sábado, 23 de agosto de 2014

Flamengo vai em busca do decacampeão estadual de basquete contra três equipes

Quatro times estão confirmados no Estadual de basquete masculino: Flamengo, LSB (Liga Superbasketball), Macaé e Vasco.

A Federação Carioca teve que prorrogar o prazo de inscrição para que mais clubes se interessassem, pois apenas Flamengo e Macaé estavam confirmados no campeonato.

O Rubro Negro vai em busca do décimo título seguido, para igualar o feito extraordinário do Kanela (1951-1960).

A temporada oficial começa nos dias 26 e 28 de setembro com a disputa do Mundial de Basquete na Arena da Barra contra o Maccabi Tel Aviv.

O que o clube poderia promover para a temporada mais importante da historia do Flamengo? Como fidelizar aqueles fanáticos Rubro Negros que curtem basquete? A montagem do elenco foi sensacional, o esporte se sustenta, mas o que a diretoria pode fazer a mais pela torcida?

7 comentários:

ismael amorim goulart disse...

Não havendo interesse, deveriam deixar o campeonato paro o ano que vem, haja vista que além da falta de interesse o Flamengo tem as duas partidas do mundial, mais os três amistosos da NBA, dessa forma, deferiam deixar o carioquinha para o ano que vem. Poderiam fazer dois amistosos: um em Macaé e outro no Rio apenas como preparação para o NBB.

Ferreira disse...

Pequenas sugestões que podem fazer a diferença:
- negociar com a LNB algumas partidas aos domingos, e colocá-las no Maracanãzinho as 13 horas, antes dos jogos do futebol e voltar com a promoção da rodada dupla.
- Colocar os produtos do basquete a venda, (camisas de jogo, bermudas, camisas de treino, comemorativas, canecas, miniaturas dos jogadores,dos troféus etc..), pois hoje é impossível comprar uma simples camisa de jogo do nosso basquete.
- Aproveitar os jogos da NBA e fazer uma camisa comemorativa no mesmo estilo das usadas pelos times de lá (tecido furadinho, nome do time costurado no centro da camisa, números costurados, etc..)
- Trazer 1 ou 2 jogadores de nome para a disputa do mundial a fim de trazer a midia pra competição e popularizar ainda mais o basquete rubro-negro.
- Criar uma contribuição extra no ST pra quem quiser ajudar o basquete, tipo uns 10 ou 15 reais por mês.

Acho que com isso

Diogo disse...

1 - Tentar popularizar o esporte explicando as regras, etc.
2 - Marketing agressivo nas redes sociais. Contratar profissionais só para divulgar o basquete.
3 - Tentar horários melhores para os jogos.
4 - Buscar transmissão dos jogos pela internet, e se possível, pela televisão. Começa pelo VT dos jogos, e depois transmissão ao vivo.
5 - Dar maior espaço ao Basquete nas lojas (A Adidas do Barra Shopping não tem camisa de basquete; na Centauro tinha, não sei se tem mais)
6 - Campanha de Marketing nas quadras de ruas e parques (Tabelas do Flamengo, Outdoor, Panfletagem, etc.).
7 - Criação de APP de celular para o Basquete.
8 - Tentar amistosos com equipes do Basquete universitário americano, para trazer um bom espetáculo ao público.
9 - Fortalecer a imagem da seleção brasileira de Basquete. Quanto mais os brasileiros gostarem do esporte (ex: volei), maior será a torcida no futuro.

ismael amorim goulart disse...

Esse horário às 13hs no Maracanãnsinho é uma boa ideia. Já teria todo o efetivo da polícia, os lavarás. Torcedor almoça mais sedo ou almoça entre o basquete e o futebol. É um bom horário também pro Sportv. Ainda poderiam criar um descontinho tipo 5% pra quem comprar o ingresso do basquete obter o desconto no futebol.
Me amarro na ideia de um vídeo, um especial com os melhores momentos da temporada passada, mesmo que fosse só no formato digital. As próprias matérias exibidas na TV FLA poderiam serem usadas.

ismael amorim goulart disse...

Escrevi alvará errado e cedo com S. Foi mal.

Ferreira disse...

Transmissão via Internet esse ano deve vir com força. A liga transmitiu alguns jogos no último campeonato e a aceitação foi muito boa. Boa idéia trazer times da NCAA e alguns europeus de nome (Barcelona, Real Madrid, Olympiakos, etc.) pra jogar aqui. Outra coisa que acho que deveria sair do papel era um ginásio próprio, mas ai é algo que tem que ser melhor pensado.

Ferreira disse...

Esse horário das 13 horas no Maracananzinho já foi muito popular nos anos 90. Era bom demais, Maracananzinho sempre com 5 mil pessoas ou mais e todo mundo saia direto pro Belini ver o futebol. Fazendo essa estratégia e uma campanha de marketing forte o público aumentaria consideravelmente.