quinta-feira, 12 de julho de 2012

É hora de romper com a BWA

Além do excelente patrocínio pontual de um milhão de reais no Fla x Flu, o Rubro Negro ainda utilizou os R$ 350.939,18 de renda líquida que teve direito para quitar de vez a dívida com a BWA e agora, depois de 30 meses, finalmente poderá levar já na partida contra o Corinthians a renda pra Gávea. A dívida era de quase R$ 13 milhões.

Não existe nenhum pendência e nenhum motivo para o Flamengo continuar tendo a BWA como parceira. O sistema é precário, vide o transtorno que foi o jogo do hexacampeonato contra o Grêmio em 2009. O sistema de vendas da "Ingresso Fácil" é péssimo e a entrega no estádio é amadora. Muitas vezes o torcedor já entra com a partida em andamento pelas longas filas para retirar seu tíquete comprado pela internet.

O Fluminense também passou pelo mesmo drama no jogo final do Brasileiro contra o Guarani em 2010 e no ano seguinte já rompeu com a empresa mesmo tendo contrato em vigor e sendo ameaçado por uma multa de R$ 5 milhões.

Outro ponto negativo: o custo para administrar a venda de ingressos pela BWA é muito maior que da Outplan, parceira do Fluminense e Botafogo.

No domingo, o mando de campo era do Fluminense, e a "Ingresso Mais", levou pouco mais de 5% da renda. Com a BWA a taxa é sempre de 10% toda partida.

E ainda, não existe mais a desculpa por não fazer um sócio-torcedor dando benefícios e facilitando a compra de ingressos. Pelos serviços ruins, pelo atendimento precário, é hora de romper com a BWA, cujo contrato se estende até 2013.

2 comentários:

MBomfim disse...

André, para todos aqueles rubro-negros que gostam do esporte amador do Fla. Infelizmente, no BRASIL, não há reconhecimento, apoio financeiro, midiático ou governamental aos esportes olímpicos...a única coisa que importa é o futebol. As vezes, fico pensando se não seria melhor o rubro-negro abandonar o esporte amador, pois afirmo, não há retorno algum, o clube banca e, em caso de sucesso de algum atleta nem é citado!! Os governos não estão nem aí..olha essa notícia...fiquei REVOLTADO! Enquanto isso, alguns poucos recebem valores do governo, em programas fraudulentos e criminosos, sem benefício qq a crianças ou atletas amadores!!! É lamentável se isso for verdade...vejam a coluna do dia 11/07:
http://blogs.lancenet.com.br/deprima/

André Amaral disse...

Eu li, Bomfim.

Mas antes disso, o Flamengo, ou o Instituto, já havia sido aprovado uns cinco programas pelo Ministério do Esporte, restando apenas o Instituto Rubro Negro correr atrás das empresas pra fechar a cota estipulada.

Pelo visto, segundo o site do Ministério, conseguiram apenas uma parte da verba de apenas um programa dos cinco aprovados para captação.

Lamentável. São Paulo, Cruzeiro, Minas, Pinheiros, todos tiveram vários projetos aprovados, de milhões e conseguiram captar, menos o Flamengo.

Largaram de mão mesmo.