quinta-feira, 28 de junho de 2012

Mesmo sem Airton, Joel não muda esquema em treinamento


Nem com a cabeça a prêmio Joel Santana muda. Com a suspensão de Airton, o treinador não se fez de rogado e manteve o esquema com os quatro volantes, escalando Amaral como primeiro homem de contenção.

Abrindo um parêntese: segundo o Bira/FERJ, o empréstimo de Airton acaba no sábado, portanto, mesmo se não tivesse suspenso, automaticamente estaria fora da partida de domingo contra o Atlético-GO. Dão a renovação como certa, mas como o Cáceres está chegando na terça-feira, o caminho pra Lisboa parece ser a opção mais clara no momento. O que seria uma pena.

Voltando ao time. Além do Amaral, a única mudança foi a volta do Diego Maurício no lugar do Hernane, que me parece ser uma boa idéia.

Na segunda parte do treinamento, Joel fez mudanças bruscas. Colocou Luiz Antônio na lateral, Renato e Ibson de volantes e escalou Adryan e Botinelli como armadores. É fato que não vai entrar com essa escalação, com uma boa vontade, vá lá, pode escolher pelo menos um para iniciar a partida.

Muito se questiona da falta de um armador. Botinelli vem tendo atuações péssimas e Camacho agora volta a ser opção depois de um bom tempo parado. Sem meias confiáveis, eu apostaria em um ponta-atacante-velocista e jogaria com Ibson e o trio: Thomás, Love e Diego Maurício.

Renato segue imbatível. Joga de primeiro volante, de segundo, de lateral esquerda e hoje até insinuou que tem condições de assumir a camisa dez (!!!). Não vai pro banco de maneiro alguma. Sem Airton, minha escolha seria pelo Muralha, ao invés de uma improvisação.



****************


Quem olha a escalação do Corinthians e ver um Leandro Castán, Alessandro, Fábio Santos, Danilo, Jorge Henrique, Willians, Wallace e jogadores médios como Émerson, Liédson, um Alex que nem de longe lembra o jogador do Inter, não parece ser de um finalista de Libertadores. O fato é que a Fiel precisa todos os dias agradecer ao Tite. O que esse treinador fez com um elenco regular é um caso a ser estudado. O time paulista já disputou Libertadores com jogadores bem melhores, que contava com Ronaldo e Roberto Carlos.

É um time determinado, que sabe o que quer, o que fazer em campo, obediente às ordens táticas do treinador, que marca de maneira implacável, arrancando inclusive elogios da imprensa argentina.

Por outro lado, aqui na Gávea, é difícil entender como o Joel Santana teve uma intertemporada à disposição e vem tendo a semana livre para treinar e não consegue nenhuma evolução, nenhum ânimo novo, nada.

O Flamengo ainda não se decidiu se será um time defensivo que busca o contra-ataque, ou um time que valoriza a posse de bola, ou que marca pressão. Falta uma característica, uma identificação clara do que procura Joel Santana.

Até agora, apenas algum esboço. Por exemplo, contra o Inter o time marcou pressão, depois disso no repetiu mais contra nenhum outro time. Contra o Coritiba, trocou alguns bons passes que também levaram ao 2 x 0 no placar, mas não se repetiu outra vez. Claramente não é algo planejado, treinado.

Imagina o estrago que um Sampaoli não faria se tivesse esse tempo todo que Joel teve. Mesmo com um elenco fraco, limitado desses.

14 comentários:

Anônimo disse...

o joel não é treinador de primeira divisão é de terceira divisão.um cara como esse nunca vai ganhar campeonato importante so ganha estadual, ele nunca vai ganhar uma libertadores um mundial porque ele pensa pequeno e não tem capacidade para isso é um treinador burro

jombas disse...

Voce errou quando disse que o renato tem jogado em todas as posições e não sai nunca do time. Na verdade ele tem entrado em campo escalado em varias posições, mas jogar mesmo, nada.

MBomfim disse...

Já que o André deu brecha...gostaria de comentar um pouco do time do Corinthians. O time deles é organizado, dedicado, e EXTREMAMENTE DEFENSIVO!!! Louvável e admirável, sem dúvida. Mas nada fez ontem...absolutamente NADA! Só transpiração. E só ouço elogios ao time. É pra ficar indignado!!! Deixo uma pergunta no ar. Será que o time ou qq técnico do Fla teria tranquilidade para implantar uma filosofia que se assemelhe a isso...DEFESA, DEFESA, DEFESA. Não acredito...torcida, "imprensa" e ex-presidentes logo esperneariam e invocariam o time de 1981 ou "a identidade ofensiva do clube" para refutar tal filosofia. A verdade é que não se tem tranquilidade para trabalhar, fazer trabalho a longo prazo, implantar uma filosofia. E aí, quero ver o excelente Sampaoli, se contratado, ter o tempo necessário para implantar sua filosofia! A verdade é que nós torcedores não apoiamos, somos muito chatos e reclamamos e criticamos o tempo inteiro. Mesmo com o time meia boca do Boca...vcs viram os torcedores vaiando, chiando durante toda a campanha, pois é...
A imprensa então....é só fofoca e porrada! Não temos discernimento para entender o q é notícia e aquilo que é manchete para vender jornal, etc...Enfim, acreditamos em tudo que lemos, ouvimos,...Precisamos selecionar aquilo q estamos lendo na imprensa, tem alguns setoristas de gdes veículos q deveriam cobrir coluna social ou coberturas dos famosos...Tão de brincadeira!

Robson disse...

O que falta ao time é mesmo o conceito do que vai fazer, como vai jogar... O time de 2007 do Joel era defensivo, jogava com Jailton, Cristian, Toro e Ibson, e mesmo assim não era tão vergonhoso como é hoje... Realmento o Mbomfim está certo, no Flamengo tudo aumenta, é pancada direto se perde, mas isso é Flamengo... Se estivesse jogando com 4 volantes, mas que mudassem de posição, que marcasse forte, não estaria já fora do Flamengo... Nem marcar jogando com 4 volantes esse time marca...

Anônimo disse...

O esquema de 2007 so funcionava pq os nossos laterais na epoca estavam voando, estavam num nivel de titular da seleção brasileira.

Sem contar que tinhamos um goleiro num momento excepcional e um capitao/ lider que segurava toda a defesa e o time por tabela

Anônimo disse...

Quando o técnico Sampaoli chegar, como não conhece o elenco, é preciso que Zinho informe a ele para barrar o Renato e outros perebas.

Robson disse...

Corre risco de falarem que o Renato é fundamental para todo o jogo do Flamengo...

Anônimo disse...

ai é brincadeira eu paro de torcer se o renato for fundamental

Marcelo disse...

Acho chatíssimo ver esse time do Corinthians jogar. Como dito em um comentário, ele é extremamente defensivo. Se tivesse uma estatística pra medir o tempo que um time passa com todos os seus jogadores atrás da linha central do campo, esse time seria recordista absoluto!

Sobre o Airton, André, será que ele pode cumprir suspensão estando sem contrato? É capaz de ele ter que ficar fora de um jogo depois que renovarem o contrato (se ele for renovado).

André Amaral disse...

Bomfim

Não disse que é um Corinthians que joga pra frente, bonito, pelo contrário, Tite impôs seu jogo e disciplina tática louvável

Eu queria isso do Joel. Vamos ser um time forte na defesa? Vamos, apoio o Joel, mas não é isso que estamos vendo.

Joel ainda não deu uma cara ao time, não deu uma identidade.

Isso que cobro dele.

André Amaral disse...

Marcelo

Segundo O Globo de hoje, O Flamengo acertou a renovação com Airton essa semana, mas se não estivesse suspenso, estaria fora do jogo de domingo porque a documentação não chegou.

José disse...

Interessante, André e demais rubro-negros, é que o time sabe jogar quando quer. Internacional e Nacional (Uruguai), duas primeiras etapas quase perfeitas. Como você citou André, um time limitado como o Corinthians na final da Libertadores é nada mais nada menos que dedicação e obediência tática. Mudemos de postura (e de pessoas) pois.

*** Vendo a Espanha jogar lembrei-me de Cláudio Coutinho: o cara já era um técnico moderno naquela época.

Robson disse...

Concordo com o argumento da disciplina tática eleva os times de baixa qualidade técnica... vejam o exemplo do chelsea campeão esse ano... os adversários tecnicamente eram muito superiores, mas eles defendiam horreres e tinham um posicionamento tático perfeito...

Anônimo disse...

Rio Bom de Mesa 2012 : http://www.enoeventos.com.br

A força dos jovens : Balotelli na seleção italiana. Romarinho nos gambás. E os jovens do Flamengo,campeões da copinha 2011.