sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Uma solução pro Pet: embaixador do Flamengo


O atacante Washington anunciou sua aposentadoria e foi convidado pelo presidente do Fluminense a ser o embaixador do time durante a Libertadores. Sem dúvida uma bela homenagem.

Aí está uma boa idéia para o Flamengo fazer com o Pet, apesar dos boatos de interesse do Vitória e do São Caetano em contratá-lo. Será que passa na cabeça dele que ainda pode e tem condições de jogar bola? Ele continua treinando na Gávea, na expectativa de algum contrato?

Pet perdeu a chance de se aposentar com o hexacampeonato, quando deu ali seu último suspiro de futebol.

Mas no começo do ano passado surgiu a informação que o acordo que fizeram com ele em 2009 na justiça não estava sendo cumprido e o Flamengo teria que pagar uma grana altíssima pelo atraso das parcelas, a solução então foi renovar o contrato com o jogador sob a condição dele suspender a execução judicial.

Pet tem contrato até o final desse ano, sendo que 2010 já foi um prelúdio que não tem mais condições de atuar no futebol profissional. A diretoria precisa sentar com o jogador e seu empresário e propor um acordo. O Clube continuaria pagando o acordo na justiça mas reduziria o salário, e a partir de agora ele será um embaixador dos projetos de marketing do Flamengo.

Ele está fazendo bem seu papel de cidadão, ajudando na campanha pelas vítimas das chuvas no Estado pelo twitter, pode muito bem fazer isso pelo Brasil inteiro para divulgar a marca Flamengo, o Cidadão Rubro Negro, o tal sócio-torcedor popular que deve sair em breve.

E antes da aposentadoria,  faz um jogo de despedida com troca de camisas, o Pet entrega a 10 pro Ronaldinho e vida que segue.

3 comentários:

Gustavo disse...

Pow grande solução andré, seria ótimo para todas as partes, agora só falta entra na cabeça dos nossos dirigentes.

Entrando no caso dos jogadores descartados pelo Luxa:

Eu continuo preocupado com a dispensa desses jogadores que o luxa ja descartou, me parece que o Diogo ja ta de saida, o clube e o jogador farão 1 acordo, mais eu tenho em mente uma boa solução, ele tem contrato com o Fla até junho, ja que o Fla deve luvas a ele, pede para ele abrir mão das luvas, e ir de graça para o Santos, mesmo o Fla não sendo dono do passe do jogador, tem 1 dinheiro a receber por estes 6 meses restante certo ?

ja no caso do Correa, parece que o empresario dele ja acertou com o Dinamo, o emprestimo dele para qualquer outro clube por 1 ano, aleluia, menos 1 problema para nois.

agora fica ai o caso do Kleberson e do Val baiano, no primeiro caso, seria mais facil resolver, pode usar ele como moeda de troca, ou até vender né, mais ja o val baiano, esse será 1 problema, ninguem o quer rs, tem que empurrar ele por emprestimo para esses clubes pequenos ae, até acabar seu contrato ou ele pedir para sair.

SRN

rnagato disse...

Quem dera. Mas você acredita em uma solução tão inteligente do nosso marketing? Vamos aguardar.

O Lancenete já divulgou que o Ronaldinho ficará com metade da renda com os produtos licenciados dele e que a venda de tijolinhos triplicou (em média diária) depois da sua chegada.

Ele também vai ser o garoto propagando do "Fidelidade Rubro Negra" ou algo assim.

O problema é o marketing focar todo no Ronaldinho e esquecerem o restante.

SRN!!!

Gustavo disse...

é mesmo, o Fla tem que aproveitar essa euforia da torcida, e lançar mais projetos de marketing, seja pro ronaldinho ou não, igual esse tão de Fidelidade FLa, e o novo programa de sócio torcedor.