de SG também.

PF: Olivinha. Na outra vaga temos a opção de jogar com Meyinsse, caso conseguíssemos contratar um pívo mais alto. Outra opção seria Renaldo Balkmann (estrangeiro), um baita jogador debaixo da cesta, mas que não ajudaria a abrir a quadra, pois ele não arremessa bem de 3. Outra opção seria renovar com o Hermann, pois são poucos os estrangeiros disponíveis do nível dele. No Brasil, temos Cipolini (muito bom jogador, mas não excelente. Ele e Olivinha seriam mais ou menos do mesmo nível), Toledo (bom jogador, bom defensor, joga na 3 e na 4, mas seria para compor elenco)

C: Felício; Meyinsse. Se tivesse que trazer um brasileiro, as opções seriam: Faverani (muito difícil pelo salário e pela projeção dele na espanha, mas seria dominante aqui); Augusto Lima (na espanha ele é PF, mas aqui poderia jogar de pivo, seria provavelmente dominante também); Gerson (boa opção para compor elenco) e estudaria o Fab Melo, veria como anda a cabeça e o físico dele, mas seria para compor.

Se fosse estrangeiro, teria de avaliar bem o mercado. Pivôs altos e fortes são caros, e nem sempre permanecem em plena forma física.
O que vocês acham?
Paulo Jr.

Jose Carlos disse...

Interessante observar um fato sobre Caio Torres: ele teve uma lesão em um dos primeiros jogos pelo São José e não se recuperou 100%, mas creio que isso é devido a péssima estrutura do departamento médico do São José. Só lembrar do Murilo quando se machucou e que teve problemas sérios com a péssima estrutura oferecida quando jogava lá. Dedé foi outro jogador também que teve problemas com os médicos do clube. Imagino que no Flamengo, com uma estrutura melhor ele se recuperaria e voltaria a apresentar o bom basquete, já que também emagreceu e está bem mais ágil. Quanto ao Cipolini, pode até não ser um jogador top, mas é um jogador mais agressivo, e bom marcador, além de jovem. Tem tudo pra evoluir em uma equipe forte como o Flamengo. Balkman seria um bom nome, mas tem histórico de ser um jogador problemático. Ou seja para as posições 4 e 5 existem boa opções no mercado.

Jose Carlos disse...

Eu vejo a galera comentar muito sobre o Alex. Realmente com ele no Flamengo nosso time ficaria imbativel. Acho que seria o caso do Flamengo chegar nele e oferecer uma proposta melhor, pelo que foi noticiado lá em Bauru ele ganha cerca de 50 mil. Chega nele e oferece 70, Bauru fez isso com o Hetts e o Jefferson, não custaria nada provar do próprio veneno rsrsrs.

Antônio Neto disse...

Anônimo, concordo bastante com a avaliação que você fez com o time, principalmente nas carências defensivas do time.

Sobre o Herrmann, na minha opinião é um jogadoraço, mas devido algumas limitações fisícas hoje estar para jogar 10 ou 15 minutos no máximo, custo/benefício não vale a pena. Mesma coisa vale para o Marcelinho.

Paulo Jr, você citou vários bons nomes aí.

Rafa Luz e Augusto Lima seriam reforços espetaculares, porém são jogadores de certa relevância no basquete espanhol, imagino que sejam contratações improváveis de acontecer.

Marcus Toledo, não sei bem qual é a situação contratual do jogador, mas seria um basta reforço, defensivamente daria um upgrade incrível ao time, jogador subestimadissimo na minha opinião.

Leo Meindl e Mata talvez sejam os mais viáveis e sem dúvida seriam bons reforços.

Discordo somente enquanto ao Coelho e o Fab Melo, acho os dois super estimados como jogadores, o último ainda por cima possui uma personalidade complicada.

E tenho muitas dúvidas enquanto ao Balkman, sei que é (ou era) um ótimo scorer, mas confesso que estou bem desatualizado sobre este jogador, talvez faça uns 2 ou 3 anos desde a última vez que o vi jogar.
A única certeza que tenho dele, é que ele está em todas as possíveis listas de reforços feitas por aqui rsrs

Antônio Neto disse...

José Carlos, difícil o Alex sair do Bauru, se não me engano tem um contrato de 4 anos e a multa deve ser um absurdo, ainda complica um pouco mais pelo fato de disputarem uma Intercontinental agora.

Talvez faria uma proposta só para tumultuar um pouquinho o ambiente lá rsrs

André Amaral disse...

Scott Machado brilhando muito na Estônia. Ontem ele foi o MVP da rodada com 15 pontos, 12 assistências, seis rebotes e cinco roubos.

É bom o Flamengo tentá-lo logo.

Anônimo disse...

Scott Machado como armador junto com Nico seria interessante. Poderíamos jogar revezando Scott, Nico e Benite nas duas primeiras posições.

Tirar o Alex de Bauru eu não acredito, já tentamos fazer isso quando ele jogava no Brasília, o Fla ofereceu mais dinheiro e ele não aceitou.
Alex seria o encaixe perfeito, defende muito, corre, físico privilegiado e ainda finaliza bem.Ele cairia como uma luva e tem raça de rubro negro, mas o cara detesta o Flamengo. Outro dia numa entrevista ele disse que não descartava vestir a camisa do Vasco, se o eterno vice montasse um time.

Dentre os jogadores com contrato com outros times, concordo que Leo Meindl e Marcos Mata seriam bons reforços, e mais fáceis de se conseguir. De Franca poderíamos tirar também o Lucas Mariano, já que o time deles está em crise financeira. Podemos tentar o David Jackson para a 2, o cara é um craque, e o aproveitamento dele é muito bom. Provavelmente ele se daria melhor nessa nova passagem pelo Fla.

Aliás, se time jogasse apenas com o nome, aquele time com Leandrinho, Marcelinho, David Jackson, Kammerichs e Caio Torres seria campeão de tudo, mas também não encaixou como deveria, e o Leandrinho logo foi embora.

Paulo Jr.



Paulo Jr.

André Amaral disse...

Amigos, obrigado pelo alto nível dos comentários. Você são excelentes e tenham a certeza que muita gente do Flamengo está lendo.

Só a título de informação que consegui com algumas fontes do mercado do basquete.

O Pascholato, que patrocina o Bauru, gasta R$ 5 milhões por temporada. E com a ajuda da prefeitura e outros mais R$ 3 milhões.

Hoje ele têm a maior folha salarial do Brasil. São dez jogadores adultos contra oito do Flamengo.

O Bauru trouxe o Rafael Hettsheimer da Europa, o Alex, Robert Day e Jefferson. Já tinha o Larry Taylor, Murilo e Fischer.

Lá eles falam que o patrocinador do basquete é como se fosse a Unimed no Fluminense.

E serão mais quatro anos de Pascholato investindo cinco milhões por ano. É um fato raro em esportes olímpicos hoje.

Barreto disse...

André

Assino um site de basquete que transmite ao vivo a liga VTB. No próximo dia 23 será transmitido ao vivo,às 13:30 de Brasília, o jogo do KALEV ( time do Scott ) contra o KRANSKY.
Se você achar conveniente posso trazer aqui para o blog as minhas impressões sobre a atuação do Scott Machado.

Anônimo disse...

Derrick Caracter seria muito dominante de 5.

André Amaral disse...

Manda brasa, Barreto.

Danilo PInheiro disse...

Imaginava que o Fla gastasse mais que Bauru, André.
E como um amigo já falou eles tem espaço para contratar mais 2 estrangeiros, fora que estão na disputa pelo Leo Meindl também.

Scott não acredito que deixe o protagonismo que exerce no seu time na VTB pra dividir armação com o Nico, acho que serio so no caso de Nico não renovar.

O caso do Marcelo, acredito que a diretoria deva entrar em uma composição com ele pra encerrar o vinculo em junho.
Caso não ocorra, acho que eles vão segurar a vaga de terceiro estrangeiro apenas para janeiro, com a folga do alto salario do Marcelo.

Kaue Soares disse...

Nico, Coelho

Benite, D.Jackson

Marquinhos, Leo Medo

Olivinha, Cipolini

Jerome e Felicio

Danilo PInheiro disse...

Nico Coelho
Benite Leo Meindl
Marquinhos Toledo
Meyinsse Olivinha
Faverani Felicio

Dependendo do orçamento contrataria um estrangeiro no lugar do Meindl (Emmett, Delfino, Mata)

DAVID disse...

Citaram o Caracter. Não sei da situação dele e nem quanto ganha, mas mesmo fora de forma e desentrosado devemos a ele não ter perdido de muito no primeiro jogo contra o Maccabi.

Barreto disse...

Anônimo Barreto disse...
André
Voltando à informação que a você deu sobre os valores de patrocínio do Bauru, que totalizam 8 milhões.
Pelas informações divulgadas na imprensa com reação ao Flamengo, só a parte da TIM já totaliza 9 milhões.Se somarmos os montantes relativos aos outros dois patrocinadores, o Fla supera em muito o Bauru.
Sendo assim se este patrocínio for renovado o Fla não terá problema de investimento. Falta resolver a questão do fluxo de caixa decorrente do atraso no depósito do patrocínio.

Anônimo disse...

Se o Sidão fosse contratado no começo da temporada, nada disso teria acontecido..