quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Brasileirão 2014: Palmeiras 2 x 2 Flamengo


O bom jogo contra o Corinthians se prolongou com o firme primeiro tempo da partida contra o Palmeiras, mas tudo desandou no segundo tempo.

Muito tendem a culpar o Luxemburgo pela saída Cáceres, mas o grande vilão foi o gol bizarro sofrido logo no começo do segundo tempo. Um chutão da zaga palmeirense e três jogadores Rubro Negros conseguiram perder a jogada para o Diogo, que havia marcado seu último gol ainda pela Portuguesa...contra o Flamengo.

A substituição foi compreensiva. Com seus dois volantes amarelados e já sem poder contar com o Canteros para domingo, Luxemburgo tirou Cáceres para ter pelo menos um volante para salvar o Fla x Flu.

Se o Flamengo segura a pressão inicial e consegue cozinhar o jogo, com Cáceres ou sem Cáceres ganharia a partida.

Foi um primeiro tempo exemplar. Era um Flamengo marcando muito, os volantes praticamente desarmavam todas as jogadas ofensivas do adversário, praticamente não permitindo trabalho ao Paulo Victor. O Palmeiras não chutou ao gol nenhuma vez, é estatístico. E tinha espaço para contra-atacar e liquidar o jogo se pressionasse mais um pouco.

O gol no começo do segundo tempo e a entrada do Valdívia atraíram o Palmeiras todo para o campo Rubro Negro. Verdade que com Cáceres em campo a vida do chileno ficaria mais complicada, visto que Amaral não conseguiu continuar com a boa marcação do paraguaio da etapa inicial.

A pressão era gigantesca e a bola não parava no ataque Rubro Negro. Contrariando o que tem sido uma das grandes armas do Flamengo nos últimos jogos: o preparo físico superior na etapa final. A tentativa por Luiz Antônio foi válida no sentido de recompor o meio de campo e a marcação pela direita, mas a opção é muito miserável.

A virada só não veio porque Valdívia resolveu aparecer e deixou seu time com um a menos. E aí foi por muito pouco que o Flamengo não conseguiu o terceiro gol.

Partidaça do Canteros, sua melhor desde que chegou à Gávea. Que falta fará no Fla x Flu.

3 comentários:

Anônimo disse...

Porque não entrou o Gabriel no lugar do Eduardo da Silva???? Os técnicos brasileiros são muito ruins, por isso disperdiçamos pontos importantes. Luxemburgo quando precisava ganhar, trocava volantes por meia armador, agora que saiu da confusão é só burrice e defensivismo. Tava na cara que o Palmeiras ia empatar, com o time retraído sem contra ataque e com 4 volantes não dá.
Domingo quero ver quem vai entrar no lugar do Canteros. Nem Luis Antônio, Recife ou Amaral passa como o Argentino, quem se aproxima em termos de movimentação e passe é o Mugni, mas dúvido que o Luxa cimento vai escalar, vai é botar um volante e o time vai ficar enrolado. Dureza!!! Se o Luxa acreditasse dava para chegar lá em cima. Graças a erros dele e escalações burras perdemos de Grémio e Goiás e agora empatamos com o Palmeiras.

ismael amorim goulart disse...

Com esse elenco ruim e caro o Luxa está fazendo milagres.

Anônimo disse...

Concordo que o Luxemburgo está fazendo um bom trabalho, mas o elenco não é tão ruim assim. O Amaral podia ter jogado no lugar do Recife contra Grémio e Goiás, porque não jogou??? Amaral foi titular ano passado, um jogo o Recife poderia ter sido escalado 2 seguidos não, aliás ele já tinha jogado mal outros jogos. O Gabriel não poderia ter entrado quarta-feira no lugar do Eduardo da Silva???? Ou o Nixon??? Ou o Negueba??? Porque o Luiz Antônio volante no lugar do Eduardo da Silva atacante??? Jogou o time para trás para levar pressão. Indepedente do elenco eu gostaria de melhores escolhas do treinador, se ele fizer as melhores escolhas e o time perder, ai eu falo "é tá faltando elenco" enquanto ele escolher errado dentro do elenco eu não vou culpar a qualidade dele não.