quinta-feira, 21 de julho de 2011

10º Rodada do Brasileirão: um empate fora de casa contra um adversário direto


Luxemburgo que já foi elogiado por colocar o time pra cima, terminando partidas sem volantes como contra o América-MG, porém dessa vez ele não fez nenhuma questão de buscar a vitória contra o Palmeiras.

O Palmeiras, que jogando em casa havia conquistado suas cinco vitórias e não sofrido nenhum gol, dessa vez tropeçou. Claro que um empate fora de casa contra um adversário direto é bom, mas ficou com aquele gostinho de que esse time pode mais e tinha ainda boas opções no banco pra vencer o jogo.

O aproveitamento do Flamengo caiu para 66,6%. O São Paulo tem 70% e o Palmeiras 63,3%. Números normais de quem vai brigar por título, mas o líder tem absurdos 93,3%. O Corinthians precisa agora um aproveitamento de 51% para chegar aos 71 pontos, pontuação de campeão. Algo vai acontecer aí, não é possível.

Ainda sobre números, o Flamengo já enfrentou os três times que estão no G4. Venceu um em casa, empatou com um fora de casa e conseguiu tirar pontos em casa de um líder que estão pintando como imbatível.

Vamos ao jogo, o time vem marcando bem, é a terceira partida sem levar gols, Airton tem mérito nisso, mas como o time caiu de produção no ataque. Os jogadores estão muito espalhados, falta velocidade, tabelinhas curtas.

Essa insistência com Renato não tem lógica. O time ataca com três jogadores contra cinco, seis defensores. Luxemburgo trocou Deivid por Diego Maurício no segundo tempo, troca simples e nada mudou: Ronaldinho caiu mais pro meio, Diego Maurício abriu pela esquerda, mas eram os volantes que continuavam a armar as jogadas.

Ou Renato sai do time para entrar o Botinelli ou então um segundo atacante de velocidade, se não vai complicar. Os gols do Deivid sempre foram quando o time estava com um atacante de velocidade.

Merece destaque o bom segundo tempo do Wellinton, depois do pênalti infantil no primeiro tempo.

Sempre criticam o Ronaldinho, mas será que Thiago Neves vive uma ressaca eterna? Como está fácil roubar a bola dele. E o Léo Moura, quando vai voltar a jogar? Quando vai voltar a descer na linha de fundo e impedir que o Willians se aventure como ponta direita?

9 comentários:

Marcio disse...

Contra o Botafogo, Luexmburgo colocou Negueba aos 44 do seg. tempo. Ontem, Colocou Botnieli aos 40 do seg. tempo. Fraquíssimo nas substituições. Com 2 laterais que tem avançado pouco, e um meio de campo onde a saída de bola depende de Airton, Willians e Abreu, vamos viver de ligação direta.

Marcelo disse...

Muito boa a análise. Fui só eu, ou mais alguém achou que o Ronaldinho forçou o cartão pra não ter que trabalhar no sábado à noite em Macaé????

Erivaldo disse...

As análises do blog são muito precisas, mostram bem o que foi o jogo. Está faltando divulgar o resultado dos juniors na Taça BH. Quanto aos cartões amarelos, já tava acertado que o Tiago Neves e Ronaldinho tomariam o terceiro para ficarem de fora contra o Ceará, jogo em casa, para ficarem limpos para os próximos compromissos. O jogo foi de uma covardia tática de dar raiva. Dava pra vencer, mas com Renato não vai ser possível, nem com um atacante também. Tem que voltar ao 4-4-2, com dois atacantes, ou então o Botinelli no lugar do Renato. Se tem 3 volantes, porque os laterias não avançam? Luxa tá ficando retranqueiro.

Marcio disse...

O elenco completo do Fla em relação a ontem, ainda terá: Negueba, Fierro, Maldonado, Alex Silva e Jael. Muita coisa ainda pode mudar. Por enquanto, mais chances para Botineli.

costabrito disse...

juniores empataram em 2x2 ,com dois gols de Nixon.na estreia da copa BH . O resultado contra o Palmeiras foi bom ,nao gostei dos cartoes amarelos para a dupla de ataque ,o ideal era somente um ficar de fora . O jogo do Ceara vai ser chato e precisamos dos 3 pontos .

Marcelo disse...

Acho difícil o Luxemburgo querer ficar com os dois jogadores fora no mesmo jogo... O do Tiago não me pareceu proposital, mas o do Ronaldinho sim. Ele já estava tentando durante todo o segundo tempo. Ele finalizou com impedimento marcado, cobrou falta sem apito do árbitro, ficou em frente à bola umas duas ou três vezes em faltas pro palmeiras, até que conseguiu aos 40 minutos.

Tiago Cordeiro disse...

Contra o AMérica-MG só havia Deivid de atacante. A questão é que nessa velocidade ele depende de espaços incompatíveis com um time da série A. Só vai fazer contra zagas bagunçadas (Atlético-MG) ou fracas (AMérica-MG).

José disse...

Vai melhorar (imagino) quando:
- Willians desarmar e passar logo a bola;
- Botinelli entrar no lugar de Renato[!!??];
- Um atacante com menos sono que Deivid;
- Alex Silva tomar conta da zaga;
- Léo Moura recuperar a forma;
- Tiago Neves ser mais regular;
- Os garotos ganharem experiência.

Com um pouco de ambição teríamos ganho o jogo no primeiro tempo. Terminando o 1º turno no g4, acredito numa arrancada pra disputar o título.

José disse...

[- Tiago Neves FOR mais regular.]